História Chocolate wings - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Lendas Urbanas
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Exibições 14
Palavras 1.278
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olaaaa mil desculpas pelo atraso (novamente) mas eu to passando por um bloqueio criativo, e eu tô focando em outra fic q eu to planejando então desculpa novamente mas o cap de hj vai ser curtindo

Bjs

Boa leitura🌼

Capítulo 13 - XI


[Luhan] – Espera aí, eu já volto – disse se levantando e indo em direção à sala

-Ok... – disse May confusa

[???] – Luhan! Quanto tempo seu viado?

[Luhan] – Pelo o que eu saiba o viado aqui é você

[???] – Cheiro de comida, quem cozinhou aqui?

[Luhan] – Duvida tanto assim de minhas habilidades culinárias?

[???] – Claro que sim, você é um péssimo cozinheiro

May conseguia escutar tudo, já que ‘eles’ estavam praticamente gritando

[Luhan] – Quer almoçar? Deve estar exausto

[???] – Sabe que eu não recuso comida

E ambos os garotos andaram até a cozinha, encontrando May comendo

[Luhan] – Sehun, essa é a Mayhan, Mayhan, esse é o Sehun

[Sehun] – Olá... Mayhan?

-Pode me chamar de May, prefiro que me chamem pelo apelido

[Sehun] – Oh, desculpe, May – disse rindo

-Tem algum apelido Sehun?

[Sehun] – O único que tenho é o que o rapaz aqui – disse apontando para Luhan – Me deu

-Posso te dar um apelido também?

[Sehun] – P-pode – disse ficando levemente corado

-Hm... Sehun... Hunnie... Sehunnie!

[Luhan] – Por que você não me dá um apelido também?

-Você não merece

[Sehun] – Vrá!

[Luhan] – Hello darkness my old friend...

-A verdade dói

[Sehun] – Luhan, e esse curativo aí? – disse apontando para o dedo do mais novo

[Luhan] – Cortei enquanto eu juntava alguns cacos de um copo que queb-

-Ele estava cortando cebolas.

[Sehun] – Sério? – risadas intensas – Cortando cebolas?

[Luhan] – Muito obrigada, Kim Mayhan – disse num tom irônico revirando os olhos

-Disponha Xiao Lu Han – respondeu no mesmo tom

[Sehun] – Você que cozinhou?

-Aham – disse terminando de comer

[Sehun] – Me sinto mais seguro, pelo menos sei que a comida não está envenenada – disse subindo as escadas e indo ao quarto de hospedes para deixar suas malas

[Luhan] – Cof cof, nunca se sabe cof cof

-Isso é inveja, só porque eu sei cozinhar e você não

[Luhan] – C-H-O-R-A

-Invejoso!

[Luhan] – Baixinha!

-Desastrado!

[Luhan] – Satansoo Júnior!

[Sehun] – Falou em treta já brotei – disse enquanto corria até a cozinha

-OLÁÁÁ VOCÊ QUE TA ASSISTINDO TRETA NEWS, ENTÃO VAMO DIRETOO PRAS NOTÍCIAS – May disse em português, fazendo com que os garotos não entendessem paçocas 

[Luhan] – What the fuck?

[Sehun] – What the fuck?

-Vocês tem que aprender a falar em português, eu hein

[Luhan] – Desculpa Queridinha, mas não é porque você sabe falar que temos a obrigação de saber falar português, você tem que aprender a falar em chinês isso sim, ia facilitar a minha vida 

-Não é só porque você fala chinês que eu tenho que saber falar também

[Sehun] – Vrá


-x-


~ Já na Segunda-feira ~

May pov on

O barulho dos pingos de chuva que entravam rasteiramente e com muita dificuldade pelas frestas da janela do meu quarto anunciava que já era hora de acordar e criar coragem para encarar o segundo dia de aula.

Hoje é aquele dia que você não tá a fim de fazer absolutamente nada, e ficar em casa o dia todo, comendo besteiras e assistindo suas séries favoritas escutando o som que a chuva faz quando toca o chão.

Exatamente.

Chuva.

Os dias chuvosos parecem tristes, depressivos, algumas pessoas aproveitam a chuva para criar desculpas para faltar ao trabalho, escola, ou até mesmo ao médico.

Mas não eu.

Acordei um pouco animada, devido ao barulho a chuva que soa como música para meus ouvidos. Dias chuvosos são meus favoritos, não só porque podemos ficar enrolados nos cobertores enquanto olhamos algum filme legal, ou quando sua mãe faz chocolate quente com chantilly e quando você bebe, se forma um bigode branco, e você fica parecido com o Papai Noel, mas por que Kai fica na escola e não fica enchendo meu saco o dia todo.

A história é a seguinte: Kai participa do clube de basquete, e quando o dia acaba por ser chuvoso, o treinador insiste em reforçar os treinos, já que uma das quadras é coberta, depois da aula Kai fica jogando basquete junto de seus colegas de clube.

Pude perceber que o dia ia ser bem frio ao simples toque que meus pés fizeram no chão, me arrepiei com aquela sensação, que fez com que eu corresse até o guarda-roupa procurando uma roupa quentinha para suprir minha necessidade de ficar com minha temperatura corporal no controle, até porque acho que sou a única pessoa que faz de tudo para não faltas às aulas 

Coloquei uma calça jeans, uma bota preta, e um blusão de lã preto e fui para o banheiro fazer minhas higienes matinais

Milagrosamente Kai já estava de pé, e tomando um café da manhã bem reforçado, já que agora os treinos iriam retomar a rotina meio pesada de sempre, mas com um detalhe, não havia ninguém além de nós e David naquela casa. 

Sei disso porque sempre que eu acordo faço um tour pela casa, pra ver se ninguém indesejado está nela, e se você pensou em alguém em especial, eu posso lhe dizer com toda a empolgação do mundo e com a voz do Silvio Santos: ‘Por R$500,00 uma letra’ ‘Hmm... Letra Chen’ ‘Letra Chen, será que tem a letra Chen? PARABÉNS VOCÊ GANHOU O RODE A TROUXA JEQUITI ~ musiquinha de fundo brega ~

Até porque já dizia o grande pensador contemporâneo Zu3rvalho: É melhor prevenir do que remediar

(N/A: ~ Referência ~)

Finalmente chegadas exatas 06h50min, hora de ir para o hospício mais chamado pela sociedade de escola.

//~~ Quebra de tempo ~~//

A escola estava meio vazia se comparada ao primeiro dia de aula, e a chuva já tinha parado, dava tempo de chegar à escola antes da chuva começar de novo. A maioria dos alunos - que estavam na escola - estava com aquela cara amassada que você fica quando recém acorda e tem que vir pra aula mesmo com sono, e nesse grupinho Kai estava incluído.

Coloquei meus fones de ouvido e fui em direção ao bebedouro escutando Fantastic Baby e dançando mentalmente igual a uma lacraia desengonçada, e por incrível que pareça não achei Kisu, Mikki, Luhan e nem Kyungsoo pelo pátio, estranhei, mas dei de ombros e me sentei em um banco que ficava embaixo de uma cerejeira que havia no centro do pátio, aproveitando para dar uma atualizada nas redes sociais.

[Sra. Park] – Srta. Kim? – disse a diretora se aproximando e rapidamente tirei meus fones

[May] – Eu mesma. Há algum problema?

[Sra. Park] – Não se preocupe, não ocorreu nada, é que como a festa de inicio de ano do ano passado foi organizada por você e pelas outras turmas do 3º ano, pensei em repetir essa equipe de organização, só que em uma festa a fantasia, tudo bem pra você?

[May] – Sim, claro, eu adoraria!

[Sra. Park] – Ao invés de ter aulas de química e artes, você e as turmas do 3º ano vão organizar as coisas para a festa logo nesse primeiro período. Então não se esqueça, e avise quantas pessoas puder.

[May] – Ok Sra. Park – ela sorriu se retirando e eu voltei minha atenção ao meu celular

Sinto começar uma leve garoa, o que me faz correr para algum lugar que tenha um teto pelo menos, mas como sou desastrada pra caralho os créditos acabaram e a chuva se intensificou! Que maravilha!

Bufei e pude ver Sehun e Luhan entrando pelo portão dividindo o mesmo guarda-chuva, o guarda-chuva certamente era do Sehun, até porque ele é a única pessoa que eu conheço que andaria com um guarda-chuva rosa bebê escrito “Baby Boy”, se bem que, não duvidaria se aquele guarda-chuva fosse do Luhan também.

[Sehun] – Olha só se não é a minha cozinheira favorita! – disse se aproximando

-Hunnie! – disse dando um abraço no mesmo, que retribuiu o ato – Ah, oi Luhan

[Luhan] – Bom dia pra você também

-Vocês viram o pessoal lá fora? Digo a Mikki, e Kisu, o Lay e o Kyung?

[Sehun] – Não, nós não vimos ninguém que o Luhan reconhecesse... Inclusive quem são eles?

-São o resto das hienas que eu cuido, isso inclui o bonitão ali – disse apontando para Luhan – Vai estudar aqui também Sehun?

[Sehun] – Na realidade, vou fazer um curso de linguagens que essa escolha maravilhosa está oferecendo, e também porque a comida é ótima, de acordo com nossa pequena hiena Luhan.

-Você é comprado facilmente com comida, não é?

[Sehun] – Aham.



Notas Finais


Foi isso 🌼

Kisus de nutella com leite

Não disse qual tipo de leite

Pera q


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...