História Clichês_um gamer apaixonado - Capítulo 65


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lynn, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Visualizações 40
Palavras 1.010
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 65 - Isso dói...


Fanfic / Fanfiction Clichês_um gamer apaixonado - Capítulo 65 - Isso dói...

Eram mais ou menos umas sete da noite, Lysandre e eu estávamos assistindo a Alice através dos espelhos quando a campainha toca.

Lysandre: eu entendo. –Ele se levantou rapidamente retirando de cima de si o cobertor que o envolvia. –Alexy? –Quando ouvi a voz do azulado me levantei e fui recebe-lo com um abraço apertado.

Lynn: hey! Alexy! –O abracei enquanto ele correspondia com certa força.

Alexy: você está bem pequena? -Perguntou observando meu rosto e obviamente sorrindo forçado.

Lynn: estou sim. Como você está?

Alexy: eu gostaria de me sentar e conversar com você. –Estou com medo agora, os piores e mais assustadores pensamentos me passaram pela mente.

Lynn: claro, pode.

Alexy entrou e Lysandre fechou a porta e dirigiu-se a escada.

Lysandre: eu vou deixar vocês em paz, qualquer coisa me chamem. –Disse da forma mais simpática possível.

Alexy respirou fundo.

Alexy: eu vim falar sobre o Armin. –o azulado ficou cabisbaixo.

Lynn: eu já imaginava.

Alexy: você não faz ideia... olha, primeiro devo te falar sobre a Nick, ela é uma garota adorável... entretanto, é a ex do Armin, acho que posso dizer isso.

Lynn: entendo... e, porque eles terminaram?

Alexy: esse é o problema, eles nunca terminaram, ela deve achar que ainda estão juntos sei la... Deixa eu explicar melhor, Nick foi fazer intercambio e perdeu contato com o Armin depois de oito meses, e eles não se falaram desde então por dois anos, esse tempo todo o Armin ficou muito mal, ela fez meu irmão ficar doente por muito tempo, ele realmente a amava, até que você chegou e cuidou dele. Ela voltou, não sei oque vai acontecer, o Armin não assumiu você na frente dela por medo.

lynn: por medo?

Alexy: Lynn, ele ainda gosta dela, se dissesse que estava namorando ia...

Lynn: eu entendo.

Alexy: deixe-o esclarecer as coisas primeiro certo? Não faço ideia do que ele vai fazer, mas acredite ele te ama. Por favor não termine com ele por conta da burrada ja feita. eu adoro muito você.

Lynn: tudo bem Alexy, vamos ver oque vai acontecer... –Ele forçou um sorriso e se levantou.

Alexy: bem, era isso. Eu vou indo agora, qualquer coisa te aviso. –Acenei com a cabeça e ele saiu.

Voltei a sentar no sofá e Lysandre desce as escadas me olhando.

Lysandre: que houve? Porque está triste? Armin fez alguma coisa?

Lynn: não, não. Ele não fez nada... Só, acho que vou me deitar.

Lysandre: claro, já preparei sua cama. Infelizmente Leigh não vai dormir em casa, parece que foi dormir na casa da Rosalya, eu vou ficar no quarto dele.

Lynn: tá bem, então eu vou subir. –O heterocromático confirmou com a cabeça e eu passei por ele indo ao quarto.

Me deitei na cama e me cobri com o cobertor. Essa noite vai ser longa, é melhor eu tentar dormir logo...

Quando estava entre dormindo e acordada meu celular vibrou. Peguei-o vendo que já eram uma da manha. Armin me mandou mensagem, estou realmente interessada.

MENSAGEM ON

Armin> lynn? Tá aí?

(meu coração começou a bater mais rápido)

Lynn> estou aqui...

Armin> eu, me desculpe por ter feito aquilo, eu sinto muito.

Lynn> tudo bem... Porque não veio aqui?

(ele visualizou e demorou um tempo para responder)

Armin> desculpe...

Armin> lynn, eu tenho que te contar uma coisa...

Armin> eu não estou em casa.

Lynn> como?

Armin> estou no aeroporto, no avião... Eu estou indo pro Canadá.

Lynn> oque?! Armin, oque você vai fazer no Canadá?

Armin> eu queria falar com você pessoalmente, mas, nick só tinha hoje aqui, já tinha comprado a passagem e eu não tive tempo.

Lynn> vai com ela???

Armin> Desculpa Lynn, mas eu a amo, amo de verdade...

(meus olhos...)

Armin> nós nunca terminamos entao... eu estou com ela.

Armin> é covarde da minha parte fazer isso pelo celular eu sei, mas nós não estamos mais juntos...

Lynn> acho que nunca estivemos.

MENSAGEM OFF

 

Sem esperar uma resposta do Armin eu desliguei o celular e me encolhi na cama sentada enquanto desmanchava em lagrimas.

Aquilo foi tudo falso?

Nosso amor foi uma farsa?

Eu devo estar sonhando eu só posso estar sonhando...

Eu estava no meu cantinho, abraçada com o travesseiro ainda chorando, tentando não fazer muito barulho para não acordar Lysandre. Em vão. Quando ele entra no quarto as pressas e sem dizer nada me abraça.

Lysandre: lynn... Não chore.

Lynn: ele terminou comigo Lysandre... ele terminou comigo pelo telefone! –Lysandre não disse nada, apenas me abraçou com mais força. Ele me colocou para deitar ainda me abraçando e em meio a soluços eu dormi.

Quando acordei estava sozinha na cama com a cara provavelmente inchada, era sábado eu me levantei sentando na cama observando o ambiente. Peguei o celular e haviam todas as mensagens de ontem a noite, sem contar algumas chamadas do Alexy e “desculpas” do Armin.

Foi tudo real...

Porque ainda duvidei disso?

Desci as escadas vendo Leigh arrumada saindo pela portada frente, Lysandre dormia no sofá. Terminei de descer e me aproximei dele sentando no chão a sua frente. Peguei meu celular já  que não tinha nada pra fazer. Respondi Alexy dizendo que estava “bem”.

Lysandre: bom dia...- sussurrou o platinado em meu ouvido e eu me assustei. Batendo a cabeça no braço do sofá. –Desculpe...

Lynn: rs. –Forcei um sorriso.

Lysandre: está realmente bem?

Lynn: bem que queria, estou só o corpo...

Lysandre: ao menos conseguiu dormir?

Lynn: sim, ahm... obrigada por estar la Lysandre.

Lysandre: Alexy me telefonou, disse que Armin havia dito a ele que terminara com você, e desesperadamente ele tinha me ligado.

Lynn: Alexy é um fofo...

Lysandre: está com fome?

Lynn: sim, um pouco.

Lysandre: eu vou na padaria. –Ele se levantou e colocou uma camisa saindo em seguida sem ao menos colocar um casaco, parece mais preocupado com minha fome que qualquer coisa.

Entrei nas redes sociais para passar o tempo e acabo vendo algo que não quero, uma foto de Armin e Nick, estavam num avião juntos. Com seus lábios próximos... Realmente felizes...

Droga Armin. Isso machuca...


Notas Finais


Me desculpem, estavam defendendo tanto o Armin, mas mal sabiam oque ele faria...
fiquei com pena...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...