História Clumsy - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P, Mamamoo
Personagens Bang Yongguk, Daehyun, Himchan, Hwasa, Jongup, Moonbyul, Personagens Originais, Solar, Wheein, Youngjae, Zelo
Tags Bap, Lalalala, Lulululu, Mamamoo, Moonsun, Nao Sei, Yuri
Visualizações 26
Palavras 1.225
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Orange, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


iai rapaziada

Capítulo 1 - Doces;


Terça-Feira

 06:00 am


som irritante do despertador se faz presente naquele quarto consideravelmente grande, acordando a única ali no mesmo instante, mesmo que acostumada, a mesma se levanta resmungando alguns palavrões.

     A loira abre as grandes janelas do quarto roxo e se arruma para ir trabalhar,  seguindo caminho até a cozinha. Todos seus dias eram monótonos, com a mesma rotina: Levanta, faz café pros irmãos, vai trabalhar.

   

Escuta um barulho, nem tão alto, vindo da porta da cozinha, e se volta ao local do barulho, lá estava sua irmã mais nova, Yoona de cinco anos, bocejando graciosamente.

   

-Bom dia, pequena- A maior fala depositando um beijo na sua testa, que dá um sorrisinho fofo e aperta o ursinho que a mesma segurava em seus braços.

-Bom dia unnie.

-Dormiu bem pequena dongsaeng?

-Sim- da uma risada fofa.

-O que você quer de café?- a maior passa as mãos em seu cabelo desarrumado.

-Cereal- Dá um sorriso animado.-Moon unnie...?

-Sim?- coloca o Cereal na frente da menor, sentando do seu lado logo em seguida

-Por que eu não tenho nem papai, nem mamãe? todos da creche riem de mim quando eu toco no assunto....

-Nós já falamos sobre isso Yoona....

-Mas é que eu não entendo unnie....- antes que consiga continuar, lágrimas molham todo seu rosto, causando soluço na menor.

    O coração de Moonbyul despedaça-se todo quando vê sua dongsaeng daquele jeito, de várias formas diferentes ela já havia tentado para conseguir explica-lá, mas não julgava a menor, deve ser difícil ser criada sem os pais. Mas também não podia dizer que a mãe tinha morrido no parto, e o pai cometeu suicídio, seria algo muito pesado para uma criança daquela idade carregar. Apenas preferia ficar de boca fechada, bem... por enquanto.

    Seca as lágrimas da menor e lhe dá um abraço forte e reconfortante, e logo se acalma.

    O som estrondoso do bater da porta da cozinha faz Yoona pular da cadeira de susto.

   

-Ei seu moleque!- A mais velha levanta, apertando a orelha do recém chegado com força (o que faz yoona dar gargalhadas gostosas)-Eu já falei para não assustar sua irmã.

-Sai daqui-empurra Moonbyul com certa força.- Não tô com tempo pra isso- fala pegando um café na geladeira e saindo do local -provavelmente indo até a escola.

-Ei!, menino!, você tem que levar Yoona para a crech-imediatamente para de falar quando escuta o mais novo bater a porta da sala-aish, esse moleque de merda.

-Unnie, você vai me levar para a creche ?

    A maior não tinha tempo para levar Yoona até a creche (já que não é tão perto assim), "o que fazer?" pensa baixo encarando a mais nova.

    Ela logo tem a idéia de chamar Himchan para cuidar dela. Himchan, é seu vizinho e um amigo muito próximo de Moonbyul, já cuidou outras vezes da menor, então não seria um problema, ela logo pega o celular para chama-lo.

-Vou chamar o Chan para cuidar de você- fala sorrindo e olhando cada expressão da menor (que não foi das melhores).

-AAAAA não unniee- dita choramingando.

- O que foiiii?

-Não gosto dele!- Um bico fofo se forma no rosto da menor.

-Não seja assim, ele é legal pequena.

-Não é.

-É sim.

-Não é.

-Não é?

-Não.

 

   Moonbyul se aproxima da menor, vendo um sorriso traveso formar-se em seu rosto, começa uma série de cócegas, fazendo ela dar gargalhadas altas e gostosas de se ouvir. Só para quando escuta o som da campainha.

-Não é?- volta o olhar para a menor.

-Não- mostra a língua, zombando da maior, mas que na verdade só queria um segundo round de cócegas.

-Ok- Se da por vencida e caminha em passos rápidos quando escuta a campainha tocar novamente.- Oi Channie- fala abrindo espaço para o mais velho entrar.

-Oi Yoona- Acena sorrindo para Yoona, que o ignora.

-Ela tá de mau humor hoje, boa sorte- da tapas nas costas do mais velho sorrindo, e pegando sua bolsa.

-Já vai?-

-Já, estou quase atrasada.- fala indo dar tchau para a mais nova que corresponde com um sorriso fofo e um aceno de mão.

-Tchau, até mais tarde gente.-Fala se retirando da casa.

    ✽ ✽ ✽ ✽ ✽ ✽ ✽ ✽ ✽

    

04:00 pm


-Então, porque me chamou aqui?- fala se ajeitando um pouco sobre a cadeira extremamente confortável.

-Tenho uma proposta- o maioral fala e sorri malicioso pensando em suas idéias.

    Ela já se encontrava na metade do expediente naquele enorme hospital, mas foi tirada do trabalho, por que seu chefe inesperadamente chamou-a para conversar.

-Pode falar....- tenta não demonstrar o nervosismo em suas simples palavras.

-Uma nova estagiária vai ser contratada, ela tem de tudo para ser uma grande médica, mas precisa de treino, você, como nossa maior médica,  pensamos em te colocar para ajudá-lá nesse processo.

-Eu não sei...- mesmo sabendo que iria ter que aceitar, ela sente que não deveria.

-Você pode ganhar uma promoção,muito boa com isso, só tem que ajuda-la, vamos lá, não é ruim certo?

-Que tipo de promoção?-pergunta duvidosa.

-Bom....

     ❩  ❩  ❩  ❩  ❩  ❩  ❩  ❩  ❩

01:44 am

    A maior sai do seu turno mais cedo, se retira do enorme hospital, ela havia aceitado a proposta do seu chefe, então estava ansiosa, e aquilo não saia de sua cabeça.

    Decidiu ir à pé para casa, pegar um ar, já que passara muito tempo naquele hospital, e também tinha acabado de fazer uma cirurgia de emergência -o que, felizmente, acabou bem. Olhou para a loja de conveniência não tão longe de casa, lembrando a confissão de Yoona noite passada, falou que queria muito comer doces, bastante e variados tipos de doces, -sorriu, lembrando o modo fofo como a irmã tinha falado-, sem hesitar entra na loja, comprando tudo o que achou que a irmã mais nova iria gostar, o que resultou igual a Moonbyul saindo da conveniencia com três sacolas cheias de doces. Ela seguiu seu caminho até em casa, ouvindo músicas de sua playlist no modo aleatório, e ainda pensando na proposta do chefe, já aceita por ela, em uma momento ela está caminhando em direção a sua casa com sacolas cheias de doces, e em outro todos os doces estão esparramados no chão.

    Levantou seu olhar para a pessoa culpada pela confusão, uma menina, aparentemente, por causa do escuro no local ficava difícil ver características, mas ela não parecia nada bem, ela olhou tudo no chão, e passou reto, a mais velha ficou boquiaberta com a cara de pau da menina.

-Hey! você não vai nem se desculpar piranha?- fala sendo totalmente ignorada pela desconhecida.

    Rendida, elas ajunta todos os doces e continua o caminho para casa.

    ✽      ❩      ✽      ❩

-Unnieee!!!- Yoona corre na direção de Moonbyul, logo que ela abre a porta.

-Oi pequena.

-O que é isso?-pede curiosa se referindo ao conteúdo de dentro das sacolas.

-Trouxe algumas coisas para você.-Dita derramando todos os doces em cima do sofá, e acompanhando com o olhar suas expressões (o que sempre o fazia).

-Unnniee, doces!- fala com os olhos brilhando.

    HimChan se aproxima cautelosamente de Moonbyul, com uma expressão desapontada.

-Estragando a saúde de uma criança, que ótima irmã você, não?- diz retribuindo tapinhas nas suas costas.

-Yaa, só estou querendo deixa-la feliz.

-Com tanto açúcar, duvido que ela não fique.

-Aish, o que você quer?

-Um obrigado seria bom.

-Oh, sim, obrigado HimChani oppa- ela fala sarcástica mesmo fazendo aegyo.

-De nada, agora vou me retirar, tenha uma boa noite- o mais velho diz pegando um pirulito e saindo da casa.

   A maior revira os olhos e volta a observar a mais nova ali, comendo os doces tão adoravelmente.


Notas Finais


se gostou favorite
se não gostou mas quer me deixar feliz comente ♡

até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...