História "Close friends" - Sun and Moon - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Narusasu, Sasunaru, Yaoi
Visualizações 214
Palavras 1.775
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


A primeira história da nova saga "close friends" aeee! Não será uma fanfic muito longa, já avisando. Espero que gostem, boa leitura!

Capítulo 1 - Amigos de infância


“Close friends” – Sun and Moon

 

Cap. 1 – Amigos de infância

 

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

 

Narrador POV’s on

 

 Podiam ouvir as risadas vindas do andar de baixo, os adultos conversavam animadamente, como praticamente todos os sábados desde que os Uchiha haviam se mudado para Konoha novamente. Voltar depois de tanto tempo, e mesmo assim, ainda sentia que era sua casa – Era o que Sasuke sentia naquele momento. Era como se nunca tivesse saído de lá.

 - Distraído? – Naruto perguntou, tirando os olhos de seu celular e encarando o amigo.

- Um pouco. – Admitiu Sasuke. – Entediado, na verdade. -falou o moreno encarando os orbes azuis que o encaravam.

- Tem razão. Isso não é uma boa forma de passar um sábado. Eles estão lá bebendo e rindo, e a gente aqui, assistindo esse filme idiota. – Naruto apontou para a TV ligada em um filme qualquer, que nenhum dos dois prestava atenção.

- E o que sugere? – Sasuke o encarou, já imaginando que o loiro havia pensado em algo, ele sempre o arrastava para encrencas que nunca se meteria sozinho, e ainda sim não se arrependia.

- Acho que devíamos ir na festa do Kiba. -ele falou com um sorriso.

-Ah, claro, aquela que a sua mãe disse claramente para você não ir? – Sasuke sorriu irônico.

 Kushina não confiava em Kiba desde a última festa, em que a mulher teve que buscar Naruto na delegacia, por estar gritando bêbado na rua, xingando as pessoas, e incrivelmente xingou um policial e foi detido por desacato. Belo dia.

 - Essa mesma! -Naruto sorriu se levantando. Ele correu em direção ao guarda-roupas de Sasuke fazendo uma zona lá dentro, parecia procurar alguma coisa para substituir os moletons que Sauske usava.

- Legal, sabe que vai arrumar isso depois, não é? - Sasuke sorriu segurando sua irritação e aceitando as peças de roupas que o loiro lhe entregava.

- Claro, claro. – O moreno sabia que ele não arrumaria, mas ignorou isso por um momento enquanto tirava suas roupas, as trocando pela calça jeans rasgada nos joelhos e a camisa preta de mangas longas. Calçou seu coturno mais próximo e logo estava pronto.

- Escuta, diz pra eles que vamos para a casa da Sakura, já falei com ela, e ela vai concordar. -Naruto disse, sorrindo com a sua “genialidade”.

- Certo, vamos. -Disse Sasuke suspirando pesadamente, torcendo para não se encrencar novamente. Tinha acontecido com muita frequência desde que reencontrou Naruto semanas atrás.

Desceram as escadas normalmente, o loiro seguia Sasuke, com sua melhor expressão de mentiroso. Sasuke se aproximou do sofá, onde seus pais estavam bebendo e conversando.

-Mãe, estamos indo na casa da Sakura, ela estava reclamando por que voltei e não avisei anda, sabe como ela é. -disse Sasuke, em sua melhor atuação de “que droga, a Sakura...”

- Ah, tudo bem querido. Podem ir, só não voltem muito tarde, manda um beijo pra Sakura-chan. -disse Mikoto logo voltando sua atenção para a história de Minato e Kushina.

- Certo. Até mais. – Disse Naruto acenando para os adultos e logo Sasuke o seguiu para fora da casa. – É isso ai! – Comemorou o loiro começando a correr, sendo seguido por Sasuke.

Conhecia as ruas como a palma de sua mão, o loiro morava naquela cidade desde que nasceu, o que ajudava a conhecer os atalhos. Só pararam de correr umas cinco quadras depois, num beco ao lado de uma cafeteria famosa. Naruto apontou para a grade de alta que fechava o beco.

- Primeiro as damas. -Brincou naruto.

- Que legal, não tinha um caminho mais fácil? – Suspirou Sasuke empurrando o loiro de sua frente, começando a escalar, passando para o outro lado e se soltando, esperando o loiro fazer o mesmo. – Por acaso estamos invadindo uma propriedade? – Perguntou Sasuke.

- Não faço ideia. -riu o loiro, atravessaram a rua e seguiram por ruas mais chiques, as casas eram maiores e as ruas mais limpas.

- É os Inuzuka melhoraram de vida. -Comentou Sasuke enquanto andavam até a casa mais movimentada.

 

 Podiam ouvir a música alta, os adolescentes animados, gritando e rindo, bêbados -a grande maioria – correndo ou se pegando pela frente e varanda da casa, que estava uma bagunça. Sasuke jurava que a aquela pichação não estava na parede da varanda antes da festa, riu observando Shikamaru tropeçando nos próprios pés, enquanto tentava ganhar uma discussão sem sentido com Chouji.

- Isso aqui ta cheio! – Comemorou o loiro puxando Sasuke pelo braço, entraram na casa, esbarrando na multidão agitada que dançava ao som de alguma banda genérica de rock japonês.

- Sasuke, você voltou! – Kiba os encontrou, animado, abraçando o Uchiha, que se afastava o mais educado que conseguia, respondendo algumas perguntas do moreno.

- Isso aqui ta demais Kiba! – Gritou Naruto, logo acenando para alguns amigos, isso incluía Sakura, que bebia na bancada da cozinha americana, junto à Ino e Hinata. – Você se superou dessa vez! – Disse Naruto ao Inuzuka antes de correr para o grupo de garotas, Sasuke o seguiu com dificuldade de passar pelas pessoas em seu caminho.

- Sasuke! – Sakura o abraçou assim que ele se aproximou, ela sorriu-lhe entregando um copo, que Sasuke aceitou, tomando tudo em um gole. – Finalmente apareceu por aqui, não sabe o que perdeu semana passada! – Ela ia começar a contar alguma história que Sasuke certamente não se interessava, quando o loiro leu a expressão do Uchiha.

- Ei, a gente tem que ir, estamos procurando o Gaara. -Disse Naruto, se livrando da garota educadamente, logo seguiram por um corredor cheio, até que chegaram nos fundos da casa, onde puderam ver a melhor e mais épica festa na piscina. Foia  primeira vez que Sasuke viu Gaara em anos, e para sua surpresa este estava beijando uma garota morena na água.

- Acho que o Gaara te superou. – Riu Sasuke.

Gaara e Naruto costumavam competir sobre quem era o pegador, e obviamente nenhum dos dois tinha muito sucesso, era engraçado vê-los levando foras no ginasial, mas agora não imaginaria uma fama dessas pegando bem para nenhum dos dois.

- Até parece! – Riu o loiro. – Eu ainda tenho uma stalker apaixonada. -ele riu apontando discretamente para Shion, sentada a beira da piscina, rindo com uma garota que não conhecia.

- Ponto para você. Quem não quer uma ex grudenta? – ironizou o Uchiha.

O loiro pegou logo uma bebida na mesa cheia próxima a piscina. Logo voltaram para a casa, a música estava alta, mas podiam notar que agora os gritos histéricos animados estavam direcionados para uma mesma coisa. Logo que se aproximaram notaram uma rodinha pela sala, e no centro dela Ino beijava o garoto pálido, Sai, e eram aplaudidos por bêbados animados. Naruto riu.

- Ino vai se arrepender tanto disso, devem estar todos chapados. -Naruto riu.

Sasuke se lembrava bem, Sai gostava dela desde o fundamental, mas Ino tinha uma queda pelo próprio Sasuke, e ignorava o garoto.

- Só assim para ele sair da friendzone. -Sasuke riu pegando uma bebida no balcão da cozinha, ignorando o casal que se pegava do outro lado da mesma.

- Falou O garanhão! – Riu Naruto passando o braço pelo ombro de Sasuke com um sorriso malicioso.- Não vai mesmo me contar quem foi a garota misteriosa que pegou? – Naruto sussurrou.

Sasuke tomou um grande gole de sua bebida. Não havia garota nenhuma, havia mentido para Naruto, aproveitando que estava em outra cidade para contar o tipo de mentira que ele jamais descobriria, só assim para o loiro esquecer essa história.

 Tinha funcionado por um tempo, sua imagem de frio e distante estava menos frequente, e havia evitado esse tipo de conversa por muito tempo.

O sorriso malicioso do loiro desapareceu, e os olhos azuis analíticos estavam fixos em si, Ele já havia notado, ele sempre notava em algum momento. Era a parte ruim de ser amigo de alguém há muitos anos.

- Não precisava ter mentido. -Disse Naruto, parecendo chateado.

- Eu sei, esquece isso. – Disse Sasuke, simples, tomando um gole de sua bebida, antes de ser puxado por Naruto para o andar de cima, deixou cair seu copo já vazio, seu equilíbrio já estava afetado, subir as escadas foi um pouco mais difícil que o normal. Encarou o loiro pronto para reclamar, quando perdeu a fala, quando deu por si, estava com as costas á parede do corredor vazio, o braço de Naruto apoiado na parede ao lado de seu rosto. Ele estava tão perto que não sabia como reagir, estava perto de xingá-lo quando o loiro começou a falar.

- É melhor que a primeira pessoa a fazer isso não seja um completo estranho, certo? – Disse o loiro, seu olhar sério causava arrepios pela nuca do Uchiha.

- Ei, pare de brincadeira, esquece isso, é besteira. – Disse Sasuke o empurrando levemente, desviando o olhar, mas o loiro o encarou novamente, tão firme quanto antes.

- Não estou brincando Teme, ei, feche os olhos. – Ele disse. Sasuke riua nasalado, se perguntando o quanto o loiro havia bebido. Ele não podia estar falando sério.

 Quando os dedos de Naruto tocaram seu rosto sua ficha caiu, ia mesmo beija-lo, e de alguma forma, não parecia tão desagradável. Não sabia bem o motivo, mas fechou os olhos, sentindo a respiração quente contra o seu rosto. Não demorou a sentir os lábios contra os seus, em movimentos calmos, agarrou o casaco jeans do loiro, sentindo seu coração pulsando forte, mesmo com a música alta, podia jurar que havia ficado surdo, tudo parecia absurdamente calmo, estava completamente focado nos movimentos em que a língua dele fazia em sua boca, não pode evitar e correspondeu, sentia seu rosto quente. Quando os lábios se afastaram, quase protestou, mas conteve essa vontade e desviou o olhar para o lado.

- Você é mesmo um idiota, se importando com esse tipo de besteira. – Resmungou o Uchiha, tendo a certeza de que seu rosto estava vermelho, ao menos podia culpar a bebida dessa vez.

- Não é besteira. – O loiro riu, Sasuke o encarou de relance notando o rosto igualmente vermelho. – Quer saber, tem razão... Essa festa é encrenca, vamos voltar para casa, sua mãe vai ficar preocupada e-

Sasuke o interrompeu, o virando novamente, encarou os orbes azuis, controlou o impulso de beija-lo novamente, riu baixo, notando a expressão confusa do loiro.

- Esquece. Eu estou muito bêbado. – Disse Sasuke, logo descendo as escadas. – Você vem? – Encarou o loiro paralisado.

- Ah, sim! – Naruto sorriu logo o seguindo.

 

Logo aquela festa se tornou distante, até que não podiam mais ouvir a música. Caminhavam em silêncio de volta para casa, com sorte não passava de meia noite.

- Vamos esquecer isso? – Sasuke perguntou de repente, quebrando o silêncio.

- Claro... Vamos. – Naruto concordou, ainda distraído.

 


Notas Finais


Deixem seus comentários! Vejo vocês no próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...