História Cinema - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Lu Han
Personagens Lu Han
Tags Cinema, Luhan, Romance, Shopping
Visualizações 16
Palavras 1.426
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Fluffy, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee gente 😊😊😊
Tudo bom? Fazia um bom tempo que eu não postava imagine, já estava com saudade 💚
Esse imagine não é novo, eu o escrevi em 2015, reescrevi em janeiro de 2016 e só vim postar agora hahaha.
Já aviso que eu achei esse imagine um cocôzinho, mas como foi um dos primeiros que eu fiz, eu achei que seria legal compartilhar com vocês a minha vergonha alheia 😶😶
E não se esqueçam de me seguir para você sempre ler meus próximos imagines e fanfics.
Beijão, amo vocês 💚💚💚💚

Capítulo 1 - Capítulo Único


Eu estava em casa com o meu namorado, estávamos assistindo um episódio antigo de Bob Esponja, e cá entre nós, o episódio era muito chato. Senti meu celular vibrando indicando uma ligação. Peguei o mesmo e logo vi que a minha tia estava ligando  para mim.

~~~

- Alô, tia? – Perguntei assim que atendi a ligação

- Oi querida, eu, sua prima e seu tio estamos indo ao cinema, quer ir conosco? – Ela perguntou

- O Luhan tá aqui em casa, eu posso levar ele? – Perguntei sorrindo meio sem graça

- Claro. Querida, vamos sair daqui meia hora, vão se arrumando por enquanto, tchau querida, beijos

- Beijos, tchau tia – desliguei o celular e fitei o Luhan – A tia chamou a gente para ir ao cinema, quer ir?

- Claro – ele levantou do sofá indo em direção ao meu quarto e eu logo o segui – Essa roupa tá legal? Dá pra ir assim? – Ele perguntou meio preocupado

- Tá lindo – Sorri e ele logo sorriu de volta depositando um beijo em meus lábios – Não sei o que vestir – Falei e ele riu baixo

- Novidade – Ele falou irônico e eu ri

Fui até o meu guarda roupa e fiquei olhando, procurando alguma roupa bonitinha, e não demorei muito para encontrar, resolvi usar uma blusa preta lisa de mangas compridas, um short curto meio rasgado e um salto médio preto. Fui até a penteadeira e passei a mão no cabelo para ajeita-lo.

- Tô pronta – Falei e Luhan me olhou de cima a baixo

- Tá linda – Ele falou me dando outro beijinho

Nós fomos em direção da casa da minha tia, que não era muito longe, mas fomos de carro mesmo assim. Ao chegar em frente a casa, pudemos ver minha tia entrando no carro, porém a minha prima ainda estava no lado de fora e não demorou muito para vir até nosso carro

- Oi _______, Oi Luhan – Ela sorriu docemente.

- Oi – Eu e Luhan respondemos em couro

- Nós já estamos indo, podem ir, é o shopping mais próximo, já sabem qual é né? – Ela perguntou apoiando as mãos na porta do carro

- Sim, já sabemos – Falei sorrindo.

-Ok, já que já sabem eu vou embora, até lá – Ela tirou as mãos da porta e acenou para nós enquanto corria até o carro do pai dela

Luhan deu a partida e fomos em direção ao shopping enquanto ouvíamos algumas músicas, o caminho até o shopping não foi tão longo, durou umas cinco músicas e meia. Chegamos no shopping, ele estacionou o carro e fomos até o mesmo, não demorou muito até encontrar minha prima, eu corri até ela lhe dei um abraço, abracei também minha tia e meu tio.

- Nós já compramos o ingresso, só precisamos ir para a sala – Meu tio falou entregando o ingresso para cada um de nós.

Nós ainda estávamos no primeiro andar do prédio, e o cinema ficava no quinto andar, e nós sempre subíamos de escadas.

Eu fui o caminho inteiro conversando com a minha prima, e o Luhan com o meu tio, eles gostavam de conversar sobre futebol e essas coisas, enquanto eu e minha prima estávamos discutindo sobre quem tinha a bunda maior, o Jimin ou o Junior, uma conversa super construtiva.

Demoramos um pouco para chegar até o quinto andar, mas finalmente chegamos até a parte do cinema, peguei meu ingresso e fiquei na fila para passar para a sala de cinema, e eu ainda conversava com a minha prima, dessa vez falava sobre um dos meus bilhões de micos que paguei na faculdade, dessa vez um mais recente.

- Daí eu esbarrei na mesma garota de novo, não foi Luhan? – Perguntei rindo, e logo notei que ele não estava lá – Luhan? – Perguntei me desesperando

- Eu te ajudo a procurar - falou minha prima saindo de perto de mim

Eu saí também, resolvi olhar na praça de alimentação, e lá estava ele sentado numa das mesas, tomando um milk-shake, a praça de alimentação ficava no andar de baixo, e no andar de cima dava para ver perfeitamente o que estava acontecendo no andar de baixo, e foi lá que a minha prima ficou para nos observar.

- Eu não acredito – murmurei pra mim mesma indo na direção dele, que assim que me viu levantou da cadeira cerrando os olhos e fazendo bico – Sabia que eu fiquei preocupada? Você sumiu de repente – Falei cruzando os braços

- Não sumi de repente – Ele desmanchou a careta e me olhou arqueando uma sobrancelha – Eu te chamei para vir, e você murmurou alguma coisa, então achei que fosse vir, mas não veio

- Idiota – falei dando leves tapas em seu peitoral fazendo-o rir

– Para com isso – Ele falou sentando na cadeira novamente, dessa vez me olhando.

Eu parei de lhe dar tapas e fiquei encarando-o, ele sorriu pra mim e fez um biquinho de peixe, ele sabe que eu adoro, é bem engraçadinho. Acabei não resistindo ao seu “charme”, eu segurei a gola da camisa dele, eu iria beija-lo, se ele não tivesse me segurado.

- Ah Luhan, só um – Falei fazendo biquinho – Tá me fazendo passar vergonha por me deixar no vácuo – Falei soltando minhas mãos – Por favor – Fiz aegyo.

Ele fez uma cara de derrota e eu ri, ele segurou meu rosto com uma mão e a outra foi para a minha cintura, ele deu um beijo doce e calmo, ele pediu passagem para a língua e eu concedi, sua língua percorria calmamente cada canto da minha boca, ele foi parando o beijo com alguns selares e colou nossas testas.

-Eu te amo! – Ele falou, era a primeira vez que ele dizia isso, fiquei bem surpresa e sorri de volta.

-Eu também te amo! – Sorri para ele – O filme já vai começar, vamos? – Perguntei me levantando e ele logo me acompanhou

Fomos em direção à sala de cinema, nós entregamos o ingresso para o moço que estava recolhendo os mesmos, entramos na sala e fomos procurar os assentos que o meu tio havia reservado, fomos procurando, até notarmos que era da fileira dos fundos. Sentamos no assento reservado, e pude notar que a uns três assentos tinha uma mulher com duas crianças, elas eram muito fofas.

- Ah, não gosto de sentar na ultima fileira – Reclamei – Parece que é mais frio do que na frente, sem falar que é muito longe da tela.

- Ah _______, Para de reclamar – Ele sorriu - Dá pra fazer muitas coisas aqui – ele sorriu, ele tá falando na inocência? Por que eu não estou.

- Tipo? – Resolvi testar

- Jogar pipoca nas pessoas da frente – Ele riu e eu ri junto

- Você é ridículo – Dei uma tapa em seu braço, fazendo-o gargalhar.

Logo o filme começou, eu tentava prestar atenção no filme, mas eu sempre acabava olhando de canto para o Luhan, que estava com uma expressão de tédio, ele olhou pra mim e eu o olhei, ele segurou meu rosto com uma mão e deu início a um beijo quente, sua língua explorava cada canto da minha boca, ele desceu os beijos para o meu pescoço me deixando arrepiada.

- Luhan... – Falei e ele parou de beijar meu pescoço apenas para me olhar confuso – Aqui não – Ele arqueou uma sobrancelha – Tem crianças aqui – Falei fazendo um sinal com a sobrancelha para a mulher que estava acompanhada com as crianças ao nosso lado.

Ele sorriu de lado e me beijou novamente, dessa vez um beijo menos caloroso, mas não demorou tanto para voltar a se intensificar, nossas línguas travavam uma batalha em nossas bocas, as mãos do maior passeavam livremente pelas minhas costas, pude notar uma diferença de claridade, então abri os olhos para ver o que estava acontecendo. As luzes da sala haviam se ascendido em sinal do final do filme, separei nosso beijo rapidamente deixando-o confuso.

- As crianças estavam olhando – Falei coçando a nuca

- Sei... – Ele arqueou uma sobrancelha e deu de ombros – Vamos embora – Ele falou levantando-se da cadeira e indo em direção à saída.

Ele segurou minha mão e sorrimos minimamente, nós estávamos andando calmamente quando uma criança apareceu na minha frente, eu lembrava daquela menininha, era uma das crianças da sala de cinema.

- Olá pequena – Luhan falou se abaixando para ficar na altura da menina – O que deseja? – Ele sorriu

- Só vim dar uma dica – Ela sorriu e eu e o Luhan nos entreolhamos confusos – Não façam esse tipo de coisa do cinema, pode ter crianças lá – A menina falou sorrindo e indo embora, nos deixando incrédulos

- Meu Deus – Falei incrédula fazendo Luhan cair na gargalhada

- Ela é esperta – Ele falou se levantando e eu lhe dei uma tapa de reprovação

Vou lembrar-me de nunca mais fazer uma coisa dessas no cinema, só pra não correr o risco mesmo.


Notas Finais


Gostaram?
Favoritem a fanfic, compartilhem com os amigos(as) e me sigam 💚
Beijos, obrigada por ler! 💚💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...