História Chronos Connection ( Interativa ) - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Yonov

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Drama, Suspense
Visualizações 19
Palavras 645
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shounen, Super Power, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sorry a demora, mais ta ai a parte de mais uma personagem^^-Yugakure

Capítulo 3 - Os dias em que a realidade ficou de joelhos - Parte 2


Fanfic / Fanfiction Chronos Connection ( Interativa ) - Capítulo 3 - Os dias em que a realidade ficou de joelhos - Parte 2

"- Anomalias... Poderia explicar melhor o quê são professor?...
- Claro. -respondeu- Anomalias são fendas dimensionais, literalmente cortes no tecido do espaço-tempo, mais não se tem registro de algo assim acontecendo, nesse nosso pequeno planeta à tempos... Ao menos não naturalmente.
- E... Bem, o que aconteceria se, bom, digamos uma pessoa, o quê aconteceria se uma pessoa, por exemplo... tocasse em uma dessas anomalias?
- Bom...- Sorriu.- Vai saber... Diria que... Algo não muito agradavel."



Dia 21 de Junho de 2017...
Briana Flora Russell uma jovem universitaria acordara a pouco e já estava atrasada o que, não era comum para a mesma afinal, sempre foi muito bem organizada.
Aula, trabalho, estudar...
Eis a vida que ela levava atualmente, mais não se incomodava muito com isso, nunca foi de muitos amigos e nem de sair muito, sua timidez tinha parte atuante nisso... Mas, ela não se deixa abalar por coisas como essas.
Tambem não esquecia de reservar um tempo para ajudar, uma ou outra pessoa com problemas sobre sexualidade e essas coisas, isso pela internet, é claro.
" Não consigo encarar uma pessoa sequer nos olhos, sou um fracasso em falar em público e ainda tento ajudar pessoas... Talvez eu seja um pouco entranha..."
Ela fez toda sua higiene matinal e depois de um não tão demorado banho, se arrumou e saiu sem nem mesmo ter tempo para secar seus belos cachos negros.
Felizmente conseguiu chegar a tempo na universidade e para a aula, por isso não teve grandes problemas pelo atraso.
- Vamos lá...aula... Ótimo...- Suspirou a mesma, sentando-se.
Tudo correu bem e quando ela finalmente saiu das infindaveis aulas foi direto para o trabalho, trabalho esse que ela muito gostava, afinal, trabalhar em uma cafeteria para alguem que adora café é perfeito.
- Esta uns 2 minutos atrasada Bri.- Advertiu sorrindo meigamente uma das outras funcionarias da cafeteria e "amiga" de Briana.
- Sim...- Respondeu "Bri", com seu tom de voz sempre baixo, e balançando de leves seus cachos ainda úmidos.- Não sei o quê houve hoje... meu despertador não me acordou na hora, ele deve ter quebrado, porque estava atrasado umas 5 horas... Estranho né...?
- Sim, muito, quer dizer... não o despertador, mais sim você se atrasar srta.robô da organização!- Continuou a brincar a moça, era ruiva e uns anos mais jovem que Briana.
- ... Muito engraçado... Agora tenho de trabalhar, se me dá licença..

E mais uma vez tudo correu bem no trabalho como sempre... Ela atendeu um ou dois idosos que não enxergavam o cardapio, advertiu uma ou duas crianças mal criadas... O de sempre. E aconteceu mais algumas vezes algo que a estava incomodando e ja recorria varias vezes nesse dia atipico para a jovem, mais uma vez ela teve um deja-vú.
Hora da saída.
Caminhava lentamente ao sair da cafeteria e resolveu cortar caminho até em casa por uma estação de trem desativada, ela sempre fazia esse caminho, mais até por ali sentia deja-vús constantes...
" Deve ser normal... Minha rotina é quase sempre igual, como eu acordei mais tarde hoje e me atrasei talvez tenha bagunçado meu cerebro e por isso estou sentindo essa sensação estranha..."
Ela logo avistou uma coisa estranha na frente de um corrimão que junto a uma escada de concretro levav ate encima doa trilhos. Parecia um tipo de distoção do ar, daquelas que se vê em um asfalto quente ao longe, mais uma coisa não batia.
" Hoje esta bem frio... Como isso...?"
Briana se aproximou curiosa e ao mesmo tempo receosa, estava um pouco encantada pela beleza da distorção que era um pouco menor que ela.
Olhou por um minuto e como não sumiu ela resolveu tocar para sentir a sensação...
" É só um tipo de ilusão optica, não tem nada de mais aqui."
Ela estava errada. Um clarão foi tudo que viu e depois... escuridão.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! deixem suas respectivas opiniões^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...