História Chat On (Jikook NamJin TaeYoonSeok) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 133
Palavras 632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Escolar, Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Super Power, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiiii TODINHOS e TODINHAS.

Como vocês estão??

Desculpem não ter postado mais cedo eu meio que me esqueci.

Mas prometo que não acontecerá novamente.

Espero que gostem deste cap

Boa Leitura😘😘

Capítulo 8 - 0.8


Chat On Daddy...

Eu: Sabe Daddy já tem um tempo que não nos falamos e eu me sinto um pouco culpado por isso, acho que você merece um presentinho por seu Baby ser um pouco mal, não acha ?

Espeto que goste...

[Mídia, foto do capítulo].

Daddy Biscoito: Uhm, Baby acho que você deveria parar de fazer esse tipo de coisa.

Eu: Que tipo de coisa Daddy?

Que eu saiba não tem nada de errado em tentar agradar os seu Daddy.

Daddy Biscoito: É pode até ser, mas quero que saiba que quando eu te pegar você vai ficar uns 4 dias sem conseguir andar.

Pode ter certeza que quando eu estiver te fodendo não vou ser nem um pouco cuidadoso.

Me aguarde...

Eu: Uhm, Daddy vai foder Meu buraquinho??

Daddy Biscoito: Pode ter certeza que sim, sem dó nem piedade...

{Enquanto Jimin mandava mensagens provocando seu Daddy andou silenciosamente até a sala, sentando-se no sofá e com uma almofada em sua boca para disfarçar a voz, preparou áudios que com certeza fariam Jeon correr em direção ao banheiro para resolver seu probleminha}

Eu : [você enviou um áudio]...

U-uhm, ahh D-Daddy isso ahh D-Daddy uhmmmm...

(Enquanto isso na cozinha Jeon tentava se conter para não começar uma masturbação ali mesmo na cozinha. Sabia que Jimin está o provocando e não podia negar que estava começando a amar a ideia de saber quem é seu Baby.

Depois de receber aquela foto Jeon já sentia se membro pulsar dentro da calça que usava, e após receber aquele áudio com Jimin gemendo quase como um sussurro, acabou o deixando ainda mais duro.

O mesmo não pode deixar de pensar que o pequeno poderia estar se masturbando em sua cama, pensando em si, ou ate mesmo poderia estar se masturbando em seu banheiro gemendo seu nome.)

P. O. V N/A...

Automaticamente Jeon largou o almoço que preparava para si e para Jimin indo em direção ao andar superior de sua casa, porém o mesmo assustou-se ao ver que Jimin encontrava-se sentado em seu sofá olhando para alguns porta retratos localizados na mesa de centro da sala...

Jimin... O que faz aqui? Achei que estava... Aish esquece.

Disse o mesmo correndo em direção ao banheiro de seu quarto, não conseguiria conversar com o outro enquanto ainda estivesse com aquela ereção que já estava a doer.

Assim que adentrou ao banheiro Jeon tirou a calça junto da box que usava, não deixou de suspirar de alívio tendo seu membro liberto dos tecidos que tanto o apertavam, sentou-se sobre a tampa do vaso e começou a acariciar seu membro que já estava melecado pelo pré-gozo, começando assim uma masturbação lenta e prazerosa enquanto imagina Jimin ali lhe chupando, enquanto Jeon estivesse gemendo seu nome.

Jeon já gemia descontroladamente o nome do pequeno, enquanto aumentava o ritmo da masturbação...

P. O. V Park Jimin...

Depois que Jeon correu para seu quarto não consegui parar de rir, ele realmente está com uma puta de uma ereção. Até fique com dó mas atingi meu objetivo e fiz ele ir se masturbar pensando em mim, ou melhor no Baby...

Alguns minutos ali rindo pude escutar o mesmo gemendo chamando por meu nome, corei violentamente ao perceber que o mesmo chamava por mim e não pelo Baby.

Não que isso seja ruim, mas é algo que eu realmente não esperava...


E até que excitava, ficar ali ouvindo seus gemidos não estava ajudando já que eu estava começando a me excitar ouvindo aquilo.

Mas eu não podia sair dali e também não poderia simplesmente me alivia, tenho que aguentar até em casa, e aí sim poderei me alivia o provocando ainda mais, já que o mesmo parece ter se acostumado com a ideia do Baby até porque em nenhum momento ele me tratou como antes...






Continua...


Notas Finais


Eai gostaram??

Espero que sim.

Até o próximo cap, Beijos de TODINHO COM MARSHMALLOW😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...