História Chat Noir X Chat Noir - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël, Nino, Plagg
Tags Yaoi
Exibições 304
Palavras 809
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Escolar, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello
Hoje trazendo pra vcs outro cap ( desculpa mais nn achei imagem pra hj )
Espero que gostem
Yuri ( ta Yuri )

Capítulo 4 - Como?!


MARINETTE

Acordo com Tikki me chamando:

-Acorda Mari, o Chat precisa de você. - ela diz desesperada

-Oii? - eu digo bocejando

-O Chat - ela não precisou falar outra vez eu me levantei e me transformei - Tikki transformar!

Salto pela janela e jogo o meu io-io, quando chego la não tem ninguém...

-Onde esta o Chat? E o Akuma? - me pergunto ate que...

-Você é muito burra! - uma voz sai do meu uniforme e me denstransformo com uma fumaça negra - Eu sou a Lady Bug Reversa! - ela sai pulando.

-Tikki! - ela não me escuta e nem da sinal de vida, comecei a chorar.

Volto pra casa a pé, quando chego em casa me deito na cama e espero algo acontecer, são 8:30 da noite e nada acontece e agora que vai captura os Akumas? Paris está perdido... Escuto uma batida na janela e penso que o Chat mais não é, e sim a Lady Bug Reversa?

-Vai em deixar entrar?

-Eu não deveria...

-Mais vai.

-Por que?

-Eu sei como para o Hawk Moth! - e eu não sei porque acreditei nela, mas abri a porta - Muito bem... Mas antes preciso do Chat Noir... - eu a interrompo

-Por que?

-Ele tem que destruir a máscara do Hawk Moth... - interrompo ela novamente

-Não podemos fazer isso?

-Claro que não, quem toca naquela máscara morre... - interrompo ela

-Então o Chat iria morrer?

-Cala a boca e deixa eu falar! - ela grita, mas eu concordo com a cabeça - ele tem a habilidade dele, que a única coisa que pode tocar - eu estou entendendo agora - você sabe onde ele está?

-Não... Calma, não foi você que acionou o alarme Akuma? Então você sabe onde ele tá?

-Sim e não...

-Se eu não sei você deveria saber, pois você é minha reversa!

-Você não entendeu nada - e ela me da um beijo na testa - eu vou procurar por ele - e ela salta, e fico pensando sobre o que aconteceu... Enfim eu também posso procurar pelo Chat e saiu do quarto com pressa:

-Pra onde vai com tanta pressa?! - grita minha mãe do quarto dela.

-Encontrar o Andrein! - grito na esperança dela ouvi

-Voltaram a namorar?!

-Não!

E saiu de casa e chego na padaria:

-Oi filha - diz meu pai com uma voz delicada

-O que foi pai?

-Nada... Ja você...

-Pai, xau - digo como uma voz k mais baixa e dou um beijo na bochecha dele, depois vou embora

CENTRO

Procuro pelo Chat a mais de uma hora, então descido ir embora esta ficando tarde, na verdade muito tarde, passa pela casa do Andrien e não vejo ninguém:

-Esta bem escuro né? - diz uma voz suave e doce, parecia com a do Andrien

-Andrien!!

-Pra que esse espanto, nunca me viu?

-Haha muito engraçado - finjo uma risada falsa

-Antigamente você ria mais das minhas piadas... - ele começa a coçar a nuca com uma cara deprimente.

-O que houve?

-Nada...

-O que é isso? - tinha uma roncha no pescoço dele

-Nada!! - ele falou rápido e segurou o meu braço - deveria ir pra casa, não?

-Você ta certo, xau - ele entra em casa com pressa.

EM CASA

Bom eu não tinha mais ninguém pra conversa, então eu vou escrever no meu diário...
" Querido diário,
Hoje meu dia foi bem cansativo e cha..."
E de repente uma batida na janela, era a Lady Bug Reversa e fui abrir a porta.

-E como foi... Sua procura? - ela se deita na minha cama.

-Nada bem... E você? - falo triste me sentado na cama

-Eu to com cara de alguém que acho o Chat Noir? - ela fala num to de sarcasmo

-Não... Uma pergunta, por que você me beij... - não tenho tempo de falar, pois ela me beija na boca e segura a minha mão - Por que fez isso? - digo afastando o rosto dela do meu

-Ora, eu me amo... - eu comecei a pensar por 5 minutos, e percebi ela se ama e então ela se amando eu sou igual a ela, eu sou o jeito mais fácil dela se amar - então solucionou o que eu quis falar?

-S-Sim - confesso meio triste - agora pode sair da minha casa!

-Eu não tenho onde dormir - olha pra ela que parece dizer a verdade, ou ela sabe mentir muito bem - eu posso dormir aqui? - ela pergunta com a cabeça baixa.

Eu saiu do quarto e volto com um colchão de ar:

-Enche e se deita aqui, nada de me beijar de novo! ENTENDEU - eu grito nervosa e ela so concorda com a cabeça

-Agora me diga... Gostou?

-Se deita e dorme!

Eu penso e sei muito bem a resposta:


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Capitulo de amanhã nn vai ser continuação desse
Mais convenhamos, nn foi um filler muito ruim :/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...