História Clube dos serial killers - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Serial Killer
Exibições 12
Palavras 1.136
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - A ganhadora


- a ganhadora do primeiro jogo e a Madson. - anunciava Tyler.
- o que fez para que acreditassem que você não matou sua melhor amiga? - pergunta Clark
- ah foi fácil.
" - Madson, isso e muito estranho, porque suas melhores amigas se suicidaram? - pergunta o detetive na sala do diretor.
- detetive eu não sei,elas viviam reclamando d como estavam gordas e infelizes, elas estavam muito estranhas  de um tempa para traz, a gucci numero 2 descobriu que estava com herpes, eu não sei o motivo, mas estou muito triste por ter perdido as minhas discípulas, quem ira escrever os 10 mandamentos da moda agora?
- sr detetive com todo respeito Madson pode ate ser um demônio, mas assassina não, de jeito nenhum."
- como disse foi facil!
- Parabéns! - diz kyoto
- obrigado, eu como ganhei posso escolher o nosso primeiro jogo não e? -pergunta Madson.
- sim - afirma Tyler.
- se preparem será o melhor jogo de todos!
- e qual será? - pergunta Clark
- espere e verá, agora vou fazer massagem, adeus perdedores-Madson vai ate Tyler o beija e sai da sala.
- Clark ainda não nos contou quem e como matou. - diz Júlio.
- eu prefiro não falar, e ficar fora do primeiro jogo.
- não sabia que poderia fazer isso!
- mas pode!
- por que não quer me contar que matou a Lindsay? - Clark ficou surpreso.
- como descobriu?
- assim que ela viu você entrando na casa dela me ligou para pedir socorro, você estava com uma serra elétrica e isso assustou muito ela.
- e por que não foi ajudar ela?
- não faria isso, ja queria terminar com ela, so não sabia como fazer isso - Júlio abre uma lata de refrigerante - obrigado por isso - diz ele brindando.
- faria tudo por você! - todos olham para Clark.
- o que?
- ah ah .....
- vai com calma ok, so me relaciono com homens para matar eles, e não quero te matar - os olhos de Clark se enchem de lágrima
- você não e o primeiro que vou me apaixonar e me decepcionará, e nem será o último.
- talvez se fosse mais frio, não sofresse tanto por amor.
- não sofro por amor Júlio, sofro porque gosto, ou ja me acostumei com tudo isso.
- me desculpe falar isso, mas você e muito bizarro, e bonitinho mas e muito bizarro, os gays de hoje não são mais assim, eles gostam de gays legais e alegres.
- como sabe disse Júlio, se mata gays todas as noites.
- não mato eles por serem gay, so mato eles por que sei que todos irão me deixar logo depois da transa - Clark levanta do sofa e acende um cigarro.
- a verdade e que você e um merda, e que a cada gay que você mata esta se matando um pouco também - Clark vira as costas e sai pela porta.
- gente e sério, eu to com medo desse cara! - afirma clark
- não deveria, ele apenas falou a verdade Júlio. - diz Tyler também saindo, kyoto também se levanta.
- vou te deixar sozinho para pesar um pouco sobre sua homossexualidade reprimida - diz kyoto arrumando seu óculos.

Júlio

  Eles não entendem, eu não consigo me ver como um homossexual, não posso me aceitar assim, minha família me odiaria por isso, eu me odiaria por isso, um dia papai me falou que se eu fosse homossexual ele cortaria meu pênis, na cabeça dele um homossexual não precisa de um pênis, mas o que os meus amigos serial killer disseram me deixou três dias trancado no meu querto pensando " eu sou gay? "

Tyler

Eu estava feliz, tinha amigos, uma namorada popular, meu pai era o melhor do mundo, tudo parecia se encaixar de verdade.
- oi gostosa! - digo batendo na bunda da Madson na quadra de esportes.
- você ta ficando louco? - pergunta ela
- não, somos namorados, não posso pegar na bunda da minha gostosa? - ela me puxa para um cantinho.
- Tyler vamos deixar uma coisa bem claro aqui, sou sua namorada na minha casa, ou ate mesmo na sua, ou ate mesmo na frente dos serial killers, mas aqui na escola, não!
- por que?
- eu tenho uma reputação a zelar Tyler, estou tentando arrumar mais gucci, não posso viver sem minhas discípulas, você e gato, mas não e popular.
- você  e uma inbecil! - digo saindo da quadra, eu estava com tanta raiva, chegi em casa rapido, pega uma navalha corto minha pele algumas vezes, e a raiva passa, logo vou para o bar encher a cara, uma garota me olha de longe, chego perto e chamo ela para minha casa.
- sua cama e linda.
- mais ainda quando você estiver pelada nela - ela tira a roupa e começa a dançar nua para mim. - deito ela e amarro suas mãos e pés.
- você e safado mesmo em gato.
- você não viu nada! - subi em cima dela e começamos a transar loucamente, ela so percebe que vai morrer quando começo a enforcar ela.
- você e maluco - diz ela torcindo - me tira daqui, socorro!
- cala a boca, vadia - vou ate a cozinha e pego a melhor faca do papai.
- o que esta fazendo Tyler, ouvi gritos.
- não entre no meu quarto, e so uma brincadeirinha - papai sorri e eu entro novamente, quando ela vee a faca fica desesperada.
- por favor não! - implora ela chorando.
- peça novamente - dou uma facada em sua barriga.
- por favor! - diz quase sem respirar.
- peça novamente - dou outra facada.
- por ....favor - diz ela tentando respirar.
- peça novamente! -digo em seu ouvido bem baixinho
- poo...r fa....vor - então peço a faca em seu pescoço fazendo ela se rebater como um animal, o sangue jorra por todo o meu corpo, começo a dar gargalhadas e deito em cima da cama coberta de sangue.

Madson

- Olá amigos - digo entrando na sala dos serial killers.
- oi
- oi
- eai
- onde esta Tyler? -pergunto
- atrasado! - responde Júlio.
- estou aqui - diz Tyler entrando e me empurrando.
- uh parece que alguém esta de mal humor por ter levado fora - tento irritar ele.
-e melhor você dizer logo porque nos reuniu aqui antes que corto sua cabeça!- diz tyler
- e simples ja escolhi o proximo jogo.
- e qual e? - pergunta kyoto.
- estou com muita vontade de matar - diz Júlio.
- escolha uma vitima e uma fantasia, aberrações, o halloween será um massacre! - diz Madson



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...