História Chasing the crush!!(Chanbaek) - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Kris Wu, Lu Han, Personagens Originais, Sehun
Tags Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Chanyeol, Papel De Trouxa
Exibições 185
Palavras 2.639
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ola gente eu sei que demorei, mais tá ai!!!
Espero que gostem
Perdoem os erros!!
Tenham uma ótima leitura!!
!!!.........................<3<3<3....................!!!

Capítulo 24 - Sozinho!!


Fanfic / Fanfiction Chasing the crush!!(Chanbaek) - Capítulo 24 - Sozinho!!

 

 

(Pov Baekhyun)

 

Domingo, 04:00 da manhã, bem eu não consigo dormir, já passou várias semanas desde que minha girafinha esta no hospital, eu sempre vou lá ficar com ele, e eu e a senhora Park que estamos sofrendo muito com isso, o medico nós disse que ele esta em coma, e que não se sabe quando ele vai acordar, a policia esta atrás das pessoas que o atropelaram, mais até agora nenhuma suspeita, os civis disseram que a possibilidade deles não estarem mais no pais e isso complica as buscas, eu me sinto mau, como se algo me dissesse que foi minha culpa, eu só quero meu dumbo de volta, é pedir de mais. Creio que não

 

Kris me ligava e fazia companhia todos os dias, ultimamente eu tenho chorado até de mais, é triste entrar naquele hospital e ver ele imóvel, sem se poder mexer ou falar, é triste não poder conversar com ele e ter como beneficio sua voz, a saudade e desespero esta me consumindo, os médicos não estão notando melhoras em seu corpo, as feridas da batida estão demorando muita a cicatrizarem, meu medo aumenta ainda mais com as consequências futuras.

 

O pior de tudo foi saber o que ocorreria naquela noite, Kai e KyungSoo me contaram, era pra ser uma noite perfeita, ele me levaria pra jantar em um restaurante maravilhoso e até mesmo tinha comprado anéis para usarmos, ele............ele me pediria em namoro, eu quero matar a pessoa que fez isso.

 

Amanhã que vem está previsto eu fazer a minha prova, eu venho estudando para tirar uma nota boa, mais o desanimo me atormenta sempre que pego em um livro, Chanyeol havia combinado comigo de me levar e me esperar no dia, mas eu já não sei se isso vai ser possível, eu ficaria imensamente agradecido se minha girafinha acordasse, ficaria mais feliz ainda se ele fosse comigo e ficasse ao meu lado.

 

Sentei sobre a cama e fiquei por olhar meu quarto totalmente perdido em pensamentos, peguei meu celular e já vi ser mais de 06:00 horas da manhã, olhei pela janela e vi o sol nascendo ao horizonte, o dia tinha amanhecido frio e meu coração se encontrava cogelado, me levantei e calcei minhas pantufas, me virei para cama e peguei meu travesseiro junto com meu celular, caminhei até a porta e andei pelos corredores até o quarto do meu irmão, girei a maçaneta e adentrei ao quarto logo fechando a porta atrás de mim, caminhei até a cama dele e me deitei ao seu lado.

 

- B-baek?.... – abriu os olhinhos me fitando confuso – o que você está fazendo aqui?

 

Meus olhos começaram a lacrimejar e então eu o abracei, o mesmo não entendeu nada, mas correspondeu meu abraço.

 

- Baek, porque você está chorando?

 

- N-não é n-nada Kwan, só estou t-triste.

 

- Baek, não chora, não fica triste sua girafinha vai ficar bem. – sorriu triste, tentando me passar calma

 

- Eu espero, v-vou crer q-que tudo vai dar certo. – tentei sorrir de lado a ele e o mesmo me abraçou, mais forte

 

Quando me dei conta, já estava dormindo.

 

(Pov Tiffany)

 

estava saindo de casa, tinha passado em um shopping comprei um presente ao meu Baekhyun, espero que ele gostem, ultimamente eu vejo ele tão deprimido no colégio, acho muita burrice ele estar se importando com aquele desgraçado do Chanyeol, era pro mesmo ter morrido, quase mandei matar aqueles idiotas que não fizeram o serviço direito, mais vamos esquecer isso, aquele dumbo esta em coma, espero que nunca mais acorde, ou melhor viva pra sempre enfurnado em uma cama.

 

Meu motorista me deixou na porta da casa dele, eu sai do carro e andei até a mesma e toquei a campainha, Lila aquela empregadinha chata e que gosta de se meter na vida dos outros me atendeu.

 

- Tiffany.....o que faz aqui?

 

Não esperei a mesma me dar passagem e entrei, caminhei até a sala e me sentei no sofá.

 

- Bem o meu Baek está? – ela me olhou com desgosto, mais eu nem liguei

 

- Ele está dormindo, está cansado, ontem passou o dia inteiro no hospital, com a mãe do Chanyeol.

 

Fiquei furiosa ao ouvir o nome da praga, olhei pra ela pronta e com desdém e quando eu ia me pronunciar, o senhor Byun aparece, me fazendo eu encara-lo.

 

- Senhor Byun? – me curvei

 

- Tiffany, ao que devo sua visita, veio ver meu filho? – me cumprimentou sorridente

 

- Sim eu vim, mais a ........? Lila, me disse que ele esta dormindo – disse dócil

 

- Ahh, fico feliz, bem....... – voltou seu olhar a Lila e disse – Lila chame o Baekhyun, diz que ele tem visita em casa.

 

- Ele está dormindo senhor Byun... – ele a interrompeu

 

- Eu disse pra você o chama-lo, faça.

 

- Sim senhor. – diz saindo rumo as escadas

 

- Bem Tiffany eu vou ter que sair, mande um abraço ao seu pai, e fique a vontade.

 

- Obrigada senhor Byun, vou mandar sim. – o vi saindo pela porta então me sentei novamente ao sofá

 

Vi Baekhyun descer e me olhar surpreso, sorri ao velo em minha frente, e sem pensar corri o abraçando.

 

(Pov Baekhyun)

 

- Baek, você precisa descer, você tem visita. – disse Lila me cutucando

 

- Mande embora, não estou com cabeça pra isso. – me embrulhei mais e abracei meu irmãozinho

 

- Baek seu pai mandou você descer.

 

- Meu pai? Ai meu Deus..

 

Me levantei da cama e embrulhei Kwan o deixando confortável e fofinho, abri a porta e caminhei de pantufas até a sala ~ fodasse as pantufas ~, ao chegar as escadas olhei para o sofá e vi ela, O QUE ELA TÁ FAZENDO AQUIII, olhei para Lila e a mesma me encarou com cara de interrogação, desci as escadas calmamente, já bolando um plano de botar a cria fora da minha casa, mais quando eu paro perto da mesma ela vem correndo em minha direção igual uma loka e me abraça. TEM BASE NISSO G-ZUIS?

 

- Baek senti saudades! – disse a mesma se pendurando em mim

 

- Tiffany me solta!

 

- Não

 

- ME SOLTA AGORAA..... – disse já sem paciência e ela me soltou me encarando triste, eu quero que ela se foda

 

- O que você veio fazer aqui?

 

- Vim te ver, e saber como você está?

 

- Você realmente quer saber como eu estou, estou mal muito mal, e creio que você saiba o motivo, não é mesmo?

 

- Ahh o poste.

 

- Não o chame assim.

 

- Ele é um poste mesmo, eu vou mentir! – disse com um tom indignada

 

- Tiffany.....fala logo o que você quer?

 

- Eu trousse um presente a você.... – me estendeu um pacote médio e eu o peguei – espero que goste. – sorriu

 

- Era só isso... – ela assentiu – ótimo, você já pode ir.

 

- Ok, te vejo no colégio oppa. – veio até mim e eu tentei me desviar e a mesma segurou meu braço e deixou um selo em minha bochecha

 

A vi saindo e fechando a porta, não foi nem um piscar de olhos e eu já me encontrava correndo indo ao banheiro lavar a minha CARA.

 

(Segunda-feira 07:00 da manhã)

 

Hoje seria o dia da prova, eu já estava acordado tomando café, Kris iria comigo, pra me dar força, tava previsto pra começar as 08:00 e o resultado sair as 14:00 horas da tarde, logo depois da prova eu seguiria para o hospital, a senhora Sun me pediu para ficar, ela tinha algumas pendências a resolver e eu já tinha dito a mesma que ficaria mesmo assim e ela sorriu me agradecendo, hoje eu veria novamente minha girafinha, eu espero que ele esteja bem, e que acorde logo.

 

Ouvi a campainha tocar e Lila foi atender, vi Kris vim até mim e me abraçar.

 

- Como vai coelhinho triste? – me perguntou enquanto bagunçava meu cabelo

 

- Vou triste. – respondi sem animo

 

- Você está bastante preocupado, não é mesmo?

 

- Com a prova sim e com o ............

 

- Dumbinho. – respondeu por mim

 

- Ele o principal.

 

- Ele vai acordar Baek, tenho fé que isso ira acontecer.

 

- Já se passaram tantas semanas Kris, eu tenho medo que ........ – não consegui dizer o resto, minhas lagrimas tomaram conta do meu coração

 

- Não chora, você já chorou tanto...... – respondeu me abraçando

 

- O que o Chanyeol diria pra você agora? – me perguntou enquanto passava a mão em meus cabelos

 

- Ele d-diria “Vai lá p-porquinho e-eu confio e-em você” – disse entre lagrimas

 

- Então faça isso, ele passou varias semanas dedicando a você e te ensinando, você vai entrar naquele colégio, vai fazer essa bendita prova e vai passar, ouviu?... – assenti – ótimo, ele não esta aqui, mais sempre vai sorrir por você Baek, ele eu e todos sabemos que você se esforçou bastante pra esse negocio, e você vai conseguir, mesmo que você vai bem ou não, todos nós ficaremos ao seu lado e ele também....... – acabei por abraça-lo

 

- Sabe o que você vai fazer?....

 

- Não.

 

- Você vai fazer essa prova e quando os resultados saírem, independente se for bom ou ruim, você vai lá mostrar a ele. – sorri com suas palavras

 

- Obrigado Kris. – agradeci

 

- Sou seu hyung, não faço mais que obrigação, eu aceito até uns sete de pontuação, mais saiba que se você chegar com resultado zero, tu apanha.

 

- Vou me sair bem, prometo.

 

- Isso mesmo, gosto assim...... – sorriu – agora vamos.

 

Saímos de casa e não demorou muito ao chegarmos no colégio, a entrada estava lotada de gente, ouvi a sinal tocar e todos começaram a entrar, olhei para Kris e ele sorriu.

 

- Vai lá vou te esperar aqui. – acenei entrado

 

Me sentei em uma carteira, e logo uma mulher entrou com vários papeis, comecei a fazer a prova, continha varias questões dificílimas, mais eu tentei fazer todas, não sabendo se conseguiria ou não, as horas passavam e meu nervosismo aumentava, olhei para o relógio na parede e vi que faltava pouco para acabar, e então outro sinal tocou.

 

Chequei meu nome a data e tudo certo, logo a mesma passou pegando os papeis, sai da sala e caminhei para fora, vi Kris escorado em seu carro e caminhei até ele.

 

- Como foi?

 

- Acho que fui bem. – falei ainda nervoso

 

- Bem vamos lanchar e depois voltamos pra ver as notas.

 

Entramos no carro e seguimos até uma lanchonete e de lá formos pra casa do Tao.

 

Chegamos a lanchonete e fizemos os pedidos, sentamos em um local mais afastado e esperamos.

 

- Baek, você não acha esse acidente do Chanyeol, estranho de mais?

 

- Como assim? – suspirei preocupado

 

- Tipo, do nada um carro passa em cima dele........é meio confuso.

 

- Quando eu cheguei ao local, a rua estava escura, talvez o carro não viu o Chanyeol,  ou o Chanyeol não viu o carro...................ao não ser que......... – parei ao perceber algo mais confuso ainda

 

- Ao não ser que alguém tenha feito de propósito.

 

- Quem faria isso, quem teria coragem de fazer uma barbaridade dessas? – bufei já irritado, ao pensar em coisas de mais

 

- A sua ex-............ – foi interrompido

 

- Bem meninos aqui, está pronto – a garçonete veio até nós, entregando os pedidos

 

Saímos do local e caminhamos até o carro calados, o que será que ele iria falar, balancei minha cabeça afastando meus pensamentos e entrei no automóvel.

 

Ele dirigiu até a casa do Tao e logo adentramos ao comudo, vi Tao largado no sofá e sorri de lado, ele direcionou seu olhar pra mim e veio correndo me abraçando.

 

- Baekkkkk, me beija. – me assustei com o tal pedido e olhei para Kris surpreso

 

- Beijo o cacete, Taozinho solta o coelho. – o puxou me soltando

 

- Tá bom, tá bom...me solta.. – voltou sua atenção a mim – como vai Baek, está melhor, você parece tão abatido.

 

 - Estou indo bem Tao, vou melhorar. – tentei sorrir

 

- Ok vamos lanchar e assistir um filme até suas notas saírem Baek. – disse Kris nós puxando para o sofá

 

Tao colocou um filme de animação, dei risadas algumas vezes, mais não fiquei naquela animação toda, passou-se duas horas e já estava quase na hora deu pegar meus resultados, eu espero que de tudo certo, olhei para janela e vi no horizonte uma tempestade se formando, então logo pensei em uma chuva densa e cheia de lagrimas, eu me sinto muito depre, mais o que fazer se eu não tenho o sorriso dele todos os dias, me fazendo ficar contente?.

 

Olhei em meu celular e vi que já estava na hora deu buscar minha prova, cutuquei o Kris e ele me olhou logo entendendo.

 

- Já esta na hora né? Vamos então. – ele se levantou e deu um beijo em Tao

 

- Boa sorte Baek, vai dar tudo certo. – disse Tao me abraçando

 

- Espero que sim. – respondi baixo

 

- Vamos? – Kris me perguntou e eu assenti

 

Saímos da casa e entramos no carro seguimos ate o colégio, Kris me deixou na porta e eu entrei sozinho.

 

Caminhei nós corredores suando frio, vi uma fila que dava acesso ao uma porta, então me juntei a eles, quando chegou a minha vez entrei e fui recebido por uma mulher, ela logo procurou meu nome e me entregou um envelope contendo a nota.

 

Peguei o envelope e sai do local, caminhei até o carro e entrei, Kris me olhou ansioso e eu sorri com seu semblante, rasguei o papel, e tirei de lá minha prova.

 

Mal percebi quando fui abraçado por um Kris totalmente feliz, minhas lagrimas escorreram na hora e eu não evitei a chorar, no papel estava escrito nota máxima, eu consegui, abracei Kris e pude sorrir contente e aliviado.......Logo pensei em Chanyeol, ele adoraria estar aqui.

 

- Kris me leva pro hospital.

 

- Você?

 

- Sim, eu vou mostrar pra ele, mesmo que ele esteja dormindo, eu preciso contar.

 

- Ok, vamos eu te deixo lá.

 

Não demorou muito e eu cheguei ao local, Kris me deixou na porta e foi embora, adentrei ao local e segui pelos corredores, cheguei no quarto 37 e entrei.

 

Fechei a porta atrás de mim, e andei até o mesmo, me sentei no colchão e o olhei, ele era perfeito dormindo, pena que esteja em um sono profundo de mais, levei minhas mãos aos seus fios e fiz um singelo carinho, não evitei um sorriso que brotou por mero prazer, mais minhas lagrimas logo vieram, me curvei e abracei seu corpo chorando e implorando por alguma reação e nada.

 

Peguei meu envelope e o abri, tirei minha nota de lá e olhei para o papel, voltei minha atenção a minha girafa e com minha voz tremendo pelo choro comecei a falar.

 

- V-você me ajudou muito, creio que vai ficar feliz ao saber seu esforço...... – limpei minhas lagrimas e continuei – eu tirei pontuação máxima......

 

- Você não esta me ouvindo não é mesmo...........Chanyeol a-acorda por favor, eu preciso......

 

Ouvi a porta sendo aberta e uma enfermeira entrou.

 

- Acho melhor você deixar ele descansar, os soros que estão sendo injetados na veia dele, são de grau cinco, vá tomar uma água depois você volta, ok.

 

Ela saiu e limpei minhas lagrimas, olhei para Chanyeol e ele continuava do mesmo jeito, suspirei triste.

 

- Eu te amo minha girafinha, bem.....quando você acorda irei aceitar seus parabéns e te encher de beijos, vou deixar você descansando, daqui a pouco eu volto.

 

Peguei meu envelope e o papel o abrindo e o guardando, o fechei e já estava pronto para me levantar quando senti uma mão segurar meu braço, na hora eu me congelei por completo e um arrepio passou pelo meu peito, fechei meus olhos deixando a entender que aquilo não passava de uma mera ilusão, quando eu ouvi algo, que me deixou surpreso.

 

- P-parabéns......porquinho....

 

 

Continua...............

 

 

 


Notas Finais


QUEROOOOO COMENTÁRIOSSSSSSSSSSSSSSSSS
MUITOSSSSSSSSSSS
AMO LER A OPINIÃO DE VCS!!!

Quero aproveitar o espaço aqui e postar minha nova fic!!
estou escrevendo ela com algumas amigas!!
Vão lá dar uma olhada
espero que gostem
: https://spiritfanfics.com/historia/necessito-do-seu-amor-para-viver-chanbaek-7152059
<3!!!

Beijinhos meus amores, nós vemos no próximo cap!!!
~KISSUS DE AMOR~
!!!............................<3<3<3.....................!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...