História Chimamire no ai - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Madara Uchiha, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara
Tags Itachi, Naruto, Sasuke, Tortura
Visualizações 7
Palavras 2.383
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olaaa ;-;

Capítulo 3 - Cap 3


             Acordo com o som do chuveiro ligado e percebo que adormeci no quarto do meu irmão, me sento na cama ainda com os olhos embaçados, fazia muito tempo que isso não acontecia me senti bem com isso afinal eu amava dormir aqui quando criança, olho para o relógio e vejo que ainda eram oito e meia... Ouço o chuveiro sendo desligado e após alguns minutos meu irmão sai de lá com uma calça jeans azul escura descalço, sem camisa, com a toalha no ombro e a escova de dentes na boca, me perguntei a onde ele iria tão cedo. 

 — Bom dia irmãzinha — ele diz jogando a toalha molhada em cima de mim, e voltando ao banheiro para enxaguar a boca 

 — Está molhada! — era de manhã mais ainda estava frio 

— Eu sei, foi por isso que joguei em você — ele fala voltando ao quarto rindo, até que jogo a toalha nele, ele a retira de seu rosto e vem pra cima de mim começando a fazer cocegas! 

— Pare! Suas mãos estão geladas!! — falo entre gargalhadas quase sem ar 

 — Ok mais só paro porque tenho que sair — ele diz saindo de cima de mim ainda com um sorriso brincalhão no rosto 

 — Aonde você vai? Pensei que iríamos buscá-los no aeroporto 

 — O papai me pediu pra resolver uma coisa, mas devo voltar a tempo, as três horas esteja pronta que venho te pegar pra irmos buscá-los — ele diz pegando uma camisa no armário

 — Resolver oque? — pergunto curiosa 

 — Ainda não sei, ele não me disse nada — ele fala vestindo a camisa e passando perfume — me empresta o meu casaco

 — Oh, claro — não tinha percebido mas ainda estava vestindo o casaco dele

 — Obrigado — ele o veste e começa a calçar o tênis — bom estou de saída, não esqueça três horas

 — Claro que não vou me esquecer — ele da um sorriso gentil e me dá um beijo na bochecha

 — Até — ele diz se retirando do quarto, logo depois me levanto e saio do quarto , caminho pelo corredor até chegar a janela onde o vejo entrando no carro e saindo

 Vou ate meu quarto e já entro no banheiro pra tomar um banho bem quente, sinto a agua relaxando meu corpo, com uma sensação maravilhosa... Logo após sair do banho olho para o relógio, eram 09:10, ainda está cedo escolho uma roupa pra vestir uma blusa abotoada azul com branco e um short jeans azul escuro, junto com um all star preto cobrindo o calcanhar, logo depois penteio meu cabelo que não tinha molhado no banho passo perfume e desço pra tomar café 

— Feliz aniversário Selene Chan — Naomi diz no pé da escada — já estava indo te chamar pra comer alguma coisa  

— Obrigada Naomi — falo meio sem jeito —

 Não tem de quer, hoje é um dia especial — ela fala sorrindo — a decoração já está pronta, o jardim está lindo mal posso esperar

 — Ei? Porque está chorando? — Naomi começa a chorar enquanto falava

— Vocês dois... cresceram tão rápido... — ela me dá um abraço apertado, entendo o porque dela estar assim... Ela nunca teve filhos e cuidava de nós dois dês de crianças — desculpe... 

— Oque? Não precisa se desculpar — digo dando um outro abraço nela, que dá um grande sorriso — você é como minha segunda mãe 

 — Obrigada! — ela diz enxugando as lágrimas — a festa será as oito horas, se você quiser eu te ajudo a se arrumar 

 — Obrigado, quero sim — digo dando um sorriso — você chegou a falar com meu irmão? 

— Claro, mais não tomei muito tempo dele, seu pai o mandou ir ao escritório e como sempre seu irmão já estava atrasado — (grande novidade) 

 — Por isso ele saiu tão rápido... Você sabe o motivo do meu pai o ter chamado assim? 

 — Não ele não disse o motivo 

Caminhamos em direção a cozinha, e eu já sentia o cheiro bom que vinha de lá me sento no balcão e vejo um prato lindo de ovos com bacon, acompanhados de uma xícara de café, começo a comer e conversa com os outros empregados da casa, eles sempre foram muito gentis conosco e cozinheira era maravilhosa!

 Sempre fazendo aqueles pratos deliciosos, ela já era de idade mais estava sempre cheia de energia. Termino de comer volto para meu quarto a procura do meu celular, vejo as horas 10:05... Vi que ainda tinha muito tempo então decidi ler um livro, olhando na estante do meu quarto vejo várias opções, ainda faltavam três livros para eu ler depois de um tempo indecisa decidi ler “A caixa de pássaros” um livro que já aviam me recomendado mais nunca tinha tido a iniciativa de ler, desço as escadas e vou diretamente para o jardim, me deito em baixo de uma cerejeira e começo a ler... 

 — Selene Sama — ouço alguém me chamando e me tirando do transe era o mordomo do meu pai — seu irmão ligou e disse que já está chegando, pediu para o esperar na porta 

— Mais já? Que horas são — já são três horas? Nem vi o tempo passar 

 — São 01:20, parece que o voo de seus primos foi antecipado, e eles chegaram 01:30 

 — Nossa, de certo modo foi até bom — digo sorrindo e me levanto para ir até o portão 

 — A senhorita quer que eu guarde o livro — ele pergunta estendendo a mão para que eu o entregasse 

 — Sim obrigada, se puder ponha em cima da minha cama — digo e vou correndo para portão Quando chego lá meu irmão chega quase ao mesmo tempo espero o portão abrir e entro no carro

 — Estava ansioso para velos faz tanto tampo — diz meu irmão já saindo com o carro 

 — Eu também, faz muito tempo — Pois é... Mais queria que a Nyssa pudesse vir também — meu irmão diz com um olhar triste,

 Ela era nossa melhor amiga, estudamos juntos por um tempo mesmo ela sendo um ano mais nova que a gente, ela era um gênio! Pulou várias vezes de série e atualmente ela já se formou na faculdade de programação, e ajuda seu pai adotivo no trabalho...

Ele é um detetive bem famoso, e por um acaso acabou a salvando e adotando.

 — Eu sei mais ela ainda não voltou do último trabalho, talvez demore um pouco mais — eu realmente queria que ela estivesse aqui, afinal ela é minha melhor amiga...

 Sempre me ajudou em tudo, sempre me ouvia quando precisava e as vezes me protegia de algumas coisas

 — Eu sei mais... — meu irmão a ama muito, não só como amiga...

 E ela também o ama, mas por causa de alguns traumas que sofreu na infância ela tem medo de se relacionar com alguém... Mas de uns tempos pra cá o amor que meu irmão sente por ela está ajudando ela a superar, e eu realmente estou torcendo por eles 

 — Não se preocupe — digo sorrindo, o que ela tem de inteligente ela tem de habilidade em combate, e além de saber usar muito bem armas brancas e de fogo, ela é um gênio em estratégias e está sempre por cima — não deixe aquela carinha de nerd te enganar de novo, você conhece as habilidades dela, ela vai ficar bem

 — Você tem razão... Mas você sabe como eu sou — ele diz com um leve sorriso, as vezes eu digo isso pra tentar acalma-lo um pouco mais estou tão preocupada quanto ele mesmo sabendo que ela vai ficar bem

 — Já estamos chegando — digo vendo a entrada do aeroporto 

Meu irmão estacionou na entrada, procuramos eles mais parecia que ainda não tinham chegado ainda, depois de esperar um pouco descido ir atrás deles mas logo escuto uma voz nos chamando 

 — Eii! Akyla kun Selene Chan! — ouço a voz de Hanabi nos chamando do outro lado da rua, e lá estavam eles nosso tio Hiashi Hyuga e nossos primos Neji, Hinata e Hanabi Hyuga Nós entramos no carro e demos a volta até chegar do outro lado, saímos do carro e abraçamos todos eles, finalmente chegaram! Guardamos as malas no porta malas e todos entramos no carro. 

— A vagem foi boa? — meu irmão pergunta saindo com o carro 

 — Foi muito divertida! — Hanabi diz animada 

— Como pode ter tanta energia depois de uma viagem tão longa? — Neji pergunta com Hanabi quase pulando no banco energizada 

 — Não estou velha como você, que fica cansado com qualquer coisa — ela diz brincalhona, todos riram da situação 

— Akyla poderia me deixar no escritório de seu pai, ele me pediu que passasse lá 

 — Sim tio — Hiashi e meu pai eram irmãos mais meu pai era só um ano mais novo

 — Hinata como anda o noivado? 

— Muito bem, nós já marcamos o casamento — ela diz com aquele sorriso de sempre 

 — E como vai o Naruto, ele disse que não podia vir — meu irmão pergunta meio triste afinal eles eram muito amigos, quase todos os nossos amigos moram no Japão mas nossos pais se mudaram pros estados unidos a muito tempo, por isso quase todos eles não puderam vir, eu realmente sinto saudades e um dia vou visitá-los

 — Ele está bem, começou a trabalhar numa filial da empresa a algumas semanas — meu pai é dono de uma empresa multinacional, a matriz ficava aqui nos EUA e tinham muitas filiais espalhadas por todo mundo principalmente no Japão 

Depois de um tempo conversando nós chegamos no prédio da empresa meu tio desceu e nós fomo direto pra casa já eram 02:10 quando chegamos, os ajudamos com as malas até os quartos de hospedes, onde tomaram um banho bem longo, logo depois passamos a tarde toda conversando, faziam anos que não nos vimos e tínhamos muita coisa pra por em dia, nos lembramos de brincadeiras que fizemos quando crianças afinal éramos um grupo grande de pirralhos encrenqueiros.

 Quando olho no relógio já eram 05:00, todos foram se preparar para a festa, subimos para os quartos para nós arrumar, Naomi já estava lá me esperando 

 — Antes de descer queria te mostrar uma coisa — meu irmão diz indo em direção a seu quarto 

 — Ok eu também 

 Logo após responder entro em meu quarto onde começo a me arrumar, eu não sou muito vaidosa... Na verdade nem um pouco, mais Naomi insistiu para que eu passasse só um pouco de maquiagem, que não gosto muito 

Coloco um vestido tomara que caia azul escuro até o joelho com alguns detalhes em branco, não sou muito fã de salto alto, então coloquei um all star também azul escuro cano alto, sim vou usar vestido com tênis... Porque? Porque me sinto mais confortável, e me dá uma liberdade de movimento maior não me importo se eles vão achar feio ou sei lá oque! O que importa é que vou usando uma coisa que gosto. Meu pai provavelmente vai odiar mas esse é nosso aniversário de dezoito anos, acho que já posso escolher o que vou vestir, logo depois Naomi arruma meu cabelo, eu preferi não fazer uma coisa muito chamativa, então ela apenas arrumou minha franja, que já era bem grande pra ser chamada se franja, colocando um broche lindo para poder segura-la pro lado, como meu cabelo é muito liso e acabou sendo meio difícil mas demos um jeito, logo que Naomi terminou ouço alguém bater na porta

 — Entre — Oi somos nós — Hinata e Hanabi entram no quarto elas estavam lindas Hinata usava um vestido roxo escuro com lindos detalhes brancos e Hanabi um vestido amarelo que realmente combina com ela, ambas usavam saltos pretos

 — FELIZ ANIVERSÁRIO! — Elas dizem ao mesmo tempo 

 — Obrigada! — digo um pouco envergonhada 

 — Você está tão linda — Hanabi diz com uma carinha fofa

 — Realmente está, esse vestido é sua cara e ficou bonito com esse tênis 

— Hinata diz me olhando com um sorriso

 — Obrigada meninas — digo um pouco sem graça 

— Vocês também estão lindas!

  — Cuidado irmãzona — diz Hanabi brincalhona — o Naruto é um pouco ciumento 

Ela diz e todas rimos, só faltavam dês minutos pras oito, as meninas descem na frente junto com Neji pra cumprimentar alguns amigos, olho pela janela e vejo que está lotado de gente lá em baixo! Meu irmão vai conhecer metade da cidade hoje... meu pai não vai deixa-lo em paz nem por um segundo, e provavelmente Fugaku não deixará Itachi também, dou um suspiro e me preparo pra descer, mas antes vou falar com meu irmão saio do quarto ao mesmo tempo que ele 

 — Feliz aniversário — nós dois dizemos ao mesmo tempo, e nós abraçamos 

 — Eu comprei um presente pra você — dizemos ao mesmo tempo novamente, rimos e trocamos pequenas embalagens 

 — Obrigado... É linda — abro minha caixa e vejo uma pulseira com flocos de neve decorados com lindas pedras — você é Itachi tivermos quase a mesma ideia

 — É que nós dois te conhecemos bem — ele diz abrindo a embalagem que eu o dei com um sorriso gentil — nossa, obrigada!  

— Sabia que ia gostar — digo o abraçando, era um pingente de escudo com duas  a asas dentro uma branca e uma azul, ele retribui o abraço — bom temos que descer, já devem estar nos esperando    

— Tem razão — ele diz e agarro seu braço para decermos juntos 

    A decoração estava linda! Tanto dentro quanto fora do casa, o jardim estava maravilhoso bem iluminado é bem decorado, uma música agradável tocava enquanto todos conversavam e comiam, haviam muitos conhecidos e alguns parentes, e muita gente que eu nunca tinha visto na vida, provavelmente alguns repórters e empresários conhecidos de meu pai

— Está tudo muito bonito não é? — pergunto olhando meu irmão 

— Sim está — ele diz com um olhar alegre

Algumas pessoas nos paravam para nos parabenizar, enquanto conversávamos com alguns convidados nosso pai nos chama

— Akyla Selene! Venham aqui quero lhes apresentar algumas pessoas.  


Notas Finais


Obrigada por ler ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...