História Cheer UP! - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Personagens Originais, Sana, Tzuyu
Tags Chaetzu, Coelho, Dahmo, Jeonyeon, Jungyeon, Mina, Minna, Misa, Momoguri, Nayeon, Pinguim, Sailer Moon, Sana, Sanna, Tofu, Tsuyu, Twice, Tzuyu, Yoda
Exibições 165
Palavras 1.750
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Harem, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Shounen, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


aaaaaaaaaaa
me desculpem msm
eu tava com aquela preguiça sabe, mas decidi escrever novamente

n queria demorar tanto assim
alias, vcs são meus xodó

#WaitingComebackTWICE

Nesse capítulo estarei focando Mina!

Depois eu vou focar cada integrante
por exemplo
POV Mina(Oculto) q nem esse
POV Tzuyu (Oculto)
POV Sana (Oculto)
e por aí vai...

Capítulo 10 - I see (CAPÍTULO MAIS QUE ESPECIAL)


Me lembrava cada detalhe daquele momento em que eu havia me confessado à Sana, foi um momento tão alegre, que me pus para avoar um pouco enquanto via a reportagem na TV, logo me acordei sobre o caos que estava acontecendo no exato momento, as meninas? Jeongyeon, Nayeon, JiHyo, e Dahyun apareceram logo, em câmera ao-vivo. Reconheço o aeroporto, e é daqui do Seul! Mas por qual razão elas não avisaram a nós que iriam voltar? Será que era um planejamento de surpresa? Um pouco anormal! 

- Vocês estão vendo o que estou vendo? - Perguntei observando as reações de cada pessoa perante a sala. 

- Se for isso, sim. - Logo Chaeyoung deu uma resposta rápida. 

Um tanto surpresas, afirmaram com minha pergunta.

Voltamos a assistir a reportagem.
 [Na TV]

- Licença, poderiam responder algumas perguntas?- Uma repórter perguntou para ambas.

- Pode nos dizer o que havia acontecido com a senhorita Kim DaHyun e Hirai Momo? - Outra repórter da mesma empresa de TV apareceu repentinamente.

- Não temos horas para isso, deixem-nos ir embora! - Ordenou Jungyeon um pouco irritada. 

[Fora da TV]

Olhei para a Momo, e a mesma notou que a Dahyun ficou séria e encarou a mulher que estava perguntando do que havia acontecido com ela e Dahyun, fazendo a Momo ficar um pouco abalada. 

[Na TV]

- Mas poderiam? - A repórter ainda perguntava. 

- Só terminamos, e fim! Isso não é da conta de ninguém! - Dahyun gritou, fazendo as outras se assustarem e ficarem um pouco avoadas por Dahyun ter feito isso. 

[Fora da TV]

Olhei de novo para Momo, e a mesma ficou surpresa por essa tal ação da Tofu, todas também na sala se surpreenderam por causa que Dahyun não é de fazer esses tipos de coisas, ela sempre é diverta, fofa, sua expressão não é séria em nenhum momento, só em momento de treinar algo. 

Um vulto passou por mim, logo olhei para o lado e era Momo no corredor, toda apressada, parece que vai para o seu quarto. Acho que realmente ela ainda não superou o término do seu relacionamento. Eu também não superaria um relacionamento desses... Era perfeito, em minha visão. Mas, sabia quase tudo que acontecia nele, pois, a Momo é minha melhor amiga. Dizendo nisso, vou ir atrás dela.
Me levantei e Sana olhou pra mim com uma cara confusa... e bem boba. 

- Pra onde você vai, Mina? - Sana me penetrou pelos olhos. 

- Atrás de uma pessoa, chamada Hirai Momo.

- Okay, ajude ela. - Sana fez expressão de beijo, então me aproximei e deixei-a beijar minha testa. Logo desfez, e a mesma deu um sorriso. Retribuí o sorriso também. Então fui até o quarto da Moguri. 

Bati 4 vezes e nada... Então resolvi chamar pelo seu nome.

- Hirai Momo! Moguri! Momooo! Você está aí?! 

- Estou, sim, Mina. - Ela respondeu pausadamente com uma voz rouca.

- Deixe-me entrar...

Então ela abriu a porta, e logo estava em minha frente, com uma cara de quem havia acabado de beber umas e de acabado de chorar. Mas o pior, ela havia feito isso mesmo.

- Moguri... - Então ela foi até sua cama, deitou-se de lado, e ficou parada, paralisada, pensativa, avoada... Então fechei a porta, e deitei ao seu lado. - Não se sinta mal... Por favor, me diga tudo o que você sente. - Abracei-a e ela estava um pouco abaixo de mim, fazendo-a ficar entre meus seios.  - Estou aqui para lhe ajudar...

- Mina-san... - Momo falou quase chorando, então alisei seu cabelo e posicionei meus queixos levemente em sua cabeça. - E-Eu não aguento mais... E-eu quero ela... Eu quero ela p-para mim n-novamente, eu quero a Dahyun só pra mim!

- Vai passar... Eu sei que está com saudades dela, e quer ela de volta, mas veja, primeiro tente consertar teus erros, Momo. 

- Eu não sei dos meus erros, Mina... Me sinto culpada por isso. - Momo falou com voz de choro.

- Calma, estou aqui. Vamos ver... Primeiro o que você fazia para ela ter sido magoada e ter lhe ''abandonado'' desse jeito?

- Eu não sei... Mas uma vez brigamos, e foi por causa que eu tinha intimidade com todas as meninas... E eu tinha a proibido a ter intimidade, então ela brigou comigo por causa disso... - Disse Momo bastante triste. 

- Deve ter sido a proibição, Momo, se você pode ter, por quê ela não?  

- Era meu ciúmes, Mina, eu não sei...

- Momo, tente arrumar isso, tenta conversar com ela quando ela retornar, ok? Não se sinta culpada por ter feito essas coisas por causa de um ciúmes que geralmente, ninguém consegue segurar quando tem alguém amado... 

- Mina, eu te amo muito, além de me ajudar muito em outras coisas, e é uma grande amiga. Muito obrigada pela preocupação. - Disse Momo dando um sorriso meio que forçado, por causa do choro.

- Momo, eu também te amo, sempre vou estar disponível para lhe ajudar. - Dei um beijo em sua bochecha. - Qualquer coisa, estou aí. - Me levantei, e Momo também, então quando eu iria logo abrir a porta do quarto dela, ela me puxou e me deu um abraço. Retribuí mais forte. Então separei o abraço e a olhei, e logo dei um sorriso, e ela ficou envergonhada e retribuiu meu sorriso contagiante. Então abri a porta, e ela ficou no quarto dela, provavelmente vá descansar um pouco. Voltei para a sala e reportagem tinha terminado, como assim? 

- Gente, o que aconteceu? 

- Sei lá, de repente a Jungyeon se jogou como se fosse uma pantera em cima da câmera. - Tzuyu disse. 

- Só? 

- Elas estavam correndo muito, aí daí Jihyo caiu ashuasuahsajdnsmv - Disse Chaeyoung rindo e Sana riu junto.

- Gente, coitada. 

- Enfim, o que vamos fazer? - Perguntou Sana.

- Não sei. - Disse Tzuyu se levantando e em seguida Chaengyoung.

- Ah, uma coisa que sei é que eu tô doida para dormir. - Disse Chaeyoung. 

- Ah... Chaeyoung Unnie... - Disse Tzuyu sendo arrastada e sendo obrigada a dormir junto.

- Vamos bebê. - Disse Chaeyoung apertando seu nariz. 

Enfim, elas foram dormir, e só sobrou eu e Sana... Sem falar nada, sentadas no sofá, um pouco longe e perto ao mesmo tempo. Ela estava olhando para o chão, e eu igualmente. Até que... Sana saiu de lá e veio um pouco mais perto de mim, me fazendo ficar mais tensa e corada. Então resolvi abrir a boca para perguntar algo, mas logo antes de eu fazer a pergunta, Sana perguntou: "Você me ama mesmo?" 

Fiquei sem reação, não sabia o que responder, já tinha lhe confessado, mas será que ela ainda desconfia de algo? Então logo respondi

- Sim, Sana, eu te amo. Porque essa pergunta? 

- E-eu tenho que ter certeza, Mina, me desculpe. - Sana disse se deitando no meu ombro. 

- E você, me ama? 

- Sim, eu te amo. - Sana logo respondeu

 

Logo eu e Sana ficamos em silêncio...

 

 

Silêncio tão intenso que deixei me levar a pegar em seu queixo e manusear sua cabeça, fazendo a meio que se curvar do local e ir um pouco para trás, e fixar seus lábios, e dar um leve beijo, cheio de amor e carícias, logo ela retribuiu. Então comecei a mexer em seus cabelos loiros e deixa-los bagunçados, depois que ficamos sem ar, a abracei bem forte. E ela ficou passando a mão nas minhas costas, fazendo dar um alívio. Depois saí do abraço e a olhei e dei um sorriso, e ela retribuiu timidamente.

- Ei, quer dormir comigo? Ah... Não desse jeito, e sim ir cochilar. - Sana disse dando uma risadinha baixa.

- Claro que eu quero. - Então fomos até o seu quarto e fomos dormir. 

- Deite-se aqui. - Disse Sana dando tapinhas no local, fazendo eu me deitar.

- Sua cama é tão boa. 

- Obrigada, e fica mais boa com você. - Ela deu um pequeno sorriso e eu retribuí muito que corada. Então ela se deitou do meu lado e me abraçou, logo após isso dei um beijo em sua testa. E dormimos... Felizes...

 

 

 

 

 

 

 

 

Ou não...

 

- GENTE!!!!!! CHEGAMOOOOOOOOOOOOOOS! - Uma voz gritara. 

- Puta merda... - Falei baixo, mas parece que Sana ouviu e deu uma risada. 

- Quem será? - Sana falou se levantando. Logo quando abriu a porta, as meninas também estavam passando no corredor. - Vamos ver, Mina! - Disse Sana. Então me levantei e fui com as outras meninas junto.

- ARE YOU SERIOUSSSSSSSSSSSSSSSSSS? - Chaeyoung abriu a boca. 

- AHHHHHHHHHHHHHHH! - Todas gritamos e fomos abraçar a criatura em nossa frente.

 

Nada menos, nada mais que...

 

Jungyeon. A sapata que você respeita!

 

- Aiii! E---  eu sei que  ----- vocês sentiram saudades ---- maaaaaas --------- Não precisa disso tudo------- Estão me matando! - Jungyeon disse pausadamente por causa do sufoco.

- Nós existimos também. - Disse Jihyo, Nayeon e Dahyun ao mesmo tempo que até elas se surpreenderam. 

- JIHYO THE GODDEEEEEEEEESS!!!!!!!!!!! - Disse Sana indo abraça-la, era sua melhor amiga, então eu entendo. 

- NAYEOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOON! - Então abracei Nayeon. 

Tzuyu e Chaengyoung abraçaram Dahyun, que logo ficou olhando Momo abraçar Jungyeon.

Depois todo mundo se junto em um abraço para Nayeon, e depois foi pra Jihyo, e depois foi pra Dahyun... 

 

E a única pessoa que não abraçou Dahyun foi...

 

 

Hirai Momo.

 

Pude ver sua expressão de ''Tô vendo nada demais aqui"

- Momo! Venha. - Disse Sana a chamando. 

Mesmo Momo não querendo, ela foi e abraçou Dahyun. Então nos afastamos devagarinho e a deixamos se abraçar, e foi um abraço forte que chega o deus G-Dragon não aguentou. Depois elas se ligaram que estavam se abraçando demais. E logo ficaram surpresas e se afastaram em um pulo. 

- Ah, vocês me pagam! - Disse Dahyun com uma expressão ''Bebê chorão". E Momo sorrindo olhando para baixo e balanço as perninas para frente e para trás. 

- Agora vamos entrando que eu estou com fome! - Disse Jungyeon empurrando Nayeon na cara de pau.

- Jungyeoooooooooooooooooon! Paaaaaaaaaaraaaaaaa! - Disse Nayeon sendo empurrada e se esforçando para sair do empurro.

Então todas riram. 

Mas, quando entraram... 

- Gent-- - Jihyo ia falar mas foi interrompida.

- NOS EXPLIQUE! - Todo mundo disse ao mesmo tempo. 

 

 

- Surpresa! hahaha - Disse Dahyun que logo depois viu que não teve graça e ficou ''Parei de micão".

 

 

 




Notas Finais


AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

qyualqeur erro me desculpem n revisie :))


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...