História City Of Angels Aaron Carpenter - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Cameron Dallas
Personagens Aaron Carpenter, Personagens Originais
Tags Aaron Carpenter, Magcon Boy, Romance
Visualizações 16
Palavras 842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ora ora, adivinha quem voltou!!! Pois é gente, voltei com mais um capítulo maravigold pra vocês, espero que gostem 💙

Capítulo 3 - A Dança


POV. Vick

- Eu não passei 2 horas me arrumando pra voltar pra casa, a gente vai entrar nessa boate SIM!

Ao primeiro momento achei loucura o que Becca estava falando, até que a vi analisando toda a extensão do muro da boate e percebi que ela realmente faria aquilo!

- Olha, tem um contêiner bem ali, você me ajuda a subir nele, depois eu te puxo, assim o acesso ao telhado fica mais fácil e podemos entrar de boas - ela falava numa calma de se espantar - Vamos logo.

- Você tá louca?! Você não pode invadir a boate assim, isso é crime! - gritei

- Sem testemunhas não há crime, mas se você gritar feito uma matraca desse jeito aí sim seremos pegas.

Percebi que seria inútil minha resistência, Então derrotada, segui o seu plano louco.

Foi difícil subir tudo aquilo com meus sapatos na mão, mas conseguimos, chegamos no telhado e logo vimos uma "portinha" no chão (Engraçado falar "chão" sendo que estamos no telhado. Heheheh. Tá bom, desculpa, voltando). A portinha estava a aberta e levava ao "bastidores" digamos assim... Havia um grande corredor onde estava a cozinha e depósitos, áreas restritas para funcionários, decidimos seguir em frente, a cada passo a música ficava mais alta, sinal que estávamos chegando perto, abrimos a porta branca a nossa frente e lá estava...

Luzes por todos os cantos e ainda assim era um ambiente escuro, muita gente dançando, bebendo, curtindo e... Meu Deus aquele cara te engolindo a cabeça daquela mulher ?

- Vick, Vamos beber alguma coisa.

- Okay, mas não é melhor a gente comer algo antes? Beber de barriga vazia nunca dá bom.

- Aaah Victoria, sempre sendo a mãezona, mas tu tem razão, eu quero ficar muito louca essa noite mas não tão cedo.

Ri de seu comentário, e fomos para a bancada.

- Com licença, eu quero uma porção média de batata frita e duas cervejas por favor. - Becca pediu ao garçom

- É pra já - disse em resposta

Enquanto esperávamos ficamos conversando e cantando as músicas que tocavam... até que o garçom chegou com nosso pedido e comemos o bastante para forrar o estômago e estarmos preparadas para bebidas mais fortes

POV. Aaron

Entramos na boate, a música alta me deixou meio atordoado no início mas logo me acostumei, não sabia para onde estava indo, eu apenas seguia Cameron, ele subiu umas escadas que dava acesso a uma mezanino incrível, de onde dava para ver toda a boate.

- Não precisa pagar a mais ficar aqui, Cam? - perguntei a ele

- Sim, mas tá vendo isso aqui? - ele levantou a mão e mostrou o carimbo neon que haviam nos dado na entrada da boate - Então, esse carimbo nos dá acesso a tudo que temos direito aqui dentro, até desconto nas bebidas.

- Uau, vejo que vamos aproveitar bastante está noite.

- Com certeza, a única regra dessa noite é Fique muito louco! - Ele gritou e eu Ri, esse cara vai realmente me deixar doido. Em Louisiana eu não bebia muito, isso me torna um fraco. Vou tentar relaxar um pouco antes de começar a beber.

Fui ao parapeito e comecei a observar a pista de dança, eu procurava por ela, seus cabelos negros, vestido vermelho, onde está ela ?

POV. Vick

Já tinha tomado 4 shots, não estava bêbada ainda mas digamos que animada? Sim, animada é uma boa palavra pra me descrever agora.

- Becca, Vamos dançar! - falei levantando da cadeira e puxando-a pelo braço

- Aí, já vai - ela começou a gargalhar e eu também, é... alteradas também é uma boa palavra.

Estava tocando "Work from Home" das maravilhosas Fifth Harmony. Eu sabia bem pouco da coreografia mas eu achava que estava arrasando, e a cada música que passava eu me soltava ainda mais, se isso fosse possível.

Em algum momento, olhei pra cima percebi alguns mezaninos no lugar, passei os olhos e vi o carinha gato que furou fila mas cedo, parecia que ele estava me encarando, da distância que ele tava não dava pra ter certeza. Foi então que eu decidi me destacar, se ele não estava olhando pra mim, agora iria olhar!

Corri para o bar e pedi para um garçom 5 shots com urgência, tomei todos de uma vez queria me soltar.

Então o DJ leu meus pensamentos e colocou pra tocar "Paradinha" da diva da Anitta. E essa sim eu sabia toda a coreografia... comecei a dançar olhando para o boy, mas uma vez não tive certeza de que estava olhando pra mim, mas continuei tentando chamar sua atenção.

Depois dessa e de algumas outras músicas, fiquei cansada e decidi voltar para o bar, nesse momento não fazia ideia de onde está Becca, mas com certeza está acompanhada.

Sentei e pedi uma cerveja qualquer, estava bem cabisbaixa, é... a efeitos da bebida tem suas fases. Então eu ouvi uma voz perto meu ouvido.

- Oi linda, eu te vi dançando e não pude deixar que falar com você...


Notas Finais


É isso gente... compartilhem, favoritem e comentem, preciso do apoio de vocês para continuar ❤ muito obrigada e um Beijooo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...