História Club Boy - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vkook, Yoonseok
Exibições 472
Palavras 1.710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Música: StarBoy (The Weeknd)

Capítulo 8 - Black & White


Fanfic / Fanfiction Club Boy - Capítulo 8 - Black & White

Logo que deu o horário do turno de Namjoon acabar, eles foram para sua casa.

Era grande, bem diferente do apartamento de Jin.

– Fique a vontade, eu já venho. – Namjoon disse enquanto subia as escadas deixando Jin na sala de estar.

Era tudo muito bonito, bem decorado, a TV era grande, dava duas de Jin. A sala tinha um lustre grande, até demais, que Jin ficou com medo daquilo cair a qualquer momento. Enquanto observava os objetos caros da casa do stripper, tirou sua jaqueta e pôs sobre uma poltrona que tinha ao canto da sala.

Namjoon chegou segundos depois.

– Quer beber alguma coisa?

Namjoon estava com uma camiseta regata preta que realçava seus braços, como também seu peito, impossível não notar.

– Eu estou interessado em outro coisa, na verdade. – Jin falou, um tanto quanto provocante. Namjoon olhou para ele, com um sorriso sacana estampado em seu rosto, quase respondendo o que Jin havia dito.

Chegou mais perto do loiro, sem pudor algum e o beijou. Suas bocas se encaixaram como se tivesse achado a peça perfeita que faltava em um quebra-cabeça. Os lábios grossos de Namjoon combinam com os de Jin.

Namjoon beijava Jin da forma mais gentil possível, devagar e delicado. Mas aos poucos isso foi mudando.

Jin desceu sua boca para o pescoço de Namjoon, que após sentir o a língua quente de Jin, seu corpo queimou com o calor que tinha começado.

Namjoon desceu com a mão até as coxas de Jin, e sua mão adentrou em um dos buracos que a calça tinha, sentindo sua pele quente e macia. Sem se importar foi com a mesma até a bunda do loiro e apertou, fazendo afar em seu pescoço pelo toque firme de Namjoon.

Jin voltou a beijar os lábios do stripper, saciando toda a vontade que tinha de sentir aquela boca que aparentemente parecia tão doce de se tocar, e realmente era, doce e suave, características que não combinava nada com o ruivo, muito menos com o loiro.

Namjoon desceu até a barra da blusa de Seokjin, a levantou separando o beijo e tirou do corpo do loiro jogando-a no chão.

Jin sem perder um segundo sequer voltou a devorar os lábios de Namjoon enquanto desabotoou sua calça.

Conforme avançavam,
Jin já estava sem alguma peça no seu corpo. Namjoon ainda mantinha toda roupa em seu corpo, apenas aproveitando da visão do corpo magro, porém definido, de Seokjin.

O ruivo se ajoelhou na frente do mais velho, que mordeu os lábios ao sentir seu membro ser coberto pela boca quente e molhada do outro.

O stripper mantinha a mão na base enquanto subia e descia, chupando com vigor, se concentrando em estimular a ponta.

Jin gemeu sôfrego, tentando controlar a voz. Levou suas mãos até os cabelos avermelhados do outro e puxou de leve, o guiando – não que fosse necessário –.

– Ohh.. – Jin desistiu de esconder o prazer e gemeu dizendo o nome do stripper, fazendo sua área tão sensível crescer dentro da calça.

O ruivo pegou o queixo de Namjoon e o fez levantar, um tanto autoritário, não aguentaria mais um segundo daquele jeito.

Beijou mais uma vez seus lábios, sem se importar muito com tantos toques.

Namjoon segurou sua cintura nua e fina, e foi o guiando até a poltrona, grande o suficiente para fazer o que tinha em mente. O deitou na mesma, levemente apoiado e antes de se juntar a Seokjin, tirou sua blusa, mostrando seu abdômen que fazia os olhos de Jin brilharem toda vez que via na boate.

Mas agora é diferente, aquela visão é apenas sua.

Namjoon ficou com as pernas dobradas enquanto as de Jin ficaram uma de cada lado do seu corpo, deixando Namjoon no meio de suas pernas.

A mão de Namjoon foi até o membro de Jin, subiu e desceu algumas vezes, deixando Jin ainda mais sensível ao toque e ainda mais impaciente.

– Vai Namjoon... mostra o que sabe fazer além de rebolar pra vários caras. – Jin disse com um tom um pouco manhoso, por conta do movimento lento que Namjoon mantinha logo abaixo, mas ainda sim provocante.

– Ah babyboy... você não tem noção do que está pedindo. – Disse olhando intensamente para Jin, que mordia o lábios contendo os gemidos, pois Namjoon continuava a provocar, passando o polegar na ponta de seu membro.

– Porra... Me fode logo. – Disse já não aguentando aquele simples toque em seu membro, que já pulsava na mão de Namjoon. O stripper ao ouvir aquelas palavras sujas vindo do outro e com aquela visão deslumbre, ficou ainda mais excitado.

Namjoon sorriu, quase como um demônio que achou a próxima vítima onde iria se manifestar.

Namjoon pegou a perna de Jin, com suas mãos pesadas que o fez estremecer com o simples toque. Ergueu para junto de sua cintura, deixando o encaixe perfeito para se afundar em Jin.

O loiro que antes mantinha a mão na coxa do outro, desceu para seu pescoço, puxando Namjoon para um beijo e consequentemente deixando Namjoon mais perto de si, fazendo sentir a ponta do membro tocar em si, que gemeu pelo contato necessitando de mais.

Namjoon beijou aqueles grandes lábios avermelhados, sentindo a língua do outro adentrar na sua. A boca de Jin era impossível de não se desejar, era uma perdição.

Assim como ele todo.

Como se já não bastasse todo aquela provocação contínua, deixando Jin ansioso para sentir Namjoon,
– o stripper que tanto sonhava beijar ou ter qualquer toque possível – dentro de si.

Porém, Namjoon gostava de torturar, ele queria ouvir Jin implorar, porque era disso que ele gostava, ele gostava de se sentir desejado. Não é a toa que se deu tão bem nessa carreira "de holofotes".

Namjoon levou dois dedos até a boca de Jin, o fazendo chupar, sem muita demora quando sentiu que estava molhados o suficiente levou até a entrada do loiro, e penetrou sem ao menos avisar.

Jin gemeu alto. Se aquele era a sensação de seus dedos, mal podia esperar pelo próximo.

Namjoon continuava a penetrar Seokjin, olhando para ele com os lábios entre abertos, os gemidos de Jin os deixaram louco, mesmo que o ele tentasse controlar, era inevitável.

– Namjoon... – Jin gemeu jogando a cabeça para trás.

– Fala pra mim, fala. – Filho da puta, Jin pensou, como podia ser tão cretino ao ponto de usar essa voz tão profunda nesses momentos? – O que você quer, babyboy?

– Oh-eu... eu quero que me foda, rápido e forte. – Seokjin respondeu impaciente.

Era tudo que Namjoon precisava ouvir.

Voltou a segurar as pernas de Jin um pouco mais para cima, o deixando mais acessível.

Finalmente, para Seokjin, abriu o zíper de sua calça, que mostrava seu membro marcado sobre o jeans escuro. Abaixou um pouco, o suficiente para seu membro teso sair.

Jin assistia ansioso, mordendo os lábios, deixando Namjoon louco com toda aquela imagem.

Sem esperar um segundo a mais, Namjoon se afundou em Jin, ainda segurando uma de suas pernas, mantendo aberto o suficiente para concluir o movimentos de vai e vem.

Entrava com dureza e saia devagar, repetindo a mesma ação até Jin se manifestar em meio aos gemidos.

– Eu disse.. forte..ah

Namjoon se inclinou e beijou os lábios de Seokjin, e ao mesmo tempo começou a estocar forte e rápido, o fazendo jogar a cabeça para trás enquanto mantinha a mão nos cabelos avermelhados, puxando, fazendo Namjoon ir cada ver mais rápido.

O barulho da poltrona rangendo, dos corpos batendo e do gemido rouco vindo de ambos, preenchia a grande sala.

Namjoon ainda se movimentando foi perto do ouvido de Jin, e sussurrou da maneira mais insana possível.

– Fica de quatro, baby.

Jin fez o que pediu sem demorar um segundo, mesmo ainda estando estasiado com a voz de Namjoon em seu ouvido.

Se levantou enquanto Jin ficava de joelhos e apoiava uma mão na parte de cima da poltrona e a outra no braço da mesma.

Namjoon observou sádico, o loiro naquela situação. A bunda redonda e lisa de Seokjin, não evitou transferir um tapa ardente naquele lugar, vendo a cor pálida ir para um lindo rosado.

Jin quase murmurou um "Sério, Namjoon?" Mas estava sem forças para argumentar com algo que no fundo havia gostado.

Levou suas mãos para a cintura do outro, e entrou sem alguma cerimônia.

Seokjin jogou a cabeça para trás, gemeu arrastado e rouco, já sem forças para pensar em qualquer outra coisa, apenas  concentrado no prazer que sentia.

As mãos firmes de Namjoon deixavam sua pele marcada, assim como deixou o pescoço do stripper, então estavam quites.

Seokjin se sentiu vazio novamente e logo sentiu o braço de Namjoon te puxar delicadamente, o levantando. Ele não sabia como Namjoon conseguia ficar delicado e depois voltar ao seu estado animal, no mesmo minuto.

Namjoon sentou na poltrona, e apenas deu dois tapinhas na sua coxa, dizendo o que Jin deveria fazer. Jin quase conseguia ouvir sair de lábios "Senta do daddy, babyboy."

E bem, não demorou muito para ele entender.

Sentou no colo de Namjoon, de frente, apenas para observar sua expressão enquanto subia e descia no seu membro.

Namjoon ia colocar as mãos na cintura para controlar os movimentos mas Seokjin fez questão em tira-las, e colocar no braço da poltrona, o deixando livre das mãos de Namjoon.

Ele queria mostrar que também sabia como provocar.

– Jin-oh... – Namjoon gemia sentindo a pressão no seu membro e com a visão bela do loiro em seu colo. Mordeu os lábios e segurou entre os dentes para segurar os gemidos, mas manteve o olhar firme em Jin, que subia e descia devagar, com os olhos fechados e com a mão no seu abdômen se apoiando no mesmo.

Aquela poltrona já não era mais suficiente para os dois, então logo subiram para o quarto.

Namjoon deixou as luzes acesas porque queria ter uma visão perfeita do corpo de Seokjin e de tudo que fazia.

Eles quebraram a mesa que antes Namjoon usava para trabalhar, mas eles não estavam ligando, assim como também quase quebraram a cabeceira da cama.

Jin não sabe por quanto tempo continuaram, mas sem dúvidas, foi a melhor transa da sua vida.


Notas Finais


AHHHHH

Oq foi isso?

Olha, dei meu sangue e suor nesse capítulo, espero que gostem

Esse capítulo foi bem inspirado na fanart LINDA da minha artista preferida de fanart namjin (@gresiteisland) 💖

Enfim, logo começa umas tetra na fic HEUEHEUWHU

BEIJOS
Meu twitter: holdthislacre


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...