História Cinco e Meia - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Mistério
Exibições 2
Palavras 952
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Sarah e Bella


Bella: o que houve? Encontraram o assassino da minha irmã?

Policial: não, ainda não, quero que você responda algumas perguntas para a policia procurar direito o assassino da sua irmã.

Bella: ok

Policial: você sabe se a sua irmã tinha algum inimigo ou inimiga?

Bella: não, ela era uma pessoa muito boa, nunca fez e nunca faria mal a ninguém.

Policial: você notou algo estranho na Nicole nos últimos dias

Bella: como assim?

Policial: o comportamento

Bella: não, ela estava como sempre foi.

Policial: você viu algo no assassino?

Bella: não, eu estava muito assustada e não deu para ver.

Policial: eu quero que você venha comigo ate o local que isso aconteceu

Bella: esta bem

Bella e o policial vão no carro da policia ate o local do crime.

CASA DE REBECCA:

Andy: oi filha, tudo bem?

Rebecca: tudo pai e você?

Andy: ótimo, eu preciso falar com você.

Rebecca: o que foi?

Andy: eu ouvi você falando com a Hilary ontem sobre vocês criar um grupo para descobrir quem são os responsáveis pelos crimes que está acontecendo em New Angels City.

Rebecca: pai você estava ouvindo a minha conversa?

Andy: eu sei meu amor, o que eu fiz foi errado mais eu quero te dizer que eu apoio você.

Rebecca: serio?

Andy: sim, mais não conte para a sua mãe, porque ela vai surta se souber.

Rebecca: obrigada pelo apoio, eu te amo.

Andy: eu também te amo, tome cuidado.

Rebeca: pode deixar, eu vou me cuidar.

Bella e o policial chegam ao local do crime, eles descem do carro.

Policial: você viu por onde o assassino correu?

Bella: foi para lá (apontando para a esquerda).

Policial: viu mais alguma coisa?

Bella: não

Policial: ok, eu vou te levar de volta para casa, e eu prometo que nós vamos fazer de tudo para encontrar o assassino da sua irmã.

O policial e Bella entram no carro e vão para casa. Chegando a casa, Bella vai direto para o seu quarto chorando, ela fechou a porta de chave para a sua avó não entrar.

Angelina: querida, deixe-me entrar.

Bella: não! Vai embora, me deixe em paz!

Angelina respira fundo e vai para cozinha.

14h00min CASA DE HILARY:

Rebecca: será que os garotos vão aceitar?

Hilary: eu não sei, eles pediram um tempo para pensar e temos que respeitar isso.

Rebecca; eu sei hoje de manhã eu falei com o meu pai sobre isso.

Hilary: você ficou louca? Ninguém pode saber disso

Rebecca: não, escuta, ele ouviu a nossa conversa e apoiou.

Hilary: serio?

Rebecca: sim, pode confiar no meu pai, eu tenho certeza que ele não vai falar nada para ninguém.

Sarah: estou atrapalhando algo?

Hilary: não

Rebecca: você ouviu algo?

Sarah: não, por quê?

Rebecca: por nada

Sarah mentiu, ela tinha ouvido tudo mais não sabia do que se tratava.

Rebecca: o Tommy é um gatinho.

Sarah: que Tommy?

Rebecca: um amigo do John, ele também ajudou a Hilary na aquele incêndio

Sarah se levanta da cadeira furiosa.

Sarah: fique longe do Tommy sua vadia

Rebecca: oque?

Sarah: Rebecca eu tenho o maior respeito por você e por toda a sua família mais se você não ficar longe do Tommy eu vou...

Hilary: se acalme, por favor!

Joe: o que esta acontecendo?

Hilary: nada pai, estamos apenas ensaiando uma peça.

Joe: uma peça? Que peça?

Hilary: a peça que nós vamos fazer... Deixe agente ensaiar a sós, ok?

Joe: ok, eu vou sair para comprar algumas coisas que esta faltando, eu volto logo.

Hilary: tudo bem.

Quando Joe sai, Sarah pula em cima de Rebecca e dar três tapas na cara.

Hilary tira Sarah encima da Rebecca e pedem para as duas ficarem calmas

Rebecca: eu falo com você depois Hilary.

Hilary: esta bem

Rebecca vai para casa furiosa.

Sarah: como é que você pode fazer isso?

Hilary: o que?

Sarah: não seja sínica, você sabe que eu gosto do Tommy e você apresenta a Rebecca para ele? Por acaso eu tenho cara de otaria?

Hilary: calma Sarah, eu não apresentei ninguém, foi tudo um engano, ela disse apenas que ele era bonito isso não quer dizer que ela gosta dele, afinal você e o Tommy nem saíram ainda.

Sarah: eu vou sair daqui antes que eu faço com você o que eu fiz com a Rebecca.

Sarah sai e Hilary respira fundo.

18h00min NA CASA DE JOHN:

A campainha toca e John vai atender.

John: oi

Hilary: oi, porque você me chamou?

John: aminha boca estava sentindo falta da sua (ele a beija).

Hilary: e o seu pai?

John: ele teve que viajar coisa do trabalho.

Eles continuam se beijando e vai para cama, John tira a camisa e a blusa de Hilary, beijando a barriga dela...

[...]

Hilary: você é incrível.

John: não é a primeira vez que eu escuto isso (os dois riem).

Hilary: não?

John: não, só nesse quarto eu escutei isso vinte vezes, você foi à vigésima primeira.

Hilary: você trocou os lençóis, certo? (eles riem e se beijam).

O celular de Hilary começa a tocar.

Hilary: oi pai, o que aconteceu... Calma pai eu já estou indo para ai.

John: o que foi?

Hilary: a Sarah esta no hospital (preocupada).

John: eu te levo lá

Hilary: obrigada.

Ao chegar ao hospital Hilary encontra Joe e Elena chorando.

Hilary: o que aconteceu?

Elena: a Sarah morreu (abraço Hilary chorando)

Joe: mataram ela (chorando)

[...]

05h30min CASA DE BELLA:

Angelina acordou e não conseguiu dormi de novo então se levantou ela foi para a cozinha e viu bella no chão sangrando, ao lado dela tinha uma faca melada de sangue, provavelmente bella teria se matado, Angelina não pensou duas vezes e fez as malas e fugiu.


Notas Finais


porque Bella se matou? quem matou Sarah? será que John e Tommy vão aceitar correr o perigo de procurar os responsáveis pelos crimes?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...