História Close As Strangers - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Exibições 14
Palavras 1.819
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii,
Espero q gostem do capítulo

Capítulo 3 - Three


Fiquei lá, chorando em ter que lembrar tudo que Calum me fez, me usou tanto que nem sei explicar o que eu sinto, ninguém entende como eu tenho medo dele, medo do que ele pode fazer comigo.
   -Abre a porta?-ele perguntou batendo na porta
   -Sai daqui, você é a pessoa que menos quero ver agora-gritei soluçando
   Eu só quero um colo, um ombro, alguém para chorar, nem falar alguma coisa eu precisava, só de um abraço e alguém. Sei que todo mundo vai querer que Calum fale comigo e ninguém vai querer ver
   -Filha, você tem duas opções, ou deixa Calum entrar e te ajudar ou vai ficar chorando ai, para sempre até parar de gracinha.
   -Prefiro morrer do que deixar ele me ajudar-gritei e vi que o que falei tinha deixado ele triste
   -Tudo bem tia Lúcia, ela não gosta de mim mesmo, é melhor deixar queto-ouvi ele falando
   -Fica aqui, ela vai perceber o que ela fez-ela falou e bateu na porta-Se quiser alguém ele ta aqui 
   Pensei um pouco em deixar ele entrar, o que custa? No máximo ele vai pensar que eu tou de bem com ele, mas ai eu falo a verdade. Agora só preciso de alguém
   -Calum, entra-falei depois que destranquei a porta e voltei para minha cama
   -Já tava descendo, mas já que você quer-ele disse ainda de pé
   -Calum, eu não quero você, eu quero qualquer um-disse e ele ficou meio sem graça-Pode sentar aqui
   -Você nem ta mais chorando, ainda precisa de mim?-falou sem graça se sentando
   -É aquele ditado, rir para näo chorar, eu to me corroendo aqui dentro-falei com meu olho marejando só de lembrar
   -Eu acho que você não precisa falar o porque ta triste e assim, vou acabar ficando triste, só relaxa e chora o quanto quiser, vem-ele falou me puxando para o colo dele, porém só cloquei minha cabéça na perna dele
   Fiquei lá chorando e ele não mudou nenhuma expressão e só ficou passando a mão no meu cabelo e me ouvindo chorar.
   -Calum-falei olhando para ele-Por que esta fazendo isso?
   -Sei lá, tava com saudade disso-ele falou e sentei
   -É verdade?-perguntei não acreditando 
   -É super verdade, mas não quero que você se sinta mal nem nada assim, então pode colocar tudo para fora-falou preocupado me puxando
   Por um momento senti o Calum de 13 anos, aquele que se importava comigo e não se deixava levar e fazia de tudo para ser do "melhor grupo do colégio".
   -Calum, me abraça?-perguntei carente, o que ta acontecendo comigo?
   -Claro, se você quiser-ele disse abrindo os braços
   Dei um abraço que não dava a três anos, um abraço que eu só conseguia dar nele, não sei explicar o tipo de abraço que é. Um abraço de melhor amigo com um pouco de amor demais.
   -Por que agora não ta com raiva de mim?-ele perguntou ainda me abraçando
   -Sei lá, não to normal, to carente de mais-falei e ele me soltou
   -Que calor, sentiu?-falou e neguei
   -Também, você ta de terno-falei e ele tirou o blaser. Caralho! Ele é muito gostoso, só de blusa imgina sem ela. Meu deus, o que ta acontecendo comigo?
   -Acho que já deu para vocês acertarem as contas, pelo menos eu acho-nossas mães falaram e nos tocamos da posição que estavamos, eu sentada no colo dele que estava com a mão na minha cintura e eu com a mão cruzando ele.
   -Não é nada disso que estam pensando-falei saindo dali
   -Então ta né-Joy falou entrando dentro do quarto-Tchau, agora estou indo embora que já é tarde
   -Tchau, vai com Deus-disse dando um abraço e um beijo-Obrigada por tudo Calum-sussurei para ele indo até a porta
   -Denada-falou me dando um beijo na bochecha-Vamos?
   Chegamos na porta e nos desperdimos, todos nós. Subi, tirei a maquiagem, tomei um banho rápido e fui dormir.
     (...)
   Essa semana passou muito rápido, isso era o que eu menos queria, passei cada segundo aproveitando com Joana e Yan, arrumando tudo e ficando distante do Calum
   -Filha, você tem que ir mesmo?-meu pai perguntar quando estava terminando de arrumar tudo
   -Infelizmente sim, mas pensa pelo lado bom, vou realizar meu sonho-falei o abraçando
   -Cadê meu abraço?-minha mãe disse e corri para a abraçar
   -Vamos? Já ta quase na hora-falei olhando a hora no celular
   Chegamos no aeroporto e já esatvam todos lá, Joy, David, Mali, Calum, Joana e Yan. Eu fiz check-in e chegou a parte que menos queria que acontecece, a despedida, teria que me despedir de todo mundo menos do Calum.
   -Miga, fica bem lá com ele tá?-Joana falou me abraçando
   -Vou tentar apesar de estar com medo de morrer-falei e rimos
   -Linda, jura que nunca vai esquecer de mim?-Yan perguntou e ri 
   -É obvio né, você é meu irmão-disse e ele me abraçou
   -Quelquer coisa eu to aqui para ti
   -Família Hood, a melhor família depois da minha-falei olhando para os três-Ta parecendo a três anos atrás, mas só que sem o Calum e agora tenho amigos
   -Nós te amamos, você sabe disso né-Joy falou e assenti
   -Amo vocês-falei dando um abraço neles
   -E nós?-minha mãe perguntou e fui atê eles
   -Pai e mãe, vocês sempre seram vocês então eu tenho certeza que nunca vou perder vocês-disse abraçando os dois
   Calum se despediu de todo mundo e entramos no avião, agora uma nova fase da minha vida vai começar, vou fazer faculdade em um novo país mas a única parte ruim é dividir não só o apartamento como minha vida com Calum, espero que pelo menos os amigos dele sejam legais e não babaca igual ele.
   -Aqui, eu sou ali na janela e você nesse canto-falei quando achei nosso lugares
   -Ta, pode sentar primeiro, vou no banheiro-falou e e peguei meu celular e o fone para sentar
   Passei boa parte da viajem sem sono, uma coisa que nunca acontecia comigo, só fiquei ouvindo música e tentando deixar Calum quieto porque ele não parava um segundo. 
   -Moça-o menino que estava no meio me cutucou quando estava quase dormindo
   -Que é?-perguntei abrindo o olho
   -Seu namorado não para de cantar-ele falou apontando para Cslum. Como é? Namorado?
   -Ele não é meu namorado, garotinho-falei brava-Calum, Calum-chamei e ele não ouviu
   -Então o que ele é seu?-o menino perguntou e fiz um sinal para ele calar a boca
   -Calum-gritei dando um tapa de leve na cabeça dele e olhou-Para de cantar alto, o menino aqui ta ficando irritado e eu to tentando dormir
   -Qual é, já tamos quase chegando, mas eu paro-falou e virei para tentar dormir
   Consegui dormir, mas nem descansei porque em pouco tempo Calum me acordou para sairmos do avião e conhecer nosso apartamento.
   -Ali, aqueles são meus amigos-ele falou apontando para três garotos bonitos com uma plaquinha que estava escrito "aqui Cal"
   Suspirei e fomos até eles, não entra na minha cabeça que a partir de agora Calum e eu viveremos juntos até acabar a faculdade, é tudo muito novo...
   -Oi meninos-Calum falou e cumprimentou os três meninos
   -Calum, agora que viemos para cá, virmos para ficar de vez-um loiro e alto falou e Calum sorriu
   -Concerteza. Meninos, essa é Julia-ele falou apontando para mim
   -Oi moça, você deve ser a tão famosa Julia que o Cal fala-um de cabelo pintado de verde falou-Prazer, sou Michael
   -Tão famosa?-perguntei confusa e ninguém respondeu, deixei pea lá. Apesar de que eu quero saber dessa história-Oi Michael, prazer, mas e vocês dois, quem são?
   -Prazer, sou Luke e ele é o Ashton-o loiro falou e apontou para um de cabelo castanho, que é o Ashton
   -Agora vamos meninos?-Calum perguntou e eles aceitiram, fomos todos para o estacionamento
   Calum foi na frente com Luke e eu fiquei atraz com Ashton e Michael, eles são bem legais, pelo que me falaram amam cantar e tocar já tem até uma banda que se chama 5 Seconds of Summer, o Michael é o mais brincalhão de lá e o que eu mais gostei. 
   -Chegamos, aqui é onde nós cinco vamos morar-Luke disse e Calum sorriu
   -Então vocês também vão morar aqui?-ele perguntou e Ashton acentiu
   Fomos até o elevador e subimos para o quinto andar, que era o nosso andar, o apartamento dos meninos é na frente do meu apartamento, Calum ficou bem feliz com isso, pelo visto vai passar bastante tempo  lá com os meninos.
   -Vamos ir no nosso apartamneto, vocês precisam conhecer o de vocês-Michael disse e os três entraram no apartamento
   Eu e Calum entramos no nosso e vimos com é lindo, a sala é o primeiro comodo, embudido nela tem a cozinha que é linda e depois tem o corredor com os quartos e o banheiro
   -Esse é meu quarto-falamos juntos perto da porta do primeiro quarto, perto da cozinha
   -Julia deixa eu ficar com esse quarto por favor-Calum falou com voz manhosa
   -Hmm, deixa eu pensar...-falei e ele criou esperanças, eu acho-...Não, eu vou ficar com esse quarto
   -Você não escolhe os quartos, eu vou ficar com esse-falou abrindo a porta
   Corri e pulei encima da cama, ele pulou encima de mim, tentando me tirar delá
   -Desiste Hood, você não vai conseguir-falei sarcástica e pisquei
   Ele tentou de tudo, até que pegou no meu ponto fraco, cocegas, fez primeiro no pescoço, ri muito,pedimdo para ele parar mas ele não parava, depois ele começou a me da cocegas na barriga, acho que ele esqueceu mas eu grito quando sinto muita cocegas, porque eu gritei muito, acho que foi alto demais também porque os meninos foram lá para ver oque estava acontecendo
   -Que isso gente?-Luke perguntou 
   -Nada, é que esse ridículo não quer deixar eu ficar no meu quarto em paz-falei e ele saiu de cima de mim se levantando
   -Esse quarto nem é seu ainda-falou bravo e ri
   -Calum, vai para o seu quarto, queremos falar com você-Ashton falou e Calum ficou emburrado
   -Bye bye-falei rindo-Te amo Ashton-falei e ele fez m coração com a mão
   Gostei muito dos amigos do Calum, eles são muitos divertidos e muitos parecidos comigo em alguns aspectos

  Calum's POV
   -Que é meninos?-perguntei bravo jogando minha mala na cama
   -Porque você tava daquele jeito com Julia? Ta rolando alguma coisa entre vocês?-Mike perguntou e fechei a cara
   -Ela me odeia, só qieria que ela fosse para esse quarto e deixasse aquele quarto para mim-falei nravo pegando meu celular e o fone
   -Nossa, bravinho ele né meninos?-Ash falou rindo e nem respondi
   Eles nem ninguém sabia mas apesar de eu querer fazer as pazes com ela, tenho medo dela me desrespeitar ou me tratar mal porque não gosta de mim ou melhor, me odiar
   -Vou sair ta, vou fazer alguma coisa legal e que meus amigos não me enxam o saco-falei saindo do quarto e saindo do apartamento batendo a porta
   Sai do prédio e sai andando por ai, decedi que nem ia pegar o carro porque não ia fazer nada dirigindo, pelo menos andando da para eu ouvir vozes, ver tudo de lindo em Londres...

 

 

 


Notas Finais


Iai, gostaram? Espero que sim, comentem e favoritem se quiserem.

E desculpa a demora por postar.

PS: tenho outra fic, se quiserem conferir, esse é o link: https://spiritfanfics.com/historia/amor-inesperado-5889486


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...