História "City Of Nightmares"(INTERATIVA) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ação, Comedia, Romance, Terror
Exibições 23
Palavras 1.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Desculpa pela demora, eu tava sem criatividade, e também eu ando meio ocupada ;-;

Capítulo 20 - XVIII - Ao Badalar da meia noite...


Fanfic / Fanfiction "City Of Nightmares"(INTERATIVA) - Capítulo 20 - XVIII - Ao Badalar da meia noite...

-- Narradora/Autora On --

Todos se assustaram, Linda iria matar todos, um sorriso medonho se formava no rosto derretido da garota.

Phoebe - A-Acho melhor corrermos.
Philip - Concordo totalmente.
Alex - SÓ CORRAM!

Todos saíram correndo tentando desviar das várias correntes de espinhos de Linda, eles todos viraram a direita e entraram em um corredor, Ashley avistou uma escada e apontou para lá, todos subiram os degraus em quanto Linda flutuava bem atrás deles, até que de repente uma corrente acabou arranhando o braço de Rose que gritou de dor, mas continuo a correr, logo todos entraram em outro corredor no andar de cima, eles escutavam Linda rindo perto de entrar no corredor também, até de que de repente uma porta se abriu e uma garotinha loira mandou eles entrarem lá, eles hesitaram mas ou era a menininha ou era a Linda, eles entraram lá e se sentaram no chão, era um quarto, a menininha fez um sinal com o dedo indicando para todos ficarem calados..

Todos estavam em um silêncio mortal, dava para ouvir as correntes de Linda se batendo nas paredes do corredor, a menininha olhava sem parar para a porta, logo depois de segundos que pareciam horas, o barulho acabou e Linda provavelmente saiu do corredor e foi para outros...

Marik - Graças a Deus.
Jessy - Precisamos amarrar algo no corte de Rose..
Gabs - Ah é mesmo!!
Garotinha - Aqui não tem nada para ajudar, mas posso ir na enfermaria bem rápido.

Todos olharam para a garotinha e ela saiu devagar do quarto e fechou a porta, 2 minutos depois ela voltou com uma maleta de primeiros socorros..

Jessy pegou a maleta e ela e Gabs começaram a cuidar de Rose que agradeceu.

Jack - ... Qual seu nome loirinha?
Garotinha - Lety! o que vocês fazem nessa escola?
Zeref - Nós perdemos por aqui....
Lety - Deveriam sair daqui o mais rápido o possível, A Senhorita Lyra está furiosa!
Marik - Vocês parecem obedecer muito bem ela...
Lety - É claro, se fomos contra as decisões dela, ela pode nós queimar como fez com uma garota, ou nós trancar no sufoco..
Phoebe - S-Sufoco?
Lety - É um tipo de armário lá dentro e cheio de parafusos enormes e pontudos, quase não entra ar lá, se você se mexer muito pode acabar se furando ou se machucando na ponta dos pregos..
Ashley - Por quanto tempo ela tranca alguém ali?
Lety - As vezes por 1 dia ou 2.
Kaya - Que desgraçada.
Lety - Precisam sair daqui antes que Linda encontre vocês, e antes que dê meia noite em ponto.
Rose - Por que não podemos ficar aqui até meia noite?
Lety - Uma criatura maligna fica solta pelos corredores na meia noite, ela pode se esconder em qualquer lugar, ao menos que você finjam estar dormindo ela não ira pegar você, mas se você estiver acordado é adeus a vida.

Todos ficaram tensos, Lety era uma criança que não sabia que estava morta a tempos, era uma boa menina, a mesma deve ter sofrido em quanto era viva ali,  e agora estava condenada a ficar lá pela sua morte também..

Philip - Já terminamos com a Rose e agora?
Gabs - Precisamos ser cautelosos..
Zeref - Vamos pela janela ué..
Lety - Não vão pela Janela!!
Alex - Por que?
Lety - Ela da choque quando detecta algo passando por ela...pode ser mortal, eu não vou me meter muito com a fuga de vocês, mas eu posso dizer uma coisa, saiam pelas portas do fundos na cozinha lá de baixo, a porta da frente sempre fica trancada com 6 chaves, já a da cozinha precisa apenas de uma chave, parece que fica no sotão que é a 4 corredores daqui.
Jake - Muito obrigado Lety!

Todos agradeceram Lety e logo todos saíram do quarto, Lety então pensou -" Por favor que saiam vivos daqui."

Estavam contando os corredores para chegar no quarto porém logo escutaram o barulho das correntes de Linda, então todos gelaram e ficaram parados como pedra bem aonde estavam, Alex fez um sinal para todos ficarem imóveis, quando o barulho das correntes cedeu eles suspiraram e logo andaram cautelosamente até o quarto corredor, entraram nele e viram uma porta no teto,  Issa puxou ela e a porta desceu junto de uma escada..

Logos todos subiram e ascenderam a luz do sótão, fecharam a porta e no sótão tinha umas caixas, logo viram um tipo de cama de hospital, eles chegaram perto daquela cama e de repente.. um corpo se levantou dela como se fosse algo saindo de sua tumba, e um arrepio percorreu no corpo de todos quando viram o que era aquela coisa, era uma pessoa, pelo menos tinha o formato de um corpo humano, sua pele era como pele de cobra ou de peixe, com escamas, de cor branca como vela, os olhos cobertos pela próprio pele, as pernas costuradas e viradas para trás, e boca era aberta e cheia de sangue, e preso na boca da mesma estava uma chave dourada, nas mãos cada unha era como ver uma lâmina...

Edwardw - Parabéns e agora com pegamos essa chave dos infernos? - sussurra -
Jake - Precisamos golpear ela -- sussurra -
Alex - Issa tem um bastão de beisebol do seu lado, pegue ele - sussurra -
Issa - Ok - sussurra, logo ela pegou o bastão e deu silenciosamente para Alex ele olhou ao seu redor e quem estava mais perto da coisa era David e Lisa -
Alex - David chame a atenção dessa coisa para você, Lisa quando ela se distrair taque com tudo o taco contra a nuca dela ok? - sussurra -
Lisa e David - Ok - sussurra -
Alex - Philip quando David golpear essa coisa tire de uma vez a chave da boca dela.. - sussurra -
Philip - Certo - sussurra -
Alex - No 3 David, 1..2..3.. Já! - sussurra -

David jogou uma caixa no chão e logo aquela criatura horrível virou a cabeça para onde ele estava, Lisa juntou toda a coragem que tinha e golpeou aquela coisa na nuca, a coisa ergueu o rosto para cima como se estivesse em choque, Philip então arrancou de uma vez a chave da boca da coisa que gritou, todos suspiraram, porém a criatura começou a querer se levantar da cama, mas todos perceberam que ela estava amarrada pela cintura na cama então era impossível.

Eduardw - Ok.. agora vamos descer daqui, passar pelos corredores em silencio, evitar a Linda, descer as escadas, achar a cozinha, abrir a porta e dá o fora dessa coisa.

Todos concordaram com o que Eduardw disse e desceram do sótão sem fazer barulho, andaram pelos corredores e tiveram que algumas vezes se esconder de Linda, mas logo chegaram nas escadas e desceram, não viram Lyra por lá e logo começaram a andar nos corredores de baixo a procura da cozinha, porém de repente escutaram algo andando pesadamente pelos corredores.

Jessy - O-O q-que é isso?

Estavam dentro de uma sala de "aula de música" e logo viram uma menina ruiva sentada no cantinho da sala tremendo, outra aluna, todos foram para perto dela..

Kaya - Ei que barulho é esse?

A Menininha então começou a cantar baixinho..

Garotinha - " Ao Badalar da meia noite.."
" O Pesadelo se torna real.."
" Ele se libertar.."
" Vá vá finja sonhar e quando acordar estará num pesadelo.."
" Vá vá finja sonhar para se salvar, logo ela te achará.."
" Ela vira.. e num pesadelo estaremos.."
Gabs - A Mulher que mata quem estiver acordado!!

De repente o barulho de um relógio ecoou por toda a escola, era Meia Noite em ponto, todos se sentaram e começaram a escutar algo se aproximar da porta daquela sala, todos arrepiados fecharam os olhos..

Porém a menininha ruiva continuou com os olhos abertos, ela estava perturbada, logo a criatura, uma mulher enorme mais alta do que qualquer demônio já visto, e rosto de boneca de porcelana antiga, cabelos negros e pele pálida andou até a menininha, a coisa tinha um espelho na frente do resto e o espelho refletia o rosto de horror da garota, a coisa assoprou e de repente o espelho se quebrou e apareceu  o rosto da mulher (imagem da capa).

Mulher - Você não está dormindo, teimosos merecem punição..

De repente a mulher pegou a menininha pelo pé e a arrastou com força para fora daquela sala, agora todos escutavam gritos agonizantes da menininha que só Deus sabe o que aconteceria com ela..



 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...