História Clube Dos Assassinos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 7
Palavras 488
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi meninas, tudo bom?

Mano do céu to com um mania de falar isso, mas é engraçado demais.

Mais uma história que está vindo com tudo hein, eu particularmente adorei.

Vai ser o nome sua atores mesmo OK? OK.

Capítulo 1 - A Fundação


Fanfic / Fanfiction Clube Dos Assassinos - Capítulo 1 - A Fundação

Cerimônia De Apresentação.

Acampamento Friks Pomb

Isabella Leong

- o Clube Dos Assassinos foi criado com o intuito de melhorar o forma de matar, e a agilidade de vocês, minha crianças. - Iwan faz uma pausa, meu diretor, amigo, e professor mas horas vagas, confesso que sinto falta das aulas com ele. - quero desejar boas vindas aos novatos aqui presentes. - todos da sala batem palmas em Agradecimento.

O cerimônia tinha acabado, e todos foram para um outro salão, dessa vez ao ar livre, alguns foram conhecer mais o lugar, outros ficaram e se conheceram melhor. Eu vejo pessoas se divertindo, rindo, algumas ser pegando até.

Uma coisa a parte, todos eles não sabem a historia de cada um, deixamos em segredo, tipo, a minha pessoa escreve num diário, eu levo esse diário pra todo o canto e não deixo ninguém chegar perto dele. Estão escritos, nomes, número das casas em que matei pessoas que, me deviam dinheiro, que não paravam de me encher o saco ou mesmo as que me ameaçavam de morte, sempre fui a mais maluca entre meus amigos que também são assassinos.

Regras não se aplicam aqui, Iwan concorda que regras servem para controlar uma população que não pensa e age de certa forma imprópria, e que não formam assassinos competentes. Pensamos, agimos na hora da ação e calculamos nossa trajetória.

- sabe em que casa você vai ficar? - alguém diz pra mim.

É Elizabeth G. Tem duas Elizabeth's então coloco a letra inicial go sobrenome pra não me confundir.

- ainda não - digo olhando para a rua de baixo - pedi pro Iwan me surpreender.

- vindo dele agora vai ser uma surpresa boa então - ela ri.

Conheci Elizabeth G. Hoje mais cedo para os preparativos da cerimônia dos novos assassinos competentes, ela me pareceu uma pessoa que não gosta de socializar em festas ou algo do tipo, mas, parece que eu chamei a sua atenção.

Quando me viro pera pegar as minhas coisas que estão em cima da mesa ao meu lado, vejo Iwan acenando para mim me chamando.

- a gente se vê amanhã Ok? - pergunto andando de costas.

- Ok - ela responde. - depois você me fala onde vai ficar.

- tá bom. - disse andando em direção a meu professor.

30 minutos depois de conversa chata jogada fora.

Fui para o Japão uma vez, claro que eu fui mandada para lá a serviço é claro, lá as noites são bem pesadas do que aqui, pra mim é normal andar por aqui a  noite inteira.

Quando bateu o sono, fui direto pra minha nova casa, o clube não se localiza muito em áreas povoadas, tipo uma cidade à 200 metros, não combina muito, por isso ele se localiza nas montanhas, e as casas são na floresta. Sabe aquele filme Crepúsculo? Então, as casas são exatamente daquele jeito todas a cinco metros uma da outra.


Notas Finais


me mandem perguntas e sugestôes


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...