História Closer - Emison - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars, Sasha Pieterse, Shay Mitchell
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Cece Drake, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Jason Dilaurentis, Samara Cook, Sasha Pieterse, Shay Mitchell, Spencer Hastings
Tags Alison Dilaurentis, Emily Fields, Emison, Pretty Little Liars, Sasha Pieterse, Sashay, Shay Mitchell
Exibições 453
Palavras 1.217
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Não me matem, sei que prometi close certo mas mudei um pouco de ideia e foi isso aí que saiu! Beijo amores.

Capítulo 5 - Capítulo 5


POV ALISON

Após todo aquele momento constrangedor sai do quartinho e voltei pra festa como se nada tivesse acontecido. Encontrei a Brooke morrendo de rir, correndo de um lado para o outro enquanto fugia da Samara, que parece já estar sem paciência alguma.

– Peste! — Escuto a Samara resmungar baixinho e chego do lado dela na mesma hora.

– O que você disse? — Indago fazendo ela levar um leve susto.

– Nada muito importante...

– Ah, claro… — Dou uma risadinha e a Emily chega ao meu lado. Ficamos nos encarando sem saber exatamente como agir durante um tempo até ouvir alguém pigarrear.

– Aconteceu alguma coisa? — Eu e Emily olhamos pra Samara que está na nossa frente de braços cruzados e com uma expressão raivosa no rosto.

Claro que aconteceu. Eu e sua noiva estávamos prestes a colocar mais um chifre na sua cabeça, além da sua noiva ficar flertando comigo e eu estar amando, mas fora isso, nada aconteceu não querida.

É claro que eu não vou dizer isso, porém é a coisa que eu mais quero fazer. Vejo a Emily negar e puxar um papo aleatório com ela, me deixando no meio das duas sem saber o que fazer. Sinto uma mão no meu ombro e me viro, vendo o Josh com um sorriso simpático no rosto.

– Tem uma baixinha de cabelo curto te procurando junto com um cara bem alto pra ela. — Se ele não estiver falando de Aria e Ezra, então eu não sei mais nem meu nome. Sai dali rapidamente e fui procurar meus amigos que não via há muito tempo. Rodei por alguns minutos pelo salão até ver a Hanna com o braço levantado tentando chamar minha atenção com Aria, Ezra, Toby, Spencer e seu noivo Jordan ao seu lado. Fui até eles e dei um abraço em cada um.

– Cadê a Emily e a Brooke? — Pergunta Toby assim que todos nos sentamos à mesa.

– A Brooke está brincando por aí e a Emily na última vez que vi ela, ela estava conversando com a Samara. — A Hanna revira os olhos e começa a procurar pela Emily com o olhar.

Depois de mais horas de festa, batemos o parabéns e os convidados começaram a ir pra casa. Esperei todos irem e fui pra casa com a Brooke, que ainda está estérica por conta da festa.

– Mamãe, eu amei quando o vovô apareceu. — Ela diz enquanto eu a ajudo a tirar a fantasia de princesa. No meio da festa meu pai apareceu com uma dúzia de presentes pra Brooke, e ela claro, amou. Eu não sei o que foi mais chocante; ele ter aparecido, ele saber a data de aniversário da Brooke ou ele ter sido uma pessoa legal. Terminei de tirar sua fantasia e ela correu pra pegar a Lola no colo.

– Que bom, meu amor, fico feliz. Agora solta a Lola porque você tem que tomar banho pra dormir.

– Eu não quero tomar banho.

– Filha, você correu e suou demais, você não tem querer, vai tomar banho querendo ou não.
– Não. — Foi a única coisa que ela disse antes de passar por mim correndo só de calcinha com a Lola no colo. Deus, o que eu fiz para merecer isso? Sai correndo atrás dela e a única coisa que eu ouvia era sua risada, que acabou me contagiando. Vejo a Lola correndo e vou atrás dela, porque ela só pode estar indo atrás da Brooke. Começo a seguir a cachorrinha e uns segundos depois sinto um peso nas minhas costas e as risadas da Brooke novamente.

– Vamos mamãe, me leva de cavalinho! — Sinto ela me dar um beijo na bochecha, o que me amoleceu toda.

– Tudo bem, se segura aí. — Ela se ajeitou nas minhas costas e eu fui com ela até o banheiro. Lhe dei banho, coloquei pra dormir, tomei meu banho e caí na cama.

Acordo com a campainha tocando e olho a hora no celular. 3:00. Quem está me pertubando à essa hora? Era só o que me faltava. Me levanto da cama e vou atender a porta.

POV EMILY

São exatas 3:00 da manhã e eu estou na porta da casa de Alison. Motivo? Eu e Samara terminamos. Eu estava no celular vendo uma foto minha, da Brooke e da Alison que tiramos hoje e apartir daí uma coisa foi levando a outra e eu acabei soltando que tinha beijado a Alison e então ela terminou comigo. Vejo a porta se abrir pela metade e a Alison aparecer com os olhos apertadinhos e o cabelo bagunçado.

– O que você ta fazendo aqui à esta hora?

– Eu não sei, na verdade. Eu simplesmente dirigi até aqui. — Dou de ombros.

– Então você pode dirigir de volta pra sua casa porque eu quero dormir. — Ela diz e vai fechando a porta. Seguro a porta e ela faz uma expressão emburrada.

– Posso entrar?

– Você vai tentar me agarrar? — Ela semicerra os olhos e eu sorrio internamente.

– Provavelmente. 

– Entra. — Ela abre  porta e eu adentro na casa das Dilaurentis. Somente o abajur está ligado, o que deixa a casa com um ambiente acolhedor. Alison se senta no sofá e eu faço o mesmo, sem saber se deveria ou não começar um diálogo.

– Então, vai me dizer o que tá fazendo aqui às 3 da manhã ou quer que eu adivinhe? — Suspiro e olho pras minhas mãos que estão suando, como sempre.

– Eu e Samara terminamos. — Olho pra ela e vejo ela esboçar um pequeno sorriso, que fez questão de voltar a cara emburrada assim que percebeu que eu estava lhe observando.

– E o quê que isso tem a ver com você estar aqui à essa hora da madrugada?

– Bom, eu pensei que já que eu e a Samara terminamos, nós talvez poderíamos... — Sou interrompida pela Alison antes de terminar a frase.

– Que nós poderíamos o que? Que talvez, eu poderia deixar de ser sua "amante" — Ela faz as aspas com a mão. – Para ser seu consolo?

– Não! Nunca! Alison, você é muito mais do que isso pra mim, eu te amo.

– Você é bem confusa, Emily. Há duas semanas atrás a Samara era o amor da sua vida, a mulher perfeita, e hoje essa pessoa sou eu? Me poupe!

– Eu só disse aquelas coisas pra tentar ME convencer disso.

– Você tem que decidir o que você quer.

– Eu já decidi, eu quero você!

– Você só está aqui agora me dizendo essas coisas porque a Samara terminou com você, e do jeito que ela é amanhã já está nos seus pés dizendo que te perdoa e que se arrepende de ter terminado contigo. — Abaixo a cabeça envergonhada, o pior é saber que tudo isso que ela disse é verdade.

– Se eu terminasse com ela, você ficaria comigo?

– Eu não sei, vai embora. — Assinto e saio dali. Com a Samara vindo ou não falar comigo amanhã, ou seja lá quando, eu não vou desistir dela. Até eu estou confusa comigo mesma, quer dizer, sei lá, só quero que essa confusão acabe.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...