História Close - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin, Yoonseok
Exibições 245
Palavras 538
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiro agradecer pelos 15 favoritos sem eu nem ao menos postar o primeiro capítulo, sem são destruidores mesmo viu? Amo vocês ❤
Segundo dizer que essa fic não vai ser tão amorzinha assim, se preparem pra muita coisa.
Terceiro que eu amo Yoonseok ❤

Capítulo 1 - Sensações estranhas.


Fanfic / Fanfiction Close - Capítulo 1 - Sensações estranhas.

                  Yoongi P.O.V

Segunda Feira, 2011.

Acordei com Jin me balançando e dizendo que já tinha horas tentando me acordar. Tive que tomar um banho rápido e pegar uma maçã pra ir comendo enquanto íamos andando até a escola. Morávamos relativamente perto da escola, era uma caminhada de 10 minutos se fôssemos andando acompanhando meus passos lentos e arrastados. Eram como se meus pés estivessem cravados no chão e eu tivesse que exercer uma força sobrenatural para conseguir enfim dá um passo.

Logo quando chegamos na escola encontramos com Hoseok, que fez questão de nos abraçar e nos puxar para checarmos nossos nomes na lista. Eu não ligava muito para o fato de em que sala eu iria cair, no fim eu iria dormir a maior parte do tempo e estudar em casa, sempre foi assim e eu sempre me saí bem desse mesmo jeito. Acabou que eu caí no 2°A junto a Hoseok e Jin no 2°C sozinho. Eu me preocupei um pouco com o fato de deixá-lo sozinho, mas era de Jin que estávamos falando, se nem ele deveria estar preocupado, porque eu teria que estar?

Segui para minha sala e sentei em uma das cadeiras do fundo encostada à parede. Era um bom lugar, a luz não pegava tanto, a professora não enxergava direito e o grupinho barulhento se mantinha afastado. Para meu azar ou sorte, Hoseok se sentou ao meu lado. Como minha meta era dormir como se não houvesse amanhã apenas abaixei minha cabeça entre meus braços e fechei meus olhos. Depois de alguns minutos senti uma respiração quente atingir em cheio meu rosto e abri um pouco de meus olhos, péssima escolha. Hoseok estava a minha frente me olhando como se eu fosse a coisa mais interessante do mundo. Eu podia ouvir a professora de português explicar algo e os alunos conversando em seus próprios mundinhos particulares, então porque ele estava me observando?

Eu e Hoseok éramos amigos desde sempre, e desde sempre também eu sentia umas coisas estranhas quando estava com ele. Meu coração batia extremamente rápido, minhas mãos soavam, as palavras em minhas mente perdiam o sentido, eu gaguejava e meu rosto ficava em uma tonalidade de vermelho forte. Hoseok despertava um lado de mim que ninguém mais conseguia e o pior era que essa nunca foi a intenção dele.

-“Quando você tá dormindo, você fica mais lindo ainda.”- Retiro oque disse, às vezes parecia que era intencional. Meu rosto deveria estar mais vermelho que tomate e Hoseok soltava uma risadinha besta. -“Você é muito fofo com vergonha”- Senti um selar na ponta do meu nariz e Hoseok se ajeitar na cadeira prestando finalmente atenção a aula.

Meu coração batia tão forte e rápido que eu tinha medo dele estar ouvindo. Minhas mãos não só suavam como tremiam. Agora não só meu rosto como minha orelha e sabe-se lá o que mais deveria estar mais vermelho do que nariz de palhaço. Me levantei devagar e fui até o banheiro. Molhei meu rosto e tentei espantar todas essas estranhas sensações que Hoseok despertava em mim. Procurei em minha mente um explicação óbvia para aquilo, mas a única coisa que fazia sentido era que eu estava apaixonado completamente, perdidamente, irremediavelmente apaixonado por Hoseok.


Notas Finais


Prometo atualizar o mais rápido possível.

Me digam o que acharam❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...