História Chingu - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bts, Colegial, Drama
Exibições 96
Palavras 1.452
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Consegui finalmente fazer um capitulo decente! Boa leitura!

Capítulo 13 - New friends


Fanfic / Fanfiction Chingu - Capítulo 13 - New friends

Domingo 23h45min

 

Eu e Joon não fizemos nada demais no fim de semana, fomos ao mercado, limpamos juntos a casa  –que alias bagunçamos mais do que arrumamos – fomos ao parque e tomamos sorvete, passeamos com a Yumi, apenas. Passou rápido... E uma bendita segunda-feira se aproxima, enquanto isso não acontece, irei tirar um cochilo.

~TRIM TRIM TRIM TRIM~

Aquele mesmo som maldito se repetia um atrás do outro, cruzes. Estendi o braço e peguei meu celular. 06h12min! Droga! Lembrei-me que estava assistindo um desenho qualquer com Joon no chão e adormeci. Seus brinquedos e quebra-cabeças estavam espalhados por toda a parte. Catei-os o mais rápido que consegui e coloquei tudo em cima do outro sofá, já que Joon estava deitado dormindo em um deles.

-Joon, levanta, vá se trocar. –digo agachada pegando duas pecinhas do seu quebra-cabeça.

-Já é hora de ir para escola? –diz sentando-se no sofá e esfregando seus olhos.

-Sim.

Ele vai caminhando calmamente até o 2° andar. Tomei banho, fiz um coque, coloquei o uniforme. Estava pronta. Desci as escadas e Joon estava comendo um pacote de bolacha e tomando suco. Fui então dar ração a Yumi.

-Está pronto?

-Sim. –da uma ultima golada de suco.

-E a sua mochila? –ele arregala os olhos.

-É mesmo! Vou pegar! –sobe as escadas correndo.

-Não suba tão depressa! Ira acabar caindo! –repreendo-o.

 

 

-Eai pessoal. –digo chegando perto dos meninos, no corredor.

-Bom dia! –todos, inclusive Taehyung e Yoongi.

-Bom dia.

Entro na sala de aula e sento-me no lugar que até quinta-feira passada era meu. E todos começam a entrar e sentar nos seus devidos lugares.

-Tenho um recado da diretora para dar a vocês. –a professora diz olhando cada aluno.

Boa coisa não é... Alguns cochichos tomaram conta do local.

-Silencio, por favor. É pra todos se dirigirem até o pátio. –todos se levantam.

Ela só nos chamava assim quando era pra dar recados importantes.

Uma aglomeração de alunos completou o pátio, garotos e garotas de todas as salas estavam lá. Jimin chegou se espremendo e parou ao meu lado, colocando seu braço em meu ombro.

-Não precisa humilhar também né, não sou apoio Jiminnie! –reclamo.

-Ok baixinha. –sorri.

-Você... –Jimin.

-ATENÇÃO! –a diretora ‘grita’ e todos se calam, e ela prossegue –Temos um novo inspetor.

Um homem com cara de taxo entra e mantém postura, na esperança de nos ‘intimidar’ ou algo do tipo. Mas achei graça pela cara dele, ele tinha cara daqueles que fala fala mas não morde.

-Este aqui é Jun Hee Pyo, ele irá tomar conta dos corredores, campus e salas de aula. E se ver alguém perambulando ou fazendo algo que não era para estar fazendo, ira me comunicar, e saiba que sua nota também será reduzida dependendo do que ele (o inspetor) me falar.

-Só falta ele entrar no banheiro para ver o que estamos fazendo. –Jimin tira sarro e damos risada.

-Fui clara?! –diretora.

-SIM! –coro.

-Quem não for do segundo ano, por favor, se retirar imediatamente.

O pátio se esvazia por completo, apenas restando minha sala e mais outra.

-Como o segundo ano anda se comportando, resolvi presenteá-los com uma excursão. Ira ser um acampamento, perto de um lago e com arvores. Por isso, não façam besteira, o inspetor irá ir junto para me manter informada, se acontecer qualquer gracinha, a mínima que for, irão voltar imediatamente e a sala inteira irá pagar pelo pecado de um. Essa excursão irá durar uma semana, sem ser na quarta que vem, na outra. Qualquer duvida sobre horários se dirijam aos professores, eles já estão informados de tudo, sem mais delongas, voltem à aula.

Eu e Jimin fomos conversando até chegar à sala.

-Nem acredito que sairemos para tomar ar livre, mas com tantas regras já me desanimou. –Jimin diz feliz, depois entristece. 

-Realmente. Já pensou: “Não se sente ai, um ponto a menos por isso” “Ah, mais por quê?!” “Porque não era à hora de sentar”. –eu tento imitar a suposta voz do inspetor e caímos na risada.

-Atrapalho algo?

Assim que me viro o inspetor esta atrás da gente.

-Não. –Jimin diz com um sorriso nos lábios segurando a risada e eu estava prestes a estourar de tanto rir pela cara dele.

Entramos na sala apressadamente e nos sentamos. Jimin sentou-se atrás de mim.

-Acho que a escola irá virar um inferno com ele nos vigiando. –Jimin sussurra em minha orelha.

-Concordo. –sussurro de volta.

A aula passou rápido, afinal nós passamos quase uma aula e meia só no pátio. Peguei um sanduíche e um suco e sentei-me com os garotos.

-Mas você devia ir. –Jimin dizia.

-Eu não sei. Não gosto desse tipo de coisa. –Jungkook.

-Vai ser legal! –Hoseok disse animado.

-Eu não irei ir. Irá ter muitos pernilongos lá, fora que a gente não vai saborear comidas gostosas, lá não vai ter nem fogão! –Jin disse.

Eu apenas estava escutando, afinal, não tinha o que eu dizer.

-E você, vai? –Taehyung diz me olhando.

-Eu? –ele assentiu.

-Não sei, provavelmente não. –disse calmamente.

Acho que não iria, não posso deixar Joon sozinho em casa.

-Eu irei. –Yoongi disse.

-Aê finalmente alguém que não é frescurento! –Jimin bateu de leve nas costas de Yoongi.

Senti alguém me cutucando, virei e era uma menina loira com olhos cor de mel bem claro. Assim que os garotos perceberam a presença dela, pararam de falar no mesmo instante.

-Oi! –sorri –queria falar com você um segundo. –diz carismática.

Com certeza era engano, eu não sei por que, mas as garotas não gostavam de fazer amizade comigo, talvez porque eu não me preocupasse tanto com esses negócios de namoro, maquiagem e roupas. Mas eu não fazia questão de falar com elas também, acho que eu tenho os amigos que preciso.

Caminhamos para longe dos meninos e ela parou de andar, e eu parei também.

-É comigo mesmo que você quer falar? –digo desconfiada.

-Sim, eu percebi que você não tem muitas amigas, quer ser minha amiga? –empolgada.

É, eu definitivamente não tinha nenhuma amiga... Mas porque assim, do nada? É bizarro.

-Hm, ta? –eu não sabia o que ao certo eu deveria responder.

Ela correu e me abraçou, eu fiquei sem reação. Era ela linda, esbelta, tinha um corpo muito bonito perto do meu, porque iria querer fazer amizade comigo? Tantas garotas melhores pela escola...

-Hã, mas porque eu? –perguntei a afastando de mim.

-Porque você é linda! Não é que nem elas, acho que você seria minha verdadeira amiga! –os olhos dela brilhavam.

-A-Ah, então ta. –ela realmente estava me deixando sem graça.

-Além disso, moro na casa ao lado da sua! Acabei de me mudar para Busan! Para ser exata, cheguei a mais ou menos umas duas semanas na escola. Ando vendo, e não tem muitas pessoas pelas quais realmente valem à pena.

-Hm, bem-vinda.

-Seu irmão é um fofo! Ele é seu irmão né?!

Ela estava falando de Joon?

-É. –respondo ainda desconfiando dela.

-Relaxa, não sou nenhuma stalker ou coisa do tipo, estava saindo para ir ao mercado quando vi você e ele passeando com um cachorro.

-Então ta. –digo confusa.

-Posso ir para casa andando junto com você?

Normalmente eu vou de ônibus, não que seja longe, mas se ela insiste.

-Claro.

-Te vejo na porta da escola! Até logo! –ela realmente era um poço de carisma, o posto de mim.

Andava e ela continuava acenando para mim, dando tchau. Acenei uma vez para ela e sai correndo atrás dos meninos que estavam um pouco mais a frente.

-Parece que arranjou uma nova amiga. –Yoongi comentou.

-Não que seja da sua conta, mas acho que sim.

-Porque é tão grossa com o hyung? –Namjoon perguntou.

-Porque ele merece.

-E eu também mereço? –Jimin disse sorridente bagunçando meus cabelos.

-Você merece em dobro! Pare de bagunçar meus cabelos!! –resmungo.

-Como você é má! ADORO! –Hoseok disse rindo.

Percebi que Yoongi lançou um olhar mortal para Hoseok, que logo parou de rir.

-Calma hyung, eu estava brincando. –disse rindo sem graça dando batidinhas em seu ombro.

Eu estava morrendo de rir por dentro.

 

 

 

Era hora da saída quando encontrei a tal garota na porta da escola, que eu sequer sabia o nome. Jimin depositou um beijo em minha testa e foi embora, até estranhei, ele não costuma a fazer isso, ele faz isso raramente.

-Tchau. –Taehyung passou e entrelaçou nossos dedos.

-Tchau, cuide-se. –retirei minha mão rapidamente da sua sem graça.

Sinto alguém passar com tudo batendo em meu ombro, aquilo doeu!

-Ah, desculpe! –Yoongi passou com um sorriso irônico.

-Foi de propósito né? Babaca! –berrei, já que ele estava do outro lado da rua. 

-Vamos? –pergunto para a garota que apenas observava a cena já irritada.

-V-Vamos. 


Notas Finais


XOXO ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...