História Choices - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~izzy666

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bruxas, Lobos, Sobrenaturais Vampiros
Visualizações 5
Palavras 546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Científica, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais uma história só que essa é com minha mozona!

•Capítulo pequeno pois é o prólogo,o próximo será mais longo,prometo!

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Choices - Capítulo 1 - Prólogo

Eu e Liv,temos uma mania de sempre que estamos chateadas,vamos nos encontrar em uma praça perto das nossas casas,para andar de bicicleta pela cidade que conheciamos,tão bem.

Eu ouvia a ruiva que brigou com a mãe,enquanto pedalava.

- Eu,às vezes,não entendo ela.- Falou a ruiva que olhava para as pessoas que passeavam com seus animais de estimação naquele final de tarde,em plena sexta-feira.

- Você precisa esquecer um pouco desse assunto.- Declarei enquanto ria contra o vento que batia em meu rosto quando eu pedalava cada vez mais rápido,sem me importar se a ruiva me alcançava ou não.

Ouvi a rir e olhei para as casas que arrudiavam as ruas  de Palo Alto.

Suas cercas brancas faziam elas parecerem sempre uma família feliz,mas eu sabia que cercas brancas era uma proteção para os problemas que acontecem na própria família e na casa. 

Liv sempre teve uma relação boa com a mãe tudo desaba algum dia.

Igual ao casamento dos meus pais quando minha mãe  soube que meu pai traiu ela,com uma mulher anos mais jovem do que meu pai e minha mãe.

- Madison,promete você nunca vai me abandonar.- Falou Liv,me tirando dos meus pensamentos e a encarar com uma expressão confusa.- Dependendo das minhas escolhas,diz...- Murmurou tristemente,me fazendo rir baixo.

-Sua boba,eu nunca irei lhe abondonar,não importa suas escolhas.- Falei sorrindo,ela me olhou e sorriu também.

- Agora...Vamos fazer uma corrida até a floresta ?- A ruiva me encarou por um segundo,já sabendo a resposta.- Vamos em 3...2...- Ela foi interrompida pela minha exclamação de que,a "corrida" já começou.

Eu podia sentir toda adrenalina de pedalar em uma estrada que dava para a floresta,em uma alta velocidade que eu e Liv pedalavamos.

Estranhamente,toda aquela adrenalina me faz esquecer de todos os meus problemas.

Sorri enquanto sentia o vento bater comtra meu rosto,me causando um arrepio que toda a adrelina me fazia.

Meus cabelos batiam contra meu rosto,a cada curva que a estrada tinha e me trazia uma sensação incrível.

Ouvi a ruiva atrás de mim,gritar meu nome antes de soltar um grito de pavor que me fez perder o equilíbrio e cair contra o chão frio e duro de concreto.

Eu sentia meu joelho arder enquanto me levantava lentamente mas eu não importava, eu precisava achar minha melhor amiga que não estava mais com sua bicicleta atrás de mim.

Sentia minha visão ficar um pouco turva a cada vez que eu me aproximava da floresta nos arrudiava.

Entrei na floresta que parecia sombria mesmo estando no final da tarde,eu seguia perdida pela floresta que se mergulhou na escuridão quando a noite chegou.

Minha respiração descompassado,piorava minha situação.

- Liv!!- Dou um grito estridente,procurando a minha melhor e única amiga.

Eu não conseguia ver nada naquela escuridão,eu só ouvia o barulho dos meus passos,arrastados nas folhas secas no chão.

Liv,sempre foi mais calma do que eu mesmo com seus problemas com a família.

- Liv,onde você está !?- Gritei com o fio de voz que me restava,eu estava cansada e meu joelho estava escorrendo muito sangue,o que me fazia ficar um pouco tonta.

Sinto meu pé bater em alguma pedra que me faz cair para frente.

Gemi com o impacto do meu corpo com o chão.

Senti meu joelho ardendo e doendo ainda mais,além de sentir um líquido escorregando pela minha pele,mais uma vez.

Minha visão estava ficando mais turva e escura até que eu,fecho meu olhos e não vejo mais nada.





 



Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...