História Coffee - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 18
Palavras 1.876
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem.
Essa é uma introdução da história.
Boa leitura.

Capítulo 1 - Cap. 1


Fanfic / Fanfiction Coffee - Capítulo 1 - Cap. 1

-Olha o tamanho dessa fila! Sério, perdi até a fome. - disse Jin impaciente, enquanto todos esperavam sua vez de fazer o pedido na cafeteria que havia dentro das dependências da BigHit.

-Você perdeu a fome? - Yoongi fala com deboche. Os olhos dos garotas se voltam a entrada. Duas garotas passavam com alguns copos de café e um pacote de papel marrom, que provavelmente continha algo de comer.

- Com licença. Pode me dizer onde compraram esses cafés? - Hoseok indaga as moças que rapidamente respondem.

- Tem uma cafeteria no fim da rua, ela está sempre tranquila esse horário. Eu nem pego mais nada aqui. - Uma das moças responde e logo segue seu caminho.

- Vamos, tem um café no fim da rua. Coloquem as máscaras rápido - Hobi deu a ordem e todos obedeceram sem relutar.

 Eles caminharam por alguns instantes e logo se depararam com a cafeteria, ela ficava na esquina do outro lado da rua, sua fachada era inteira de vidro, com um toldo verde com seu nome. Começaram a caminhar em sua direção, eles abrem a porta e uma sineta toca, e seus olhos vão direto  a moça que estava sentada em uma mesa para dois encostada a parede, que tinha uma enorme janela de vidro que dava a vista da rua paralela ao lado esquerdo da cafeteria, ela visivelmente não era coreana, puderam perceber quando ela ergueu seus olhos para identificar as pessoas que entravam. Eles se entreolham enquanto a moça volta seus olhos ao manuscrito que estava em sua mesa, ela estava com suas pernas apoiadas na cadeira a frente da sua, apoiava seu rosto com uma mão e com a outra fazia anotações no manuscrito. Eles se sentam na mesa ao lado da dela.

- O que vão querer? - Pergunta a garçonete de cabelos curtos e louros, essa sim é coreana. Ela tinha um rosto delicado e uma pele pálida. Mas sinceramente sua beleza não se comparava a da moça sentada.

- Eu quero um Café expresso e um lanche natural de frango - Disse Hoseok

- Um cappuccino e um Lanche de frango também - Tae continua

- Eu quero o mesmo que ele - Jimin aponta para Tae

- Eu quero um chocolate quente e um croissant de queijo - JungKook fala em seguida e assim todos fazem seus pedidos sem perder sequer um movimento da moça que estava na mesa do lado.

 

Semanas se passaram e eles continuam frequentando o café sempre no mesmo horário. Mas o interesse deles não era mais o café, eles iam pra lá apenas para ver aquela garota mais uma vez, na tentativa de pelo menos ouvir a voz da moça que ficava apenas sentada lendo livros, fazendo anotações ou ouvindo música, e que antes de ir embora ia em direção a garçonete dando-lhe um abraço e saindo em seguida.

- Se pelo menos ela lesse algo que já li, teria assunto para puxar com ela. - Nanjoon suspira ao falar.

Os garotos apenas sorriem e adentraram na cafeteria. E lá estava ela, com uma calça preta, botas de cano curto um cardigan azul marinho, cachecol cinza. Ela estava usando óculos, essa era a primeira vez que ela os usava, sua bolsa estava pendurada na cadeira que sustentava seu sobretudo preto. Hoje era o primeiro dia do inverno que promete ser rigoroso

Eles se sentaram na mesa ao lado da dela como sempre e observavam cada movimento.

- Deixa eu adivinhar? O mesmo de sempre? - a garçonete pergunta se aproximando da mesa dos garotos.

- Acho que sim. - Jin responde e todos assentem com a cabeça, fazendo a garçonete sair em apressada

- Nanjoon! Tente disfarçar, ela vai perceber que estamos a observando. - disse Jimin dando um pequeno empurrão no mais velho que dá um sorriso sem graça enquanto passa a mão em seus cabelos da nuca.

- Eu já li o livro que ela está lendo. - ele disse fazendo todos se surpreender, talvez essa fosse a oportunidade perfeita de começar uma conversa. - É um livro do Século XIX, é regado a luxúria, ódio e inveja. - os garotos deram um sorriso malicioso.

Nanjoon respirou fundo enquanto tentava identificar o momento certo para não atrapalhar a leitura da moça. De repente ela põe um marca página e fecha seu livro o pondo na mesa, e pega seu celular que estava ao lado de sua xícara de café, ela começa a olhar a tela de seu celular e dá um sorriso enquanto ajeitava uma mecha de seu cabelo atrás da orelha. Esse simples movimento fez os garotos se entreolharem e sorrir também.

- ChoA!! - uma voz doce ecoa pela cafeteria quase vazia.

A garçonete corre em direção a mesa ao lado apoiando seu queixo no topo da cabeça da moça que rapidamente levanta o celular na altura dos olhos da garçonete. Ela analisa por alguns instantes e diz - Eu sabia, você é a melhor! - A moça sentada se encolhe na cadeira e levanta o queixo enquanto a garçonete que sabemos ser sua amiga sela sua testa e sai em seguida - Isso merece uma comemoração, vou preparar um chocolate quente com muito marshmallow. - Ela sai em direção ao balcão.

Nanjoon se levanta e vai em direção a moça que continua encarando a tela do celular. Ele passa a mão no livro em cima da mesa fazendo o mesmo ficar em sua direção para ter certeza de ser o título que ele já havia lido. A moça apenas o olha por cima dos óculos esperando algum tipo de explicação.

- Esse é um ótimo livro. Está gostando? ele pergunta ainda de pé. Ela apenas põe seu celular sobre a mesa - Você não parece o tipo de pessoa que gosta desses livro. Ela tira seus pés da cadeira e apoia os cotovelos na mesa e entrelaça seus dedos depois apoiou seu queixo em cima deles.

-E eu pareço gostar de qual gênero de livros? - ela acompanha os movimentos de Nan que se senta na cadeira que antes apoiava seus pés.

- Não sei, talvez… romance. - ela dá um riso anasalado

- E você senhor… - ela espera pra saber o nome do rapaz.

- Nanjoon - ele diz sorrindo e mostrando suas lindas covinhas.

- Senhor Nanjoon, de que gêneros gosta? - ele dá uma olhada sutil para a mesa ao lado, e vê que os garotos observam aquela cena.

- Não tenho um favorito, acho que um livro bem escrito vale a leitura não importando o gênero. - ela se encosta na cadeira e cruza os braços enquanto vira seu rosto para a mesa do lado

- São seus amigos? - ela fala ainda mantendo a atenção nos garotos que disfarçaram assim que seus olhos os atingiram.

- Sim, são. Por que não se senta conosco? Posso apresentá-los. - ela volta seus olhos a Nan que a observava

- Quem sabe em uma outra oportunidade. Tenho que ir agora. - ela se levanta, e veste seu casaco, em seguida pega o livro que estava próximo ao garoto o colocando na bolsa junto com o celular. Com a bolsa ainda na mão ela segue em direção a amiga que estava atrás do balcão . Elas falam alguma coisa e enquanto isso Nan se põe de pé e as olha. A moça coloca suas luvas e segura seu gorro em uma das mão enquanto a amiga põe a sua bebida em um suporte para a viagem.

Ela segue em passos calmos indo em direção ao garoto que se entrava em pé enquanto os outros o olhavam sem entender nada.

- Foi um prazer conhecê-lo. Nanjoon, não é mesmo? - ela pára ao lado dele e coloca sua bebida na mesa para poder colocar seu gorro.

- Sim. O prazer foi meu… Me desculpe, mas não lembro seu nome. - Ela pega a bebida na mesa.

- Mas eu não disse. - Ela segue em direção a porta - Até daqui a pouco ChoA.

- Hoje eu não vou - ela responde perto da mesa dos garotos.

- Então até em casa - ela diz enquanto abre a porta. Já do lado de fora ela ajeitou sua bolsa no ombra e acena em direção aos garotos e todos acenam com sorriso no rosto. Ela sorri e abaixa a cabeça em negativa, logo a perdemos de vista

- Vocês sabem que ela estava acenando pra mim né - ChoA sorria enquanto os garotos ficavam vermelhos.

- Ela é incrível. - Tae diz após um sussurro

- Qual o nome dela? - Nan pergunta enquanto ChoA servia seu pedido.

- Se ela não disse… - Ela nem precisou dizer mais nada, os garotos entendem que esse foi um pedido feito pela moça que rouba os olhares de todos eles. Logo ChoA se afasta e volta a seus afazeres

- O que ela te disse? - pergunta Yoongi curioso - Falou algo sobre ela?.

Nanjoon relembrou sua conversa com a moça e deu um sorriso balançando a cabeça. - Ela não falou absolutamente nada sobre ela.

- Como assim? - todos interrogaram o rapaz

Ele contou cada parte da conversa sem se esquecer de nenhum detalhe, por mínimo que fosse. Nem os movimentos da garota escaparam da narrativa.

- Ela ainda é mais linda de perto, e sua voz então? Seus olhos são sedutores e tem um brilho que clarearia até a noite mais escura.

- Não se apaixone não hyung, ela claramente não gostou de você - Disse Kook enquanto dava um gole em sua bebida

- Claro que ela gostou, ela mesmo disse que foi um prazer me conhecer. - Nan retruca

- Só porque ela é uma moça educada. Você a espantou. - Jin ria da situação

- Nada disso. De qualquer forma, de todos eu fui o único que pude sentir seu doce perfume. Mesmo que de longe. Agora que dei o primeiro passa, será mais fácil me aproximar, quem sabe até tomar um café com ela da próxima vez.

- Ai meu Deus, nem tente. Ela ficaria mais feliz em minha companhia. - disse Jimin

- Qual é todos sabemos que eu sou a melhor compania - disse Yoongi quase gritando enquanto se levantava da mesa

- Ela vai entrar em depressão se passar mais que cinco minutos ao seu lado. Eu sou o mais adequado pra isso, tenho certeza que ela ficará encantada com meu sorriso. - disse Hobi enquanto todos iam em direção ao balcão para pagar a conta.

- Do que adianta ter apenas um sorriso encantador? Eu sou puro charme. - Tae disse fazendo todos rirem - eu quero cuidar dela pra sempre.

- Ah por favor, eu sou o único que poderia ser cuidadoso como ela merece, vocês não passam de crianças - disse Jin pagando a conta

- Você que pensa, ela parece ser o tipo de garota que precisa de diversão, coisa que nenhum de vocês poderão dar. Já que são tão… maduros. - Kook disse enquanto seguiam em direção a porta, observados pelos olhos atentos de ChoA.

- Amiga! você tem muita sorte - disse ela enquanto ia em direção a mesa em que os garotos estavam sentados para limpá-la


Notas Finais


Aguardem ansiosos pelos próximos capítulos. (Por favor rs)
Bye ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...