História Cinderela e os sete cavalheiros (Imagine BTS) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Colegial, Escolar, Faculdade, Fantasia, Hentai, Hoseok, Imagine, Imagine Bts, J-hope, Jimim, Jin, Jungkook, Min Yoong, Namjoon, Rap Moster, Romance, Suga, Taehyung
Exibições 212
Palavras 1.211
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente!
Espero que vocês estejam gostando da fic e muito obrigada por me darem uma chance e lerem ela. Vocês não sabem o quanto eu sou grata por isso.
Queria passar um café, fazer um chá e dar vários abracinhos em cada uma de vocês<3.
Beijos suas lindas e lindos!

Capítulo 3 - (Arco1 - conhecendo os meninos) O professor e o médico


Fanfic / Fanfiction Cinderela e os sete cavalheiros (Imagine BTS) - Capítulo 3 - (Arco1 - conhecendo os meninos) O professor e o médico

- Vamos (s/n)!!! Aposto que você vai se divertir – disse Hobi tentando me convencer a ir a uma aula de hip hop.

- Eu já disse que não – falei protestando – Não manjo nada de hip hop.

- Mas sempre é tempo para aprender – disse Jimim dando o seu sorriso fofo. Assim fica difícil de resistir.

- Não vou – disse mesmo assim.

- Vamos (s/n) – disse Jungkook – aposto que você vai gostar.

- Até você Jungkook!!! – falei incrédula.

- Por favorzinho... – disse V fazendo um biquinho.  Eles são realmente insistentes, não tem como aguentar.

- Okkkk, eu vou – disse tentando parecer brava – mas... Se eu não gostar da aula, não volto nunca mais lá.

- Heeeeeeeeh – todos falaram comemorando.

Enquanto todos estavam indo na frente felizes da vida, V se aproximou, me abraçou por trás e disse com a sua voz meio rouca:

- Você não vai se arrepender – e meu deu um beijinho no rosto.

Fiquei parada por um instante sem intender nada. V olhou pra mim, deu um de seus sorrisos quadros e me puxou para o braço, fazendo com que nós nos juntássemos aos garotos. O que ele pretendia fazer comigo meu deus?

Chegamos na sala onde seria a tão famosa aula de hip hop e nos sentamos em qualquer lugar pois não haviam carteiras. Não deu muito tempo e um garoto não muito mais velho que a gente entrou na sala.

Ele tinha o cabelo pintado de verde menta que já estava meio desbotado, mas que mesmo assim combinava muito com a sua pele branca feito açúcar. Era engraçado, pois apesar de sua aparência meiga ele tinha um jeito frio e swag que dava contraste.

- Oi todo mundo, eu me chamo Min Yoongi – ele disse para a sala – como vocês devem saber eu sou o veterano / monitor de hip hop de vocês – ele continuava falando com aquele ar esperando de um rapper – e como vocês também devem saber eu levo a música muito a sério, então acho melhor vocês levarem essa porra a serio também.

- Eitaaaa! To ferrada... – eu disse baixinho, mas como os meninos riram acabei chamando a atenção.

- Olha só, nem começamos o ano e já temos uma voluntaria para fazer uma demonstração – o tal Yoongi disse irônico para mim – isso que eu chamo de primeiro dia de aula.

-Eu? – perguntai.

- Sim – ele respondeu.

- De rap?

- Você é burra por acaso? – ele falou sarcástico fazendo algumas pessoas da sala rirem, inclusive os meninos que haviam me metido nessa. Eles me pagam!!!

- Okkkk – disso indo em direção ao centro da sala e pegando o microfone de sua mão.

Eu estava tentando parecer confiante, mas no fundo estava com medinho. Nunca havia feito nada relacionado, nem se quer compus nada na minha vida, a única coisa que eu conhecia de hip hop era de umas bandas coreanas, mas nada, além disso. Sentia o meu corpo endurecido, mas isso foi até ele colocar uma batida de rap em seu celular.

À medida que a batida ia entrando em meus ouvidos ia me sentindo mais relaxada, era como uma canção de dormir. Fechei os meus olhos e senti como se a minha alma tivesse abrido e os meus sentimentos estivessem sendo jogados para fora, mas de uma forma fluida clara.

De repente tudo ficou branco, abri os meus olhos e só conseguir enxergar o professor Yoongi me olhando seriamente e então desmaiei.

(...)

- Até que enfim, você acordou – ouvi uma voz calma e suave dizendo – se tivesse demorado mais um pouco teria que te levar para o hospital.

Assim que olhei para o lado pude descobrir quem era o dono daquela voz tão gostosa. Era um homem de cabelos castanhos que vestia um jaleco branco, então deveria ser o médico da escola, o que era estranho, pois ele não aparentava ter idade suficiente para isso.

- Oi eu sou o Jin – ele veio em minha direção me ajudando a ficar sentada, era impressionante como as suas mãos eram delicadas – eu sou o medico estagiário daqui. Se precisar de ajuda é só me chamar.

Quando ele estava se virando, senti uma dor enorme na minha cabeça, era como se alguém tivesse me dado um soco.

- Aiiii – gritei de dor.

- Esta tudo bem – ele disse calmamente – a sua cabeça deve esta doendo um pouco, quando você desmaiou acabando batendo ela no chão.

- Então eu desmaiei mesmo? – falei meio envergonhada.

- Sim, e seus amigo pelo jeito ficaram muito preocupados – ele disse me dando um sorriso – mas tiverem que ir pra outra aula, então por enquanto você vai ter que me aguentar por um tempo.

Dei um sorriso fraco e então ele me olhou preocupado.

- Você anda se alimentando bem senhorita?

- Sim, hoje eu comi um monte de pizza, então não deve ser por falta de comida.

- Pizza? Muito saldável... – ele disse docemente irônico – você tem que se alimentar melhor.

- Mas os garotos comeram até mais do que eu e não aconteceu nada com eles!!! – disse protestando, mas naquele momento me lembrei de Jimim e fiquei um pouco preocupada, ele sim precisava se alimentar melhor.

- Garotos têm estomago de avestruz!!! – ele disse retrucando – uma moça bonita que nem você não deveria comer que nem eles – ele continuou sem perceber que eu havia corado fortemente com o comentário – de qualquer forma irei buscar algo delicioso pra você.

E então ele saiu me deixando sozinha, o que era bom, pois assim dava para eu pensar no meu primeiro dia agitado. Estava feliz de já ter encontrado novos amigos, eles pareciam ser tão energéticos! E eram tão lindos... Aish (s/n)! Pare de pensar nessas coisas!

- Ei você – disse uma voz seca me tirando dos meus pensamentos – você esta melhor?

- Haaa sim – disse me virando e percebendo que o dono da voz era o professor de hip hpo.

- Você precisa se alimentar melhor, ou acha que pode ficar desmaiando por ai sempre? – ele falava com o mesmo jeitinho ácido de hoje de cedo.

Não respondi nada, apenas fiquei quieta encarando o lençol da maca até sentir a forte dor na cabeça de novo.

- Aiiiii – falei colocando as minhas mãos na cabeça em um gesto impulsivo.

- Você esta bem? – ele falou meio desesperado.

- Minha cabeça, esta doendo muito – falei quase chorando de dor.

- Aiiishh! Cadê aquele médico filho da puta??!! – ele disse nervoso – me deixe dar uma olhada.

Ele me perguntou de onde estava vindo a dor, apontei para o alto da minha cabeça e então ele começou a vasculhar entre os meus cabelos me fazendo de forma indireta cafune. Pra complicar ainda mais a situação e sua voz estava calma e doce e eu estava quase caindo no sono.

- Aqui achei! Você tem um galo! – ele disse parecendo feliz com a descoberta – (s/n) você esta bem? – agora ele parecia te percebido o meu estado de sonolência.

Balancei a cabeça em sinal positivo o que fez ele rir. Então ele ajudou-me a deitar, me cobriu com os lençóis e em um ato que eu nunca esperaria dele me fez um pouco de cafuné enquanto dizia:

- Você mandou bem hoje – eu juro que queria surtar, mas estava com tanto sono que acabei dormindo.


Notas Finais


Olá leitora linda! Aqui quem fala é a titia Fada Madrinha.
Gostou do cap? Acho que as coisas começarão a esquentar a partir de agora hehehe. O meu conselho de fada madrinha é para que você aproveite!
Beijinhos purpurinados!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...