História CHOSEN (imagine Namjoon) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hot
Visualizações 178
Palavras 611
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem
Boa leitura

Capítulo 15 - Obrigado


Fanfic / Fanfiction CHOSEN (imagine Namjoon) - Capítulo 15 - Obrigado

- por que vi um anjo deitada ao meu lado.

Eu sorrio.

- como você está? Por que fez aquilo?

- eu,eu...- ele fica queto - não mereço viver,como você disse sou um monstro me desculpe.

- ei eu não deveria ter falado aquilo me perdoa,eu não queria que isso acontecesse - digo o abraçando,ele fica meio distante mais logo retribui.

-por que tá fazendo isso? Por que não me deixou morrer e assim seria livre.

- Namjoon,quer dizer senhor Kim você é humano eu não deixaria você morrer e sairia por aí sorrindo e vivendo minha vida normalmente como se nada disso tivesse acontecido.

- e por que tá cuidando de mim,por que me abraçou ?

- eu,eu não sei apenas fiz,e o médico disse que alguém teria que cuidar de você e eu me responsabilizei. Então cuidarei.

- obrigado,por tá fazendo isso, ninguém nunca cuidou ou me abraçou além de meu irmão.

- senhor Kim - ele me interrompe

- pode me chamar de Namjoon.

- okay, Namjoon mais e seus pais?

- prefiro não falar - ele diz abaixando a cabeça.

- fale, é ruim guardar as coisas ruins para nós as vezes tudo que precisamos é desabafar com alguém.

- okay mais prometo que não vai contar para ninguém.

- prometo.

- minha mãe era uma prostituta e meu pai um alcoólatra drogado,meu irmão saiu de casa com 16 anos e me deixou lá sozinho mais sempre ia me ver nos finais de semana. Meu pai espancava minha mãe na minha frente quando eu tinha três anos de idade e as vezes ele me batia também é quando ele não batia,ela batia sem eu fazer nada apenas para descontar as raiva deles em mim. Eles bebiam e fumavam na minha frente e as vezes minha mãe levava homens lá pra casa e eles transavam na minha frente,um dia ela levou um cara lá em casa e ele falou que queria eu, então ela disse que era mais caro e ele falou tudo bem. Ela então me chamou e eu tinha 7 anos já ela me segurou e - ele começa a chorar - tirou minha roupa e assim me estrupou... então meu pai descobriu e falou que a culpa era minha ele estava completamente chapados ele pegou uma faca e esfaqueou ela na minha frente e logo depois me espancou até eu desmaiar,eu acordei no hospital fiquei quase um mês lá e meu irmão sempre tava lá comigo então ele cuidou de mim por um ano e seu pai o matou me deixando sozinho na rua passei,frio,fome e tudo mais... até que um dia quando eu tinha 10 anos um cara parou em minha frente e me perguntou cadê meus pais falei que tava sozinho e ele me colocou em um carro me levou pra sua casa,ele me ensinou a mexer com armas,eu com 15 anos,ele levava prostitutas para mim e as vezes depois de usá-la eu a matava,já bebia e fumava,mais ele também morreu. - ele se acabou em lágrimas e eu chorei junto,isso era horrível ele era apenas uma criança inocente. O abracei e fiquei assim até ele conseguir para de chorar.

- obrigado. - ele diz limpando as lágrimas

- pelo que?

- por tirar um peso das minhas costas e me ouvir, não me julgue por favor eu não queria isso,eu era apenas uma criança que sonhava em ter uma família normal e ser um grande empresário como eu via na TV,mais agora sei que isso nunca acontecerá.

- não vou julgar,e não fale nunca isso um dia ainda pode acontecer, você é do bem mais a vida te deixou assim,mais você pode mudar por você. - eu o ajudo a limpar suas lágrimas.

Ele estava diferente, não parecia o mesmo homem de antes.


Notas Finais


Desculpem os erros
Obrigado por ler ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...