História Chat - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Chat, Etc, Lemon, Yaoi
Exibições 22
Palavras 1.471
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Boa Leitura!!

Capítulo 4 - Four


De tempos em tempos temos que pensar sobre as coisas que fazemos e refletir sobre tudo isso, acho que chegou a minha hora de pensar em algo, pois estar dentro do banheiro masculino depois de ser beijado pela namorado da sua melhor amiga não é uma experiência agradável.

Volto para a minha sala esperando que Rin esteja lá me esperando, mas a vejo com outras meninas que por sinal nunca vi antes, estranho isso por algum motivo, mas ignoro. Me sinto um pouco trocado, mas também eu que sumi da sala dessa vez, talvez ela tenha ido lá e não me encontrou então ficou com essas meninas. Sento na minha carteira e fico ali sem fazer nada já que todos foram para o intervalo e ficou apenas eu ali.

As vezes acho que sou anti social, não tenho outros amigos tirando Rin, isso me preocupou por um tempo, mas logo desisti da ideia, as outras pessoas da minha idade parecem ser tão fúteis que não tenho vontade de conversar com elas, mas a Rin também é bem fútil... na verdade eu não sei fazer amizades direito, já namorei algumas vezes, só que nunca nada a sério nem por muito tempo ou muito menos conheci aquelas meninas antes de namorar e nem agora falo direito com elas.

Se for pensar por esse ângulo sempre foi gay? Não. Eu sempre gostei mais das garotas, eu também achei que N07 era uma garota até descobrir que não, mas eu já nutria sentimentos por N07 então não liguei, afinal de contas, o quê é um pinto a mais ou a menos? Certo, talvez tenha um pouco de diferença....

-Ei! -escuto uma voz e logo sou acertado com uma bola na cara, olho feio para a pessoa, somos da mesma sala- Foi mal, achei que estava dormindo -Ele riu como se aquilo tivesse graça, mas veio em minha direção- Você se machucou?

-Sim. Eu levei uma bolada na cara -me irrito com as coisas idiotas que ele pergunta.

-Foi mal, de verdade. Cadê a sua amiga? -ele olha para os lados a procura de Rin.

-Ela está com as outras amigas dela -sorrio fofo tentando parecer simpático.

-Por que está aqui então? Vem, vamos sair -ele me pega pelo braço e me arrasta para fora da sala até o corredor, me apresenta para os seus amigos que me olham surpresos- Faz um tempão que estamos querendo falar com você, mas a sua amiga não é mole!

Olho para cada rosto ali, a maioria é da minha sala, embora eu nunca me dei ao trabalho de lembrar o nome deles, sorrio fofo e sou abraçado por alguém, me viro para ver quem é, Niall, tinha que ser né? Tento o tirar de mim, mas ele parece um carrapato.

-Me larga!- digo irritado.

-Ele não é fofo? Eu disse que um dia íamos conseguir trazer ele aqui! - ele me aperta mais em seus braços e me sinto um bebê ali no meio.

Ouço os comentários e todos começam a conversar logo depois de me apresentarem para todos, não me lembro do nome de nenhum, mas não pretendia ficar com eles por muito tempo mesmo, então não vejo necessidade de fazer isso. Olho para o lado de fora e o tempo começa a fechar, faço cara feia e um deles, acho que se chama Luka, pergunta o que houve.

-Eu vou embora andando, se chover vou me molhar todo -digo sem jeito.

-Eu tenho guarda-chuva, te empresto se chover, só não saia da sua sala que depois eu não te encontro mais- Luka me responde sorrindo.

Eles estão sendo simpáticos comigo, até demais, não sei se devo confiar neles... Talvez não, tem o Niall nesse meio, mas talvez sim pelo mesmo motivo que o não.

Passo o resto do intervalo conversando com eles e logo volto para a minha sala, não vejo mais a Rin, o que é muito estranho e fica mais estranho ainda quando no final da aula ela não vem me ver. O dia inteiro sem falar com Rin é um pouco estranho e desconfortável, guardo o meu material e vou saindo da escola, até ser puxado por uma pessoinha desgraçada, Niall.

-O que foi?- pergunto já irritado.

-Está sozinho? Cadê a sua amiga? -ele pergunta rindo e eu me irrito mais, mas apenas suspiro, não quero brigar com ele, o encaro.

-Ela me abandonou, sabe como é né? A gente cria para o mundo, não para a gente- faço drama e ele ri e começa a andar do meu lado- Para onde você está indo?

-Ué?- ele ri- Estamos indo para a sua casa certo?

-Mas eu não te chamei, está se auto convidando? -o olho indignado.

-Senão quer, eu posso ir embora- ele para por alguns segundos e, afinal de contas, o que eu posso perder?

-Não, pode vim, talvez seja bom alguém para me fazer companhia -sorrio fofo e o deixo me seguir até a minha casa, o puxo para dentro e preparo algum lanche para comermos como almoço- Não achei que alguém viria para casa, não almoço geralmente- digo enquanto o sirvo e ele apenas sorri gentilmente e come o lanche.

Ficamos em silêncio enquanto comemos, ele termina de comer e vai limpar a bagunça que eu fiz, só não falo que não precisa, porque precisa sim e eu estou com muita preguiça, mas logo vou ajuda lo.

-Você e a sua amiga brigaram? -ele pergunta preocupado e eu forço um sorriso.

-Não sei, acho que não- rio pela a minha indecisão- Talvez ela esteja brava comigo por alguma razão que eu não saiba, ela é bem sensível e você não deveria estar aqui, ela é a sua namorada, não eu -rio e o fito

-Óbvio que não, pare de falar bobagens Louis- ele fala sério- Eu te amo, por que insiste que estou comprometido com a sua amiga?

-Porque ela falou para mim que estão namorando- faço bico frustrado com tudo aquilo, ele se aproxima de mim e me segura pela cintura me puxando para um abraço a qual correspondo- Eu não sei em quem confiar...

-Apenas esqueça esse negócio que eu estou namorando uma garota, eu sou gay, Louis -ele ri e me puxa para um beijo, mas logo o afasto um pouco assustado- Desculpa, você não quer?

-Não é isso... não, eu não quero... Quer dizer, você me fez ficar um tempão te esperando em frente a aquele shopping e até um tempo atrás eu te odiava muito tá!?

-Por que me odiava? Nunca te fiz mal nenhum...- ele diz pensativo, me olhando nos olhos bem fixamente.

-Te vi uma vez judiando de um garoto mais novo, você é cruel.- ele gargalha.

-Era o meu ex, Louis, estava brigando com ele- ele me puxa novamente para seus braços- Qual é a sua de defender os menores e mais fracos?

-Eu faço parte dessa categoria- digo frustrado com tudo aquilo- Por que terminaram?

-Ele tava me traindo. -ele diz amargo- Eu não quero falar sobre meus antigos relacionamentos quando eu posso estar te beijando, Louis.

Apenas rio e continuo falando com ele, sem beijos nem nada, apenas perto um do outro, até o seu celular tocar e sua mãe pedir para ele voltar. Confesso que não queria que ele fosse embora, mas tive que deixa-lo ir e só agora sinto falta de Rin que realmente não apareceu o dia todo, nem nos falamos...

Dias se tornam semanas e semanas se tornam meses e faz um mês que Rin mal fala comigo, as vezes um "oi" ou um "bom dia" quando nos encontramos no corredor da escola, ela nunca mais apareceu em casa nem nada, até meus pais perguntaram dela para mim, eu nem sabia que eles tinham conciência da existência da Rin! E nesse mês passei a falar mais com os meninos que andam com Niall, os quais eu finalmente me dei ao trabalho de lembrar o nome de cada um, Luka, Natan, Justin, Lay e Daniel.

-E a sua amiga?- pergunta Daniel preocupado comigo, estou seguindo Rin com os olhos cada vez mais.

-Ela parou de falar comigo... -digo triste e sinto ser abraçado por Luka.

-Nosso coelho vai morrer de solidão!!- ele me aperta em seus braços e ri junto com os outros.

-Parem de me zoar! Vou chorar!- faço cara de choro e eles riem mais ainda.

Eu sou como o mascote deles, eles cuidam muito bem de mim, como se o fosse o bebê deles, o que é engraçado já que eu nunca fui tão abraçado e mimado como eles me fazem sentir. Enfim Niall volta nos trazendo algumas bebidas.

-Suco natural para a nossa princesa- ele me entrega o suco e o olho feio.

-Vocês tiraram o dia para judiarem de mim!?

-Tudo para o nossa princesa- eles dizem rindo e eu me irrito.


Notas Finais


O que estão achando? O que vocês acham que vai acontecer?
Nem eu sei o que vai acontecer kkk :P
Deixe nos comentários


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...