História Chocolate Fragrancy - Kaisoo- ABO - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai
Tags Abo, Chanbaek, Kaisoo
Visualizações 1.645
Palavras 535
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu não sei o que dizer, estamos com quase 200 favs e +3k de views.... EM MENOS DE UMA SEMANA COMO ASSIM?

MUIFTO OBRIFADA VOCES SAO FODA BIXHIN
desculpa to nervosa bsndkdndjdnxjdn
Annyeong, boa leitura 💕💕

Capítulo 11 - Did you used commons?


Fanfic / Fanfiction Chocolate Fragrancy - Kaisoo- ABO - Capítulo 11 - Did you used commons?

Os quatro garotos ainda estavam sentados na mesa da cantina, Jongin ria disfarçadamente dos olhares que Baekhyun e Chanyeol mandavam, enquanto KyungSoo tinha a face enterrada pelas mãos.

Ele nunca pensou que ficaria com raiva do amigo, mas naquela manhã estava. E não era pouca. 

Depois de longos cinco minutos, apenas se encarando, Baekhyun decidiu começar uma conversa normal com os amigos. 

— Hn... O que vocês fizeram enquanto eu estava fora? — olhou principalmente para kyungsoo e Jongin, que quase arrancaram-lhe a cabeça apenas com o olhar. Baekhyun riu sendo acompanhado por Chanyeol. — O quê? Tô falando sério.

— Vão. Se. Foder! — Kyungsoo falou com o amigo. O moreno estava levemente alterado e Jongin achou extremamente fofo.

— Nah, já fizemos isso. — Chanyeol falou olhando Kyungsoo e sorriu de lado, passando o braço por cima dos ombros do loiro.

— O quê!? — Kyungsoo perguntou incrédulo. 

— O quê, o que? — perguntou Baekhyun confuso e corado.

— Como assim "já fizemos"? — O moreno perguntou. — O que eu perdi?

— Ahn... N-nada! — Baekhyun gaguejou e Jongin abriu um sorriso sujestivo, com direito a sobrancelhas arqueadas. — Não me olha assim! — falou o loiro olhando o de cabelos castanhos e logo em seguida escondendo o rosto na curva do pescoço do de fios colorido ao seu lado.

— Hmm... — Kyungsoo entrou na brincadeira. Era bom estar por cima da situação. — Quer dizer que os senhores passaram o cio juntos uh? — Kyung tinha um sorriso perverso. — Usaram preservativos? — Chanyeol corou violentamente.

Baekhyun ergueu a cabeça, estranhando o silêncio do colorido. O clima, que antes era amigável, agora estava levemente tenso. Olhou fixamente nos olhos de Chanyeol que tinham suas pupilas castanhas contraídas, e logo seus próprios olhos foram aumentando de tamanho. 

— C-Chany? — Baekhyun perguntou. Sentia sua respiração falha e os olhos ardendo. — Responde! — pediu.

— E-Eu... — olhou desesperado para o de cabelos louros. Estava tão assustado quanto o ômega. Jongin e Kyungsoo assistiam tudo atentamente. 

Por um lado Kyung estava se sentindo feliz, mas por outro, D.O sentia-se muito mal pelo amigo. Afinal, deve ser barra saber que, a primeira vez que passa o cio com um alfa legítimo causou-se uma possível gravidez.

— Como assim não sabe? — Baekhyun gritou, chamando atenção dos outros estudantes que estavam ali. — Foi você que... Você que... — pensou duas vezes antes de falar aquelas palavras. Afinal, apesar de tudo, ainda era o protótipo de um ômega fofo e recatado. Ou como sua mãe dizia: "um ômega do lar".

— Eu só... — Chanyeol franziu o cenho. — Eu não lembro de ter usado. — falou baixo abaixando a cabeça em seguida. — Desculpa Baekkie. — sua voz ameaçava que o colorido iria começar a chorar logo logo. 

Baek suspirou pesado segurando as lagrimas que estavam prestes a jorrar de seus olhos e abraçou o colorido.

— Channy, não chora. — falou com a voz quebrada. — Depois conversamos melhor, okay? — sugeriu e o mais velho assentiu balançando a cabeça levemente.

Kyungsoo levantou e sentou ao lado dos amigos. Os abraçando e deixando um beijo no topo da cabeça do louro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...