História Coffe (Imagine Incesto - Jimin) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor Entre Irmãos, Drama, Incesto, Revelaçoes, Romance
Exibições 276
Palavras 1.178
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii, no momento não posso explicar o motivo da minha demora para postar o capítulo, mas não se preocupem por que não abandonei a fic.
Mais vou demorar um pouco para posta, no próximo capítulo explico o por quê.

Então sem mis delongas, aqui esta mais um capítulo pronto. ^-^

Espero que gostem e perdão pelos erros ortográficos, irei com certar em breve.

Bjins e espero que tenha uma boa leitura. 😍❤😊✌💋👑🙆😘

Capítulo 6 - Capítulo - 05


Fanfic / Fanfiction Coffe (Imagine Incesto - Jimin) - Capítulo 6 - Capítulo - 05

 [Sook Park On]

Mais que saco!

Eu estou ainda tentando entender o que aconteceu ontem. Estou me sentindo uma idiota! Aff! Tenha santa paciência.

- Sook? - Olhei para Appa Namjoon que chamava por mim.

- Diga. - Falo o olhando, notando que o mesmo está envergonhado.

- É... Bem.... - Pelo seu tom de voz, nota-se seu nervosismo. - Eu queria comprar um presente de namoro pra o Jin. - Corou coçando a bochecha sem graça.

- Oh! É daqui à dois dias, correto? - Ele assentiu. - Pelos meus cálculos, você não tem ideia do que comprar, ne?! - Assentiu rindo. - Eu ajudo!

- Obrigada, sua fofa! - Aperta minha bochecha rindo.

- Aish! - Faço bico. - E quando iremos? - Pergunto animada, deixando minha animação transparecer em minha voz.

- Hoje, depois das aulas. - Passou as mãos em seus cabelos, piscando para mim.

- Okay, então está tudo combinado! - Sorrio.

- O que está combinado? - Coloco a mão no peito, assustada, ao escutar a voz do Omma Jin.

- Esta combinado de o Appa me pagar um sorvete hoje. - Digo, tentando ser o mais normal possível, já que o Appa Namjoon ficou nervoso com a chegada do Omma.

- Hmm, OK. - Olhou desconfiado. Sorria nervosa.

- Então... - Comecei a falar. - Conte-me as novidades! - Sorri batendo palmas.

- Ouvi dizer que novos alunos foram transferidos para cá. - Omma respondeu sentando-se ao lado do Appa.

- Oh! - Abri a boca surpresa. - Por falar nisso eu... - Sinto uma ponta na cabeça. - Ah... - Gemi baixinho colocando minhas mãos na minha cabeça.

- Sook? - Chamaram-me em coro.

- Ah... Minha cabeça dói... - Senti mais uma pontada forte. Lágrimas começaram a descer pela minha cabeça, senti mais uma ponta. - FAÇA PARAR! - Gritei me jogando no gramado.

'' - Como ela é linda, Omma.

Sorriso doce. ''

- SOOK! - Gritaram meu nome, vários alunos começaram a nós rodear.

- MINHA CABEÇA DÓI! - Eu chorava ao sentir as pontadas vindo com força.

'' - ....gi! - Uma mulher loira, olhos castanhos, sorriso doce.

- Omma! - Um garoto, cabelos loiros, pele clara, sorriso doce.''

- SOOK?! - Escutei a voz de Jimin desesperada.

- Hyung, o que aconteceu? - Jungkook apareceu afoito e desesperado.

- Para...Por favor... - Pedi baixinho chorando.

'' - Eu te amo, Sook. - Sorriso doce.''

Desmaiei.

                [Sook Park Off]

              [Park Jimin On]

Já tinha passado no mínimo meia hora que Sook havia desmaiado, batia o pé frequentemente ansioso para que a mesma despertasse -, estava muito preocupado. Bagunço meu cabelo, suspirando frustrado.

- Amor! - Rangi os dentes ao escutar o voz de Yangi Mi.

- O que quer? - Pergunto seco. Levanto-me da cadeira.

- Aigo, não precisa me tratar desta forma. - Fez bico, que na minha opinião era desnecessário. Bufei. - Sabe... - Se aproximou de mim, me puxando pela gravata. - O que acha de irmos para aquela sala fazia, e fazer algo mais. Hum? - Um sorriso malicioso transpareceu em seus lábios pintados de rosa.

- Pensei que Bakey, fodia melhor do que eu. - Digo sarcástico, arqueando uma sobrancelha. Ela da um passo para trás, assustada.

- D-Do que...Você esta falando? - Perguntou nervosa, engolindo o seco.

- Não se faça de idiota! - Reviro os olhos impaciente. - Eu sei que você me traiu com Bakey. E é aqui, sem muito cerimônia que digo que nossa namoro chegou ao fim! - Ela arregala os olhos, incrédula.

- V-Você não pode terminar comigo. - Disse nervosa.

- Ah é? Porquê não? - Indago, já sabendo sua resposta.

- Eu estou grávida Jimin...E você é o pai! - Comecei a rir.

- Vem cá, você acha que eu sou idiota?! - Perguntou frio, sem demonstrar reação alguma. - Esse filho não meu. Eu sei muito bem que ele é do Jihyn! - Vejo sua expressão mudar para apavorada. - O que? Achou que eu não descobriria? - A encaro.

- E-Eu....

- Você nada! Saia imediatamente daqui. - Falo calmo, ela me lança um olhar de raiva e sai. Respiro fundo, sentando na cadeira.

- Ji...Jimin... - Despertei ao escutar Sook, chamar por mim.

- Sook, finalmente acordou! - Sorrio.

- Na verdade.... - Suas bochechas ganharam uma tonalidade rosa. - Eu estava acorda a bastante tempo... - Abaixou seu olhar, sem graça.

- Ah...Tudo bem. Sem problemas. - Seu olhar volta pra mim.

- Jimin, eu quero ir para casa. - Ela fez bico, super fofo ao meu ver.

- Vou chamar a enfermeira. - Levantei da cadeira.

                 [Park Jimin Off]              
               [Sook Park On]

A enfermeira me liberou e permitiu que eu fosse para casa. Estava inquieta com aquelas imagens em minha mente -, aquele garoto... Sorriso doce.

- Sook? - Jimin me chamou, notei que ele tinha parado o carro em um lugar qualquer. - Tenho algo para te conta....Peço por favor, que independente do que você escutar, não me deixe. - Jimin estava visivelmente nervoso, apertando o volante com força.

- Diga? - O olhei, assustada e preocupada.

- Eu... - Respirou fundo. - Eu te amo...Mas não te amo como irmã, e sim, como mulher! - Arregalei os olhos surpresa.

- J-Jimin, e-eu não sei o que d-dizer. - Digo.

- Se você não puder me corresponder tudo bem. Peço apenas que não se distancie de mim... - Abaixou o olhar.

- Jimin...? - Segurei seu rosto gentilmente, o levantando fazendo com que o mesmo me olhasse nos olhos. Engoli minha timidez. - Eu também te amo... - Sorri.

Ele se aproximou lentamente de mim, me dando um selar -, rápido. Sorri feliz.

- Jimin, vamos logo para casa, estou com fome. - Ele sorriu, ligando o carro novamente.

~*~*~*~*

- Finalmente! - Digo assim que o carro para.

- Sook, cala a boca! - Jimin, reclama saindo do carro.

- Aish! - Caminho para casa. Assim que abro a porta escuto risadas vindo da cozinha. - Jimin...Tem alguém em casa... - Seguro sua camisa.

- Vamos lá. - Ele entrelaça nossos dedos, coro. Ele me puxa caminhando em direção a cozinha, chegando lá, encontro três pessoas lá, duas desconhecida por mim e um muito bem conhecido.

- TAETAE! - Grito soltando minha mão de Jimin, e me jogando nos braços do mesmo. - Saudades, primo! - Beijo sua bochecha.

- Sook! Jimin! - Jimin, acena com a cabeça.

- Taetae, quem são? - Pergunto curiosa, encarando aqueles dois rapazes.

- Ah, esse é Hoseok meu namorado! - Apontou para um menino sorridente.

- Prazer em lhe conhecer Sook! - Sorri.

- O prazer é meu, Hoseok! - Falo gentil.

- Esse aqui é o Yoongi, primo do Hoseok. - Apontou para o garoto de cabelos loiros, que me encarava surpreso. Hum, ele me parece familiar.

- Prazer Yoongi! - Sorrio gentilmente.

- O prazer é meu....Sook. - Deu um sorriso doce.

Espera!
Sorriso doce?
Parece muito aquele garoto, será que....?
Impossível ser ele!

[Sook Park Off]



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...