História Close As Strangers - Capítulo 42


Escrita por: ~

Exibições 185
Palavras 1.104
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá gente, tudo bom? Espero que sim.
Sei que demorei novamente para postar, mas já estou de volta.
Venho anunciar que a fic esta em reta final, infelizmente :/ A fic vai terminar no capitulo 50.

Espero que gostem.
Boa leitura e até a próxima.

Capítulo 42 - Ele nunca mais vai voltar


"O amor é uma fonte inesgotável de reflexão, profunda como a eternidade, alta como o céu, vasta como o universo."
-Alfred de Vigny

 

-Você tem que dar uma chance a ele, Bi – Bella disse assim que se jogou no sofá de casa – Ele não fez nada demais, foi apenas uma foto.

-Sabia que ele não ia aguentar muito tempo – Suspirei – É óbvio que aqueles dois estão juntos, viu como Ashton olhava para a garota, parecia esta apaixonado.

-A única pessoa pelo qual ele esta apaixonado é você, senhorita teimosa – Riu – Escreve o que eu estou te falando, ele ainda te ama.

-Duvido – Revirei os olhos – Vou pegar a pipoca.

-Tudo bem.

Assim que terminei de distribuir a pipoca em dois potes, voltei para a sala e entreguei um para Bella que já havia colocado um filme na televisão. Depois que começamos a faculdade, tivemos que diminuir os nossos encontros, antes nos víamos todos os dias, agora só nos víamos nos finais de semana, para sair para comer fora ou até mesmo para estudar.

-Filme de terror de novo? – Perguntei fazendo uma cara de tédio, Bella se apaixonou por filme de terror e mal assiste sobre outros tipos. Ela sorriu assentindo e eu revirei os olhos, não tinha outra escolha, teria que assistir o filme querendo ou não.

Até que o filme não era tão ruim, os efeitos eram incríveis e até que eu consegui me assustar. Bella não tirava o olho da tela da televisão, apenas ri quando ela tentou pegar a pipoca, mas errou.

Assim que acabou, liguei para pizzaria e pedi uma pizza para jantarmos, papai iria passar a noite trabalhando e Ana havia saído com algumas amigas e iria dormir na casa de uma delas.

Terminamos de jantar e começamos a conversar sobre a faculdade, eu estava muito curiosa sobre a faculdade dela, então aproveitei para saber como funciona. O meu celular vibrou e pude ver que era Brian.

“Bianca, podemos conversar?” – Brian 19:08.

“Claro, pode falar” – Bianca 19:09.

“Tem que ser pessoalmente, posso ir na sua casa?” – Brian 19:09.

“Agora????” – Bianca 20:00.

“Sim, por favor” – Brian 20:00.

“Tudo bem, pode vir” – Bianca 20:01.

“Daqui cinco minutos estou ai” – Brian 20:02.

-Com quem você esta falando? – Bella perguntou curiosamente.

-Com o Brian, ele quer conversar – Expliquei – Você vai ter que ir embora.

-Por quê?

-Por que ele vai vir aqui – Peguei algumas coisas que estavam jogadas pela sala e guardei, quando me virei para Bella, ela inda não havia se movido – Vamos Isabella, ele já vai chegar.

-Eu em! – Reclamou e pegou sua bolsa – É assim que você trata suas amigas?

-Também te amo – Beijei a bochecha dela e abri a porta – Depois nos falamos.

-Tudo bem – Bufou e saiu de casa.

Fechei a porta e voltei arrumar a casa que parecia que havia sido revirada de cabeça para baixo, não sei por que estou me preocupando tanto em deixa-la arrumada. Depois de alguns minutos a campainha tocou e eu fui rapidamente abrir a porta, Brian estava parado com as mãos no bolso, seu cabelo estava bagunçado.

-Olá Bianca – Pelo seu hálito ele havia bebido.

-Você bebeu Brian? – Perguntei e ele sorriu igual um bobo – Entra – Puxei ele pela mão para dentro de casa – O que deu em você para beber desse jeito? Você não é desse tipo.

-Eu e Sammy terminamos – Disse e eu arregalei os olhos, pensei que nunca iria ouvir isto – Ela é uma vaca.

-Isso eu sei, mas por que terminaram? Vocês faziam um casal perfeito – Acompanhei-o até o sofá e deitei ao lado dele.

-Ela beijou outro cara, bem na minha frente – Admitiu – NA MINHA FRENTE!

-Eu entendi – Segurei a mão dele tentando o acalmar e ele me olhou – Ela deve ter bebido ou algo do tipo, ela te ama.

-Ama nada, ela só gosta de mim por que nenhum dos outros caras que ficar com ela – Riu debochando – Eu sou o único idiota que a aguenta.

-Não fala assim...

-Esta é a verdade, ninguém a aguenta, nem mesmo você que é boazinha com todo mundo.

-Eu não sou boazinha com todo mundo – Me defendi.

-Claro que é!

-Não sou!

-Você é totalmente ingênua, consegue ser pior que eu no quesito trouxa – Disse rapidamente – É apaixonada por um baterista que pega uma garota diferente a cada noite e ainda sonha que vão casar e ter dois filhos.

-Cala a boca! – Me levantei do sofá e me afastei dele, ficando de costas a ele – Você não entende nada sobre isso.

-Você que não aguenta a verdade – Ele continuou – Ele nunca mais vai voltar, ele já seguiu a vida dele.

-CALA A BOCA BRIAN! – Explodi – Se você veio aqui para falar mal do Ashton, pode ir embora.

-Eu... – Foi em questão que instantes que o chão da sala ficou todo sujo de vomito.

-Ah não... Era só o que me faltava – Suspirei.

-D-Desculpe – Gaguejou.

-Vá ao banheiro, não quero que vomite de novo aqui – Ele assentiu e subiu as escadas enquanto eu pegava tudo o que precisava para limpar aquilo.

Depois de alguns minutos esfregando o chão da sala, consegui que aquele cheiro horrível saísse, até por que já estava me dando enjoou.

Guardei as coisas e subi as escadas em direção ao banheiro para ver como Brian estava, mas ele não estava no banheiro. Andei pelo corredor olhando para os quartos até chegar ao meu, onde Brian estava deitado na cama.

-Quem deixou você entrar aqui garoto? – Perguntei brava, mas ele não me respondeu, logo percebi que havia adormecido – Não acredito que isto esta acontecendo – Passei a mão pelo cabelo – Tudo bem Bianca, tudo bem – Decidi deixar Brian quieto e me deitei na cama de Ana, onde logo adormeci.

 

(...)

 

-NÃO! SAI! SAI! – Acordei com berros, me sentei na cama assustada e olhei para Brian que suava, ele estava tendo um pesadelo – ME DEIXA EM PAZ!

-Brian! – Sai da cama e me sentei na cama dele dando leves tapas em seu rosto para acordar – Brian! Acorda! – Parecia que ele havia saído de um transe, seus olhos se abriram e ele se abraçou a mim – O que aconteceu?

-Um pesadelo – Suspirou.

-Você esta melhor? Fiquei com medo...

-Estou bem – Garantiu – Pode dormir comigo?

OI?

-Dormir com você?

-Do meu lado, por favor – Suplicou.

-Tudo bem – Suspirei e me deitei ao seu lado – Mas se tentar algo, te jogo no chão.

Ele riu fraco e se ajeitou na cama. A minha cama não é muito grande, mas coubemos nela. Fiquei acordada por mais tempo, não estava conseguindo dormir e as palavras de Brian ecoavam em minha mente, será que ele estava certo? Ou eu ainda tenho chances com Ashton?

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...