História Chefe - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Chefe, Romance, Sexo
Visualizações 364
Palavras 815
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura 🌸❤️

Capítulo 26 - Jantar de namoro


Sr. Green narrando

Chegamos sábado quase meio dia em casa pois saímos da pousada por volta das 7h da manha. Deixei Megan em seu apartamento e fui direto para a casa dos meus pais para anunciar que ela iria jantar lá hoje.

-Filho? - minha mãe levanta uma sobrancelha - cadê Lúcia? - ela sorri

Merda esqueci dessa piranha. 

-Então é sobre isso que vim falar - vou entrando na casa

-Meu filho - meu pai fala todo animado - vem aqui falar com seu pai 

-Oi pai - sorrio - como o senhor está? 

Ele me conta que terminou mais algumas sessões de quimioterapia e está um pouco abatido mas se sentindo bem.

-O que tinha pra falar sobre Lúcia? - minha mãe senta ao nosso lado 

-Nós... terminamos - falo sério 

-O que? - eles falam em coro 

-Não estava dando certo e eu também conheci outra pessoa...

-Essas prostitutas... - minha mãe revira os olhos

-Não - tento sorrir -Megan Foster 

Quando Megan entrou meu pai tinha passado a empresa para mim fazia uma semana mas ele já a viu algumas vezes quando foi visitar a empresa.

-Foster? - meu pai tenta se lembrar - não conheço ninguém com esse nome 

-Ela não é rica - reviro os olhos 

-Prostituta - minha mãe fala saindo da sala

Eu fui tão bem acolhido pela família da Megan que pensei que talvez a minha pudesse acolhê-la também. 

-Vocês vão gostar dela - sorrio - a noite nos vemos ela vem jantar aqui 

-Tudo bem - minha mãe vem da cozinha me dar um beijo 

Talvez não seja uma boa ideia levar Megan lá mas já está feito, já falei com eles e com Megan. 

...

Às 8h passo na casa dela e não deixa de ter um sorriso idiota em meu rosto ao vê-la arrumada.

-Me atrasei? - ela fala entrando no carro 

-Não, tá na hora certinha - sorrio 

-Acha que seus pais vão gostar de mim? - ela fala sem jeito 

-Não sei - tento ser sincero - espero que sim 

-Ok - ela respira fundo e tocamos o carro

Minha mãe abre a porta e pede para entrarmos.

-Mãe essa aqui é Megan - sorrio

-Ela é linda meu filho - ela fala sorrindo para mim - prazer querida sou Jaspeon Green mas pode me chamar de Jay - ela fala abraçando a Megan 

-Prazer - Megan sorri sem graça 

-Pai - seguro a mão de Megan e a levo até a sala onde meu pai tá sentado - essa aqui é Megan de que falei mais cedo 

-Oi menina - meu pai sorri e estica as mãos

-Oi Sr. Green - Megan fala toda meiga e aperta a mão dele

Meu pai talvez tenha ficado surpreso porque nenhuma namorada minha nunca chamou ele de Sr. Green.

-A comida já está na mesa - minha mãe fala da cozinha 

Empurro a cadeira de rodas do meu pai até lá enquanto Megan nos segue. 

O clima estava estranho o papo era meio curto e sem animo. 

-Filho - meu pai começa - a empresa fechou quantos contratos esse mês? 

-Não lembro de cabeça - falo tentando me lembrar 

-8 contratos e dois patrocinadores - Megan fala dando uma garfada 

-Ela é inteligente - minha mãe sussurra para mim 

-Você conhece a empresa, Srta. Foster? - meu pai fala interessado 

-Sim - respondo pela Megan 

-Como se conheceram? - meu pai larga o garfo na mesa 

Fudeu meus amigos. 

-Ela é minha secretária - falo sério 

-Ele só pode estar brincando né Jay - meu pai começa a rir forçadamente - secretaria onde já se viu? 

-Ele está falando sério - Megan fala firme 

-Meu filho - meu pai para de rir e olha sério - você está dizendo que a futura Sra. Green é uma secretaria?

-Não vi problema - falo comendo 

-Só rindo mesmo - meu pai fala - achei ótima a piada 

-Não vi graça Sr. Green - Megan se levanta - vou deixar vocês terminarem de jantar sem a secretaria 

-Megan? - falo antes que ela saia pela porta

-Deixa ela ir meu filho - meu pai fala rindo 

-Você é um merda - falo me levantando e indo atras dela 

Ela estava saindo pelo portão e indo para calçada. Corro um pouco e consigo alcançá-la. 

-Megan - puxo ela pelo braço 

-Deixa eu ir pra casa - ela tenta sorri e limpa uma lágrima 

-Deixa eu te levar pelo menos - sorrio 

-Eu tô bem - ela fica na ponta do pé e da um beijo na minha testa - nos vemos segunda ok? - ela fala com a voz trêmula 

-Você vai ficar bem? - falo preocupado 

-Só preciso de um tempo pra pensar - ela sorri 

-Tudo bem - dou um beijo em sua testa em retribuição e coloco dentro do táxi que acabou de chegar


Notas Finais


Perdão pelo capítulo curto de novo mas talvez eu consiga postar outro hoje haha
Quero dizer para vocês prepararem os corações porque nos próximos capítulos só vem treta 🌸❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...