História Cinco Palavras


Escrita por: ~


Sinopse:
O que ela precisava era ouvir cinco palavras, que demonstrassem um sentimento. Palavras que a impedissem. Elas foram ditas verdadeiramente antes de tudo. Mas talvez, nem mesmo essas palavras fossem suficientes para cobrir o que ela já sentia. E para ela, ter um encontro com o terraço, e depois dele o chão, foi à melhor opção.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Cinco Palavras, Inverno, Preto, Terraço, Thank You For Loving Me
Exibições 52
Comentários 6
Palavras 905
Terminada Sim

Fanfic / Fanfiction Cinco Palavras
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Capítulo Único
6
52
905

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~Proxy_Neko
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~Proxy_Neko
Usuário
Muito boa essa obra, realmente boa
Isso me lembrou minha tia, minha tia me contou sobre uma perda dela, isso aconteceu com ela e quase aconteceu comigo, vou copiar mensagem dela
"Sabe, eu perdi um amor, a menina era doce, gentil, alegre, mas isso era só uma máscara, uma máscara que perto de mim era tirada, não sei se confiava em mim ou só cansava de fingir, mas sem essa máscara ela se mostrava uma menina solitária, carente, depressiva, muitas vezes tentei ajudar ela, ela melhorava, mas a felicidade dela simplesmente sumia em pouco tempo, já havia encontrado ela no banheiro chorando e com os pulsos cortados muitas vezes, muitas vezes ficava sem dormir pra cuidar dela, até que um dia, voltando das férias recebi uma mensagem, a frase me fez entrar em desespero foi:
'Quero que saiba que te amo, adoraria viver feliz ao seu lado, mas eu não aguento mais, sinto muito, adeus'
Corri para a casa dela, entrei com uma chave que ela tinha me dado, e fui direto ao banheiro, quando abri a porta meu coração se partiu, minha garotinha, com seu celular desligado na mão, os pulsos cortados, frascos de remédio vazios, o chão e roupas banhados pelo sangue da minha pequena, que apesar de ser mais velha que eu, tinha a aparência de uma bonequinha, lindos olhos verdes, cabelos negros como a noite, mas voltando ao assunto, meu amor se foi naquele dia, e naquele dia, eu chorei, nesse dia, eu morri, mas continuei a viver, por ela"
Eu realmente chorei ao ler essa mensagem, que foi resposta de uma simples frase minha, "Você já perdeu alguém que amava?", e tenho certeza que minha tia chorou ao escrever a mensagem
Mas era isso, só quis contar, pois a paixão de minha tia era uma suicida, assim como a da história, sei que ninguém é obrigado a ler ou acreditar nisso, mas é verdade, e eu não vou forçar ninguém a acreditar
Postado por ~Trollei
Capítulo 1 - Capítulo Único
Usuário: ~Trollei
Usuário
O suicídio é uma coisa tão séria. Eu ouvi uma vez que as almas suicidas vagam por aí, ficam entre as pessoas, e sofrem, mesmo durante a morte. Elas vagam esperando por sua verdadeira hora. Quando uma pessoa comete o suicídio, ela perde uma chance aqui na terra para tentar ser feliz, e seu castigo é vagar. Vagar por aí até que sua verdadeira vez chegue. A verdadeira hora em que essa alma irá poder finalmente descansar. Ou não.

Palavras podem mudar a vida de alguém, mas a de Doveva não. Ela queria aquilo. Ela precisava daquilo. Ela precisava da morte. Elliot aprendeu a amar da pior maneira. Conheceu alguém legal e em poucos minutos, "puf!" ela se foi.

Nada mais que uma pura realidade melancólica.