História Cigarro - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Kris Wu
Personagens D.O, Kris Wu
Tags Krisoo
Visualizações 16
Palavras 387
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


hey,
Sei que são muito poucas as pessoas que shippam krisoo, mas eu amo então decidi trazer uma drabble com esses dois.

Capítulo 1 - Fumaça nos pulmões


Yifan engasgou-se, desacostumado com a sensação que a fumaça lhe causava, faziam três longos anos desde a última vez que ele fumara.

Respirou fundo decidido a terminar de fumar pelo menos aquele cigarro, precisava disso, não da nicotina, mas precisava desesperadamente fazer algo de errado, não que fumar fosse errado, pelo menos não para si, mas era para Kyungsoo lembrava-se de como anos atrás prometera ao mesmo nunca mais deixar um cigarro tocar seus lábios.

“  –Não Yifan você não pode apenas escovar os dentes, e chupar uma bala. – O menor bradou                                                     cruzando os braços. – Não vou te beijar com gosto de cigarro. E além de tudo faz mal a saúde.

Yifan implorou, mas Kyungsoo se mostrara irredutível, cruzando os braços e franzindo o cenho com um bico chateado nos lábios, ignorando todas as tentativas do maior de persuadi-lo.

- Mas eu gosto de fumar Soo. - Reclamou o mais alto batendo o pé.

- Gosta mais do que gosta de me beijar? – Replicou o coreano já com uma expressão vitoriosa estampada em seu rosto.

- Soo... – o chinês queixou-se manhosamente parecendo uma criança com quase dois metros de altura.

O outro apenas erguera a sobrancelha, indicando que nada, nem ninguém no mundo o fariam mudar de ideia, Yfan apenas suspirou derrotado e assentiu com a cabeça sem querer rebaixar seu orgulho a ponto de concordar verbalmente.

- Prometa. – Wu o encarou incrédulo, devia saber que Kyungsoo não se convenceria apenas com um aceno.

- Prometo. – Deu de ombros, já nem sabia porque tentava sempre fazia o que Kyungsoo pedia.

- Sabe que não podemos descumprir nossas promessas, não sabe? – Perguntou repentinamente sério.

- Eu nunca descumpriria nada que te prometesse Do Kyungsoo.

- Eu sei – Abriu seu famoso sorriso em formato de coração que fazia com que ter cedido valesse a pena. – Eu também nunca descumprirei minhas promesas. “

Riu sozinho em escárnio, levando novamente o filtro aos lábios, era exatamente o que ele queria, descumprir alguma das promessas que fizera a Kyungsoo, afinal ele descumprira as promessas que fizera a Yifan, e como ele não podia deixar de ama-lo descumpriria algo estúpido como voltar a fumar mesmo que fizesse mal a sua saúde até porque nenhum cigarro lhe causaria mal como Kyungsoo lhe causara.

Tragou novamente, fumaça deixara de ser um incomodo, sorriu sem humor.

 

 

 

 


Notas Finais


espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...