História Close as Strangers - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Demi Lovato, Selena Gomez
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford
Tags 5sos, Criminal, Máfia, Romance, Segredos
Exibições 78
Palavras 1.661
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Demorou mais que o previsto, mas saiu! Obrigada por todo o apoio e a compreensão, é muito gratificante ter leitoras tão maravilhosas quanto vocês <3 Esse capítulo é dedicado a vocês e espero que gostem.
A fanfic ganhou uma nova capa, feita pela a diva da Linnox e um banner de capítulo exclusivo feito pela a maravilhosa da Storan (ambas do blog Sucker Designs) Obrigada lindas!
Sem mais delongas, boa leitura!

Capítulo 10 - Action Time Part I


Fanfic / Fanfiction Close as Strangers - Capítulo 10 - Action Time Part I

 

Hailey Point Of View

Olhei em volta e sorri satisfeita com o que via. Paredes pintadas em tons neutros, móveis sofisticados e uma decoração belíssima, descrevia perfeitamente o meu novo quarto. Composto por um lindo lustre de cristal ao centro, uma cama King Size próxima a janela principal e algumas vidraças, tornava tudo ao redor mais vivo, arejado e consequentemente mais lindo.

Depois que Megan e eu, nos deparamos com aquela péssima surpresa em nosso apartamento, tivemos que recorrer a quem eu menos queria: Calum. Ficamos hospedadas em sua mansão por três dias, tempo suficiente para arrumarmos outro local para morarmos e também para o pouco de paciência que me restava ir para os ares, visto que, durante as horas que passei novamente sobre o mesmo teto em que Calum, eu não tive paz. Piadas de péssimo gosto, indiretas e provocações ridículas vindas da parte dele fez com que a nossa convivência por lá ficasse insuportável, porém, agora, graças aos céus, eu já estou livre.

Com a ajuda de Luke, conseguimos encontrar o nosso novo lar e eu comprei a nova mansão Johnson. Dividida em dois andares, ela é organizada da seguinte forma: na parte de cima, ficam os quartos, sendo eles oito no total; na parte de baixo, se localizam: a sala principal, sala de jantar, escritório, cozinha, despensa e o jardim, onde situa-se ao lado direito: a área de lazer e saúde; piscina, sauna e academia; e ao lado esquerdo: a garagem, sala de monitoramento das câmeras e a ala dos seguranças.

Caminho até a varanda de meu quarto, onde debruço-me sobre o parapeito da grade, a fim de apreciar melhor a bela vista que possuo de meu lindo jardim. Entretanto, meus pensamentos não sossegam e não consigo parar de pensar um instante se quer, no maldito imbecil que vem me causando tantos problemas, F. P são as iniciais de seu nome. Afinal, quem é este infeliz? Ainda me recordo do estrago que ele fez em meu antigo apartamento e na raiva que senti naquele dia.

Flashback On

As portas do elevador se abrem, mostrando-nos que finalmente chegamos ao nosso andar e saímos de dentro do mesmo, juntamente com nossas sacolas em mãos. Seguimos em direção a porta de nosso apartamento e ao me aproximar dela, retiro as chaves de dentro de minha bolsa para destranca-la, porém, quando vou abri-la percebo que na verdade ela já se encontra aberta.

Troco olhares com Megan e rapidamente colocamos nossas compras em um canto qualquer, pegando logo em seguida as nossas armas, e quando estamos prontas, empurramos a porta com tudo. Assim que entramos, nos deparamos com tudo em um estado caótico, uma verdadeira calamidade. Móveis revirados, paredes pichadas, papéis rasgados, quadros e outros objetos da decoração da sala completamente destruídos.

— Mas o que aconteceu aqui? — sussurra Megan perplexa.

— Eu não sei, mas vamos descobrir. Faz uma vistoria na cozinha e na varanda, que eu vou dar uma olhada nos quartos. — digo e ela assente.

Sigo em passos firmes, porém silenciosos em direção ao corredor que dá acesso aos quartos e entro no primeiro que é o de Megan. Confiro tudo, mas não há nada de anormal nele, além da bagunça que fizerem.

Em seguida, vou para o meu e assim que o adentro, sinto o meu sangue ferver. Entretanto, os motivos não são o fato da maioria das minhas roupas estarem rasgadas, muito menos meus perfumes que foram quebrados, ou até mesmo minhas maquiagens que estão inutilizadas, mas sim, a frase que está escrita em minha parede em letras grandes e destacada de vermelho.

— MEGAN! — grito.

— OI? — ela grita de volta.

— VEM ATÉ O MEU QUARTO! — digo ríspida e escuto seus passos apressados.

— O que foi? — ela diz eufórica assim que o adentra.

— Olha só quem reapareceu! O nosso velho amigo das mensagens anônimas e para melhorar, agora ele resolveu se identificar. — digo irônica e assim como eu, Megan fica furiosa e fecha automaticamente suas mãos em punho ao ler a maldita frase:

Sentiram minha falta, vadias? — F. P”

— Desgraçado! E agora Hailey, o que vamos fazer? — ela diz irritada.

— Encontrá-lo e matá-lo! — digo com ódio.

— Isso com toda a certeza, mas por hora, precisamos sair daqui, não estamos mais seguras.  Eu vou ligar para o Luke. — ela diz.

— O que? Ligar para o Luke?

— Sim Hailey, ele pode nos ajudar a descobrir algo e também precisamos de um lugar para ficar. — ela diz.

— Você não está pensando em...

— Pedir para ficarmos na mansão? Sim, eu estou. — ela diz.

— Mas... você por acaso enlouqueceu? — digo incrédula.

— Não. — ela diz pegando seu celular.

— Megan não se atreva! Eu não vou para lá!

— A Hailey, faça-me um favor! Olhe em volta, veja o estrago que esse maldito causou, está mais do que claro que tudo isso foi apenas um aviso, logo, você gostando ou não, precisa admitir que ele está a um passo a nossa frente. — ela diz firme.

— Sim, você tem toda razão quanto a isso, porém não precisamos recorrer a eles, podemos resolver isso sozinhas. — digo bufando.

— Podemos sim, porém apenas quando estivermos instaladas em um local seguro, coisa que aqui não estamos mais. Portanto, eu vou sim ligar para o Luke!

— Pois ligue! Corra para os braços do seu namorado, eu não vou te impedir! Mas não espere que eu vá junto para a mansão de Calum, pois isso eu não farei, pode deixar que eu me viro. — digo ríspida.  

— Céus! Não banque a estúpida Hailey! Você sabe mais do que ninguém que situações críticas, requerem medidas drásticas. Logo, pare já com essa teimosia e orgulho besta! Nós duas vamos para lá, porque essa é a nossa melhor opção no momento. E não adianta discutir, você sabe que eu tenho razão. E tem mais, outro dia fomos nós que os ajudamos, quando os recebemos aqui, agora está na hora deles retribuírem. — ela finaliza séria e eu me dou por vencida.

— Arg! Eu te odeio! Pode ligar para o seu poste loiro, mas que fique claro que amanhã mesmo nós vamos começar a procurar a nossa nova mansão, eu não vou ficar nem um minuto além do necessário dentro do mesmo ambiente que aquele ser.  — digo firme e ela sorri vitoriosa.

— Tudo bem, como quiser. — ela diz e então inicia sua chamada, logo em seguida falando com Luke. — Oi amor, eu preciso da sua ajuda...

Flashback Off

— Hailey? — sou despertada de meus pensamentos por Megan me chamando. — Já está pronta? — ela diz e eu volto para dentro do quarto, fazendo-a me encarar de boca aberta. — Puta que pariu, você está muito gostosa! — ela diz e eu gargalho, jogando os meus longos cabelos loiros da peruca que estou usando para trás.

— Você também não está nada mal. — digo observando-a dos pés à cabeça, vendo que ela está usando um vestido justo preto, que vai até a metade das suas coxas e que possui um decote generoso, destacando assim, a parte dos seus seios, os deixando aparentemente maiores e avantajados. No rosto, prevalece uma maquiagem forte, com uma sombra escura, que está destacando os seus olhos azuis, obviamente, por conta das lentes de contato que ela usa, acompanhado de um lindo batom marrom. E por fim, seus longos cabelos castanho escuro, deram lugar a uma peruca de cabelos curtos e preto, seguido de uma franja, que deu um toque sensual ao seu look, deixando-a completamente maravilhosa.

— Obrigada, eu sei que arraso. — ela diz convencida e eu gargalho outra vez.

— Vamos de uma vez. — digo e pego minha bolsa, logo saímos do quarto e nos dirigimos as escadas que dão acesso ao térreo. Descemos e vamos em direção a entrada, onde os nossos carros já nos aguardam. Megan entra no seu e em seguida eu entro no meu. Damos partida e seguimos para o local que colocaríamos nosso plano em prática: Boate Lótus.

Hoje vamos mostrar ao nossos inimigos que não estamos para brincadeira. Não está entendendo nada? Pois bem, eu explico. Desde que cheguei a Sydney, tanto Calum, quanto eu, só estamos sendo alvos fáceis, visto que, esse desgraçado só vem nos atingindo. Porém, lembrem-se que descobrimos a identidade de um de seus homens quando explodiram a mansão Hood, seu nome é Victor Lee, o idiota que coincidentemente é o mesmo que Calum jurava ter matado no passado, quando ele teve um de seus surtos desnecessários.

No entanto, por algum motivo desconhecido ele está bem vivo, mas ao invés de permanecer em seu canto sossegado, resolveu novamente entrar em nossos caminhos, nos causando agora, realmente graves problemas. E por conta disso, ele não terá a mesma sorte que já teve, sua morte já está marcada e dessa vez não terá erros, pois, eu mesma serei a responsável pela a mesma.

O plano será o seguinte: Assim como Megan, eu também estou disfarçada. Meus cabelos curtos e pretos estão bem escondidos, por uma peruca com longos cabelos loiros. Meus olhos estão marcados por uma sombra forte e escura, juntamente com minha boca que está sendo bem destacada, pelo o meu batom vermelho sangue. Em meu corpo, estou usando um vestido vermelho de mangas, justo, na altura dos joelhos, que possui um lindo decote em formato ‘V’, realçando assim, meus seios fartos. Todo esse trabalho com essa produção, ocorreu exclusivamente por conta de um único intuito: não sermos descobertas. Pois, se nada der errado, conseguiremos alcançar a nossa meta da noite que é: seduzir, capturar, obter informações de Victor Lee, e logo após aniquilá-lo.

Não demora muito e logo já estamos chegando a boate. Estaciono meu carro e saio do mesmo. Megan se aproxima de mim e juntas encaramos a fachada, grande e luminosa dando vida ao nome do lugar.

— Está preparada para voltar à ativa? — ela me questiona com um sorriso de lado.

— Eu preciso mesmo responder? — digo e ela sorri negando. — Chega de papo, vamos nessa, é hora da ação. — digo firme e então caminhamos até a entrada.

Chegou a hora! Victor Lee, se prepare querido, você não imagina o que lhe espera.

 


Notas Finais


A partir do próximo capítulo a ação começa de verdade. Deixem suas opiniões, críticas sempre são bem vindas, desde que as mesmas sejam construtivas.

* Se quiserem conferir:

* Cabelo e maquiagem da Hailey: http://static1.purebreak.com.br/articles/4/91/4/@/5138-a-diapo-3.jpg

* Cabelo da Megan: http://www.ew.com/sites/default/files/styles/tout_image_612x380/public/i/2015/08/03/selena-gomez_612x380.jpg?itok=i6lOywVW
Com esse olho: http://s2.glbimg.com/U6QHoZjp1DGGdiiJrbESuAhOfWI=/smart/e.glbimg.com/og/ed/f/original/2015/11/11/gettyimages-496585742.jpg

Xoxo May


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...