História Christmas - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren, Camreng!p
Exibições 800
Palavras 1.172
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Reminds me someone


 Eu estava um pouco envergonhada por toda aquela situação, eu não conhecia nenhum deles mas todos estavam sendo tão receptivos comigo, carinhosos, e faziam questão de não me excluir durante a ceia, eu estava me sentindo bem, depois de muito tempo. Mike estava me tratando como uma filha mesmo, eu sentia falta de um tratamento paterno, de um olhar de carinho, de um sorriso carinhoso. Clara me deixava um pouco incomodada, ela me olhava com um olhar diferente, como se fosse admiração, ou assustada, eu não estava entendendo direito. Chris e Taylor eram os mais brincalhões, sempre fazendo piadas e eu estava rindo como a muito tempo não fazia. Lauren era uma incógnita para mim, ela me olhava com uma intensidade assustadora, às vezes ela sorria de lado quando eu a pegava me olhando, eu estava ficando muito nervosa com toda essa atenção sobre mim, eu não sabia o que era, mas tinha algo nos seus olhos que me deixavam ansiosa. 

 Quando terminamos de comer, eu só queria tirar aquela saia porque minha barriga estava tão cheia, fazia muito tempo que eu não comia tão bem assim, e algo tão gostoso. Clara cozinhava maravilhosamente bem, eu poderia repetir várias vezes. 

"Vamos para a sala?" Mike perguntou para todos e eles assentiram, me limitei a me levantar junto com eles e ir um pouco mais atrás para a sala, eu ainda não conseguia saber como agir perto de todos.

"Vem pra cá, Camila." Taylor apontou para o sofá que sentou, caminhei até lá sentando do seu lado e em seguida Lauren sentou do meu outro lado. Respirei fundo sentindo um cheiro doce vindo dela, o perfume era muito bom.

"Quando vamos abrir os presentes em?" Chris perguntou ansioso. Ele parecia uma criança.

"Tudo bem, podem abrir." Clara revirou os olhos e eu ri vendo os três gritarem e correr até a árvore.

 Os três pegaram seus presentes e voltaram para a antiga posição, eu não sabia muito bem como agir, estava descolada. Comecei a mexer minhas mãos nos joelhos e realmente me distrai, eu estava começando a ficar com sono. 

"A BOLSA QUE EU QUERIA!" Taylor gritou me assustando e eu olhei para ela, ela olhava para a bolsa como se fosse a coisa mais preciosa do mundo, eu juro que seus olhos brilhavam. "Ah meu Deus, obrigada mãe!" Ela riu abraçando a bolsa.

"Hey! Eu que paguei." Mike disse indignado e eu ri para ele.

"Tá, obrigada pai." Ela brincou.

"Minhas calças de couro!" Chris levantou e começou a fazer uma dança engraçada, gargalhei junto com todos.

"Chris, agora você é um gay completo!" Lauren disse fingindo surpresa e ele deu a língua para ela.

"Abra o seu Laur." Clara sorriu.

 Olhei para Lauren que começava a abrir, ela perto eu consegui ver direito seu rosto, era tão delicado, seu nariz ela fino, suas sobrancelhas apesar de serem bem grossas combinavam direitinho com seu rosto, seus olhos eram o que mais me deixava impressionada, era um verde tão lindo, não me lembro de ter visto alguma cor parecida, parecia ser só... dela.

"Mãeeeee." Lauren choramingou ao ver o presente, eram dois colares, um maior e o outro menor. Um tinha o pingente de meia lua de prata e o outro de um sol também prata. "Obrigada." Ela sorriu para a Clara e eu sorri levemente, seu sorriso era tão fofo.

 Lauren olhou para mim e eu corei, ela deve ter percebido que eu a olhava igual uma boba. Voltei a olhar para frente e tentei controlar a vermelhidão do meu rosto. Eu deveria parar de corar tanto assim. 

"Você está cansada, querida?" Mike perguntou preocupado.

"Não, eu estou bem." Sorri fraco e ele assentiu. 

"Pai, nosso presente nós três compramos juntos." Taylor disse e eu percebi ela trocar olhares com os dois irmãos. "Nós compramos duas passagens para vocês ficarem uma semana no Havaí!" 

"O que?" Os dois gritaram juntos e eu arregalei os olhos. 

"Como vocês compraram isso? É muito caro!" Mike parecia desconfiado.

"Talvez a Lauren saiba a senha do seu cartão..." Chris tossiu olhando para cima.

"Meu cartão?" Ele olhou para Lauren e eu vi ela se encolher do meu lado, eu riria da sua reação se não estivesse me assustando com o olhar de Mike.

"Feliz Natal." Lauren falou fracamente.

"Querido, deixe isso para lá. Nós vamos para o Havaí!" Clara deu um gritinho animado e Lauren e Taylor soltaram um suspiro aliviado do meu lado.

 Passaram-se mais algumas horas até que Mike decidiu que era a hora de irmos dormir, eu não estava entendendo muito mas ele me pediu para dormir aqui nessa noite, eu fiquei um pouco relutante de aceitar, já tinha abusado tanto de já ter ficado para o jantar, mas ele estava irredutível então tive que ficar. 

"Lauren você se importa de dormir na sala hoje? Aí Camila pode dormir no seu quarto." 

"Não!" Arregalei os olhos. "Me desculpa, eu não quero tirar ninguém do seu conforto, eu não preciso ficar, vocês já fizeram muito por mim." Eu não deixaria ninguém sair do seu quarto, ainda mais para uma intrusa em sua casa.

"Hey, eu posso dormir no sofá." Lauren tentou me tranquilizar.

"Não, por favor, eu vou me sentir mal." Suspirei.

"Por que ela não dorme com a Lauren então? A cama dela é a única que é de casal mesmo." Taylor propôs e eu engoli em seco, não era uma boa ideia. Eu deveria ir embora.

"Você vai se sentir desconfortável?" Mike me olhou com cuidado, respirei fundo e olhei para Lauren, ela não demonstrava nada.

"Acho que Lauren ficará desconfortável." Sorri sem graça. "Mike, eu posso ir, não se preocupe comigo, eu já estou acostumada." 

"Camila." Senti meu braço arrepiar com o toque de Lauren no mesmo, mesmo em cima da blusa. "Podemos dividir a cama ok? Eu não ficarei bem em deixar você ir embora." Ela sussurrou, suspirei olhando para todos que me olhavam esperando minha decisão. 

"Tudo bem." Disse por fim, Mike sorriu. 

"Vá arrumar o quarto para receber Camila, pegue pijamas também. Os dois subam também." Clara mandou e os três subiram rapidamente. "Posso conversar com você?" Ela me olhou e eu assenti, supresa.

"C-Claro." Tentei sorrir, o que será que ela queria comigo? 

"Vou ir lá para cima." Mike disse e beijou o rosto de Clara, fez o mesmo comigo e eu sorri envergonhada, vendo-o subir para cima. 

"Sente." Ela apontou para o sofá e assim eu fiz, ela também sentou e se virou para mim. "Não quero ser indelicada, mas onde estão seus pais?" Ela parecia cuidadosa com o assunto.

"Eles morreram quando eu tinha dez anos." Sorri triste. Era um dos motivos que eu chorava mais cedo nessa noite, eu sentia tanta falta. 

"Não tem família por perto?" 

"Não que eu saiba, meus pais sempre foram muito afastados da família então eu não conheço quase ninguém, e quem eu conheço já se foi também." 

"Você me lembra muito alguém, me assusta tamanha semelhança." Ela sorriu, me olhando daquele jeito novamente.

"Quem?" Perguntei curiosa.

"Sinuhe Cabello." 


Notas Finais


De onde Clara conhece Sinu em? 🌚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...