História Clã Lunar - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Warrior Cats (Gatos Guerreiros)
Visualizações 3
Palavras 2.375
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Violência
Avisos: Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem, e que eu não tenha errado.
Boa leitura 😘
💖

Capítulo 11 - Novo Lider


Como Folha de Carvalho havia dormido mais cedo por causa de seus ferimentos, acabou por acordar antes do sol nascer.

Ela se esticou, tomando cuidado com a ferida, resolveu ir para fora para tomar um ar fresco.

Ela saiu com cuidado da enfermaria e foi para baixo do Carvalho, sentou se é resolveu limpar-se.

Ela parou um pouco e olhou o cadáver de Manto da Noite, que estava ao pé do Carvalho. Depois olhou para cima, vendo as poucas estrelas que apareciam em sua visão.

Os olhos dela brilharam por alguns segundos, foi uma estrela-cadente. (Acho que é assim que escreve)

Ela olhou para as montanhas, onde o sol já começava a aparecer.

Ela ouviu Estrela Dourada sair da toca e vir na sua direção.

--- você é corajosa, Folha de Carvalho. Você pensou rapidamente e conseguiu livrar-se do puma, agradeço por isso --- piscou os olhos agradecida.

--- só fiz o trabalho de uma guerreira, não precisa agradecer --- ronronou.

Estrela Dourada assentiu e olhou para o pôr do sol.

Depois voltou a sua toca.

Folha de Carvalho suspirou e fechou os olhos com a brisa que passou por seus pelos.

Mas quando os abriu, não pôde acreditar em seus olhos. Era Manto da manhã, ele estava sentado a sua frente.

--- seja uma forte guerreira e honre seu clã --- deu-lhe a ela um olhar confiante.

Folha de Carvalho estava assustada mas assentiu. Ele lambeu seu ombro e saltou para as estrelas.

Isso foi real? Ela viu o fantasma de Manto da Manhã?

Ela suspirou e olhou para cima destemida, ela iria honrar seu clã.

*

Folha de Carvalho permaneceu no acampamento, pois se fosse caçar a ferida iria abrir.

--- Pata Espiritual.... --- chamou e a amiga a olhou, com os olhos tristes --- tudo vai ficar bem --- ronronou e lambeu a testa da amiga.

--- eu sei.... mas não é por isso que estou preocupada --- Folha de Carvalho à olhou confusa --- eu vou contar oque é... mas não conte a ninguém

--- certo --- Folha de Carvalho achou que não seria mais estranho do que a visão dela de manhã.

--- eu sonhei com algo estranho --- ela olhou para baixo --- eu estava na Floresta,mas estava escuro, eu ouvia alguns miados de medo, e via alguns vultos em volta de mim. Um dos vultos pousou na minha frente e olhou para mim, era um gato totalmente negro com olhos vermelhos --- ela eriçou um pouco o pelo --- e me olhou no fundo dos meus olhos, parecia que iria perfurar minha alma, depois veio em minha direção e eu acordei --- ela olhou para Folha de Carvalho.

--- isso.... parece com as visões de uma Curandeira, será que o clã das estrelas lhe mandou um sinal? --- olhou para a amiga assustada.

--- talvez...

--- eu também tenho uma coisa para contar-lhe, hoje eu vi o.... espírito... de Manto da Manhã --- Pata Espiritual a olhou incrédula --- eu juro que é verdade, não foi um sonho.... e ele me disse... "seja uma forte guerreira e honre seu clã" --- ela olhou para Pata de Folha.

--- você... tem a habilidade perdida.... Floco de neve me contou sobre essa habilidade de ver os espíritos! só os antigos felinos tinham essa habilidade, a que era concedida pelo clã das estrelas.

--- então tem deve ter um motivo para o Clã das estrelas me conceder essa habilidade... pode haver com seus sonho --- as duas estavam assustadas e se olhando --- não conte isso a ninguém ainda, precisamos ter certeza primeiro --- Pata Espiritual assentiu e elas tiveram um dia normal, mas ainda pensando sobre o assunto.

~ Clã da Névoa ~

Tempestade estava na toca do líder junto com o curandeiro, Estrela Nebulosa estava sentindo-se mal e tossindo.

--- Aguente firme --- o curandeiro estava preocupado.

--- não sei se vou aguentar muito mais Fuligem --- miou fracamente --- Tempestade.... que seja um bom líder, quando eu for ao clã das estrelas... Guie-o Fuligem --- ele olhou para Tempestade e depois para o curandeiro de um só olho.

--- eu estou preparado? --- perguntou Tempestade olhando para os dois.

--- você é corajoso e lidera bem os gatos... confio em você, cof cof --- ronronou e tossiu no final.

--- certo... não vou o decepcionar --- colocou levemente a pata no ombro do líder.

--- sei disso... --- e assim fechou seus olhos.

Fuligem colocou sua orelha no peito do líder, ele havia parado de respirar....

--- vou preparar as ervas, temos de ir na pedra luminecente ainda hoje --- avisou o olhando, tempestade assentiu e ele saíram da toca, logo pularam em cima do tronco oco --- que todos os gatos com idade o suficiente para caçar a própria comida venham aqui --- anunciou Fuligem, todos os gatos vieram e sentaram-se --- Estrela Nebulosa se foi, então Tempestade vai fazer a viagem à pedra luminecente e ganhar suas nove vidas --- todos os gatos miaram em concordância. Hoje ainda era lua cheia, então eles iriam aproveitar.

Fuligem desceu e foi preparar as ervas, enquanto Tempestade foi pegar o líder para os gatos se despedirem.

Todos deram suas últimas lambidas no antigo líder, Tempestade foi escolher os guerreiros para os acompanhar.

--- eu posso ir com você?? Eu nunca fui a Pedra Luminecente! --- Pelo de Avelã estava implorando para ir --- deixe-me ir com você! --- ele já estava irritado.

--- tem certeza, os montes são nevados e perigosos, e você é um gato pequeno --- ele o olhou duvidoso.

--- eu não sou pequeno! --- reclamou e Tenpestade o olhou --- só em corpo, mas eu sou forte --- o olhou destemido.

--- certo, você pode ir --- miou e o outro gato saltou feliz e comemorou, Tempestade olhou Pé de neve sentado a algumas caudas de distância conversando com seu aprendiz. Resolveu aproximar-se.

--- Fuligem disse que minha ferida já cicatrizou e em pouco tempo vou voltar ao treinamento --- ronronou o aprendiz feliz.

--- isso é bom, mas temos de tomar cuidado nos primeiros dias, até ter certeza que a ferida não vai mais abrir --- ronronou e esfregou seu nariz com o do aprendiz, Pé de Neve só era gentil com o aprendiz.

--- Com licença --- avisou de sua presença quando aproximou-se, Pé de Neve mudou de expressão tranquila para a costumeira na opinião de Tempestade --- você poderia ir comigo à Pedra Luminecente? --- ele não queria o convidar, mas Fuligem o obrigou.

--- certo.... --- suspirou --- vá descancar --- ronronou com o aprendiz e ele foi ao encontro dos outro aprendizes.

--- obrigado, vamos antes do sol se pôr, Esteja preparado --- avisou e saiu " Acho que só esses são o suficiente, não podemos deixar o acampamento sem proteção.

*

Já era a hora de ir, Fuligem mandou Pelo de Avelã e Pé de Neve comerem as ervas, enquanto Tempestade não poderia comer nada.

Ele saíram do acampamento e foram em direção às montanhas, graças ao clã das estrelas a Pedra Luminecente não era tão longe.

Eles saíram da floresta e começaram a escalar a montanha. Eles estava em uma planície com várias pedras, e estava frio.

Tempestade ouviu o piado de uma águia e mandou todos esconderem-se, eles foram para baixo das pedra. A águia planou por alguns instantes em volta e depois afastou-se.

--- que medo, nunca vi uma águia antes --- Murmurrou Pelo de Avelã.

Eles continuaram a caminhada e perceberam que começou a nevar, estava quase no final da época sem folhas.

Pelo de Avelã tremeu um pouco mas aguentou.

Eles chegaram a montanha, onde havia um caverna, a entrada era como um buraco negro, eles sentaram-se e esperaram o sol se pôr.

*

--- está na hora, Pelo de Avelã e Pé de Neve guardem a porta, vamos Tempestade --- Fuligem avisou e entrou na escuridão --- siga meu cheiro para encontrar o caminho --- ele entrou completamente e Tempestade o seguiu.

Quando Tempestade entrou na caverna, era muito gelada, parecia que iria congelar.

Ele se esforçou o máximo que pôde para sentir o cheiro de Fuligem, andando a uma cauda de distância.

Eles passaram por estreitos corredores, tudo no escuro, Tempestade quase caiu em cima de Fuligem quando ele parou der repente.

--- chegamos --- avisou em sussurro, depois de algumas batidas de coração tudo ficou claro, com a luz ofuscante que saía da pedra.

Tempestade acostumou-se com o brilho e pode ver uma grande pedra, mas não uma normal. Era como um cristal, refletiu a luz da lua, a extensão da Rocha parecia ondular como um rio de águas calmas.

Ele olhou para o curandeiro e ele assentiu, Tempestade aproximou-se e deitou em frente a Pedra, impnotizado (sei la como escreve) pelas ondas da pedra, ele tocou seu focinho com o da Rocha e fechou os olhos.

*

Depois de um tempo uma suave brisa passou por sua pelagem, ele abriu devagar seus olhos. Ele ficou surpreso, ele estava em um campo com muitas flores, ele olhou para cima e viu o céu cheio de estrelas. Elas eram lindas, um pouco depois ele percebeu as Estrelas movendo-se.

As estrelas desceram e revelaram gatos, muitos líderes antigos e guerreiros lendários.

--- bem vindo, Tempestade --- sua vozes estavam em sincronia --- está pronto para receber suas nove vidas?

--- sim --- ele estava ansioso --- estou pronto

Um grande gato Negro aproximou-se, Tempestade o conhecia, era o ex-representante, Coração Negro, seu amigo.

--- sinto sua falta --- sussurrou Tempestade quando o outro já estava a sua frente, o guerreiro pôs seu nariz na testa de Tempestade.

--- com esta vida dou-lhe coragem --- murmurou --- Use-a bem em defesa do se clã --- quando ele terminou de falar, um choque passou por seu corpo.

Tempestade fechou seus olhos e sentiu como se estivesse em batalha e caçando, sentiu as suas garras perfurarem a carne de suas presas. Abriu os olhos e viu o grande guerreiro afastando-se.

Depois aproximou-se um gato cinza malhado, o qual ele conhecia bem, seu pai, Cauda Espinhosa.

Ele tocou seu nariz com o do filho --- com esta vida dou-lhe Justiça --- miou --- Use-a bem para julgar as ações dos outros.

Um fio de dor o percorreu, ele acabou por colocar suas garras para fora e crava-las no chão, ele ofegou e olhou para o pai.

--- vou fazer, como você --- ronronou o olhando confiante.

Depois ele se afastou e ficou ao lado de Coração Negro.

Uma pequena gata malhada em Preto e Branco aproximou-se, era a antiga Curandeira, Alecrim.

Ela encostou seu focinho na testa de Tempestade --- com esta vida dou-lhe amor --- Tempestade lembrou que ela apaixonou-se por um guerreiro o qual ele não se lembrava, oque não era permitido para uma Curandeira --- Use-a bem para dar carinho a todos do cla e também à Folha de Carvalho --- murmurrou 

Uma onda passou por ele, dessa vez mais suave, percebeu o amor que ela sentia pelo guerreiro.

Ela voltou aos outros gatos e um gato de longos pelos amarelos aproximou-se, o qual era o seus ex-mentor. 

--- com esta vida dou-lhe determinação --- miou tocando seu ombro --- Use-a bem para nunca desistir de seus afazeres. 

A nova vida escorreu pelo seu corpo, fechou seus olhos sentindo a onda de energia. 

Abriu os olhos e uma gata negra listrada de cinza estava à sua frente, era sua mãe, Listra Pratiada.

--- com esta vida dou-lhe proteção --- tocou seu nariz com o do filho --- Use-a bem para cuidar de seus clã como uma mãe cuida de seus filhotes --- ronronou e se afastou.

Ele sentiu a vontade de enfiar suas garras aos que ameacarem os mais fracos.

Uma outra gata aproximiu-se, era uma guerreira de seu clã, chamada Garra Navalha.

--- com esta vida dou-lhe honra --- miou --- use-a bem para vencer batalhas honradas. 

Ele sentiu a vida indo para o seu peito e se sentiu confiante. 

Veio uma jovem gata alaranjada, a qual o fez sentir-se mal. era sua amiga aprendiz, a qual morreu na guerra. 

--- me perdoe --- ele fechou os olhos com força, a pequena gata encostou sua testa na dele. 

--- com esta vida dou-lhe piedade --- sussurrou --- use-a bem para poupar vidas. 

Ele sentiu a gentileza e o desejo dela que todos os clãs ficassem em paz. Ele abriu lentamente os olhos e a olhou. 

--- adeus --- ronronou. 

Ela o seu um olhar gentil e foi para o lado dos outros gatos. 

Veio um velho ancião, com cor marrom desbotada, o qual era chamado de pé lamacento. 

Ele tocou Tempestade, que suspirou. 

--- com esta vida dou-lhe sabedoria, use-a bem para decidir quais métodos seram feitos para conquistar seus objetivos. 

Tempestade suspirou ppesadamente com essa vida, ele sorriu com as lembranças que vieram à sua mente. Ele era um filhotinho e Pé Lamacento lhe contando histórias antigas. 

Agora veio o gato ao qual ele mais admirou, o seu antigo líder, Estrela Nebulosa. 

O gato de pelos malhados em tons de cinza aproximou-se e posou a cabeça em seu ombro. 

--- com esta vida dou-lhe Gentileza --- ronronou --- use-a bem para cuidar dos idosos, doentes e os mais fracos --- ele deu um passo para trás --- seja um bom líder --- sussurrou. 

--- Tempestade, agora que recebeu suas nove vidas, será conhecido como Estrela Tempestuosa! --- todos falaram --- Boa sorte, cuide bem de seu clã. 

*

Assim ele abriu os olhos, olhou oara cima e a lua já tinha quase se deslocado da abertura no teto. 

Tempestade olhou oara trás e lá estava Fuligem, o olhando com orgulho. 

Eles saíram silenciosamente da caverna. ao encontrarem-se com os outros, Pelo de Avelã, mesmo com vontade de perguntar, ficou calado. 

*

Chegando ao acampamento, já era quase hora do sol nascer. Mas havia alguns gatos de vigia que os comprimentaram silenciosamente. 

*

Quando o sol nasceu, Estrela Tempestuosa chamou todos os gatos do clã. 

--- eu agora com minhas nove vidas e nomeado como líder me chamo Estrela Tempestuosa. Conto com vocês --- ele avisou e todos os gatos concordaram. 

O resto do dia foi bem agitado para Estrela Tempestuosa, ele aprendendo a ser líder com Fuligem, organizando pratulhas de caça e etc. 

CONTINUA.... 


Notas Finais


Acho que errei em algumas coisa, gente me desculpe, é que eu não li o livro em que Estrela de Fogo ganha suas nove vidas então eu fiz o mais parecido que consegui, claro que com conselhos dos meus amigos.

E tenho uma notícia ruim (para mim) as minhas aulas voltaram ;-; então so fim de semana vou postar Cap novo.
Até o proximo Cap, 😘💝


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...