História Coffee · Jikook - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Namjim, Vhope
Visualizações 41
Palavras 1.078
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sorry pela demorinha pra postar mas..
YEY EU VOLTEI
Boa leitura a todos !
XOXO <3

Capítulo 14 - Sweet


Surpreso? Era uma coisa que eu definitivamente estava, nesse momento eu acabei por vir para “meu” quarto, enquanto morar por aqui, e esperar a discussão do casal acabar, pois é, Mindy pegou-nos no flagra e agora está gritando com Jeon, eu com certeza não esperava por isso, Jeon Jungkook acabar me agarrando? O x da questão era que ele realmente estava excitado, ele por acaso havia se descoberto? Não que eu seja totalmente hétero também mas.. confesso, Jungkook beija muito bem, eu afinal não tinha resolvido meu “probleminha” se é que me entendem então praticamente estava deitado em minha cama tentando não pensar muito em Jungkook ou na discussão que ambos estavam tendo e simplesmente ignorar isso e ir dormir mas era inevitável - cada vez mais que eu tentava ignorar meus pensamentos que eram levados a Jungkook e seu corpo perfeito, mais ainda eu pensava nele - de repente meus devaneios são interrompidos com o barulho de um vidro sendo despedaçado no chão, assustei-me nesse momento que cheguei a me sentar na cama, logo após pude ouvir um estrondo de uma porta sendo fechada - com muita raiva provavelmente - um momento de silêncio foi estabelecido mais então ouvi duas batidas na porta e Jungkook me chamando com a voz um tanto suave, me surpreendi pois se fosse eu em seu lugar eu estaria muito bravo.

- Jimin-hyung? - Chamou-me e indaguei um “Oi?” e fui respondido depois de não tanto tempo - Posso entrar?

- Só me deixe colocar uma roupa melhor - Ouvi uma risada do lado de fora do quarto e não me aguentei em esboçar um leve sorriso, fui até meu mini guarda roupa e vesti uma blusa e bermuda folgadas já que a maioria das roupas que ali tinha era de Jungkook, pedi para que ele entrasse e sentei-me na cama novamente.

- Então.. vocês brigaram né? - Disse meio desanimado, não queria tocar nesse assunto mas não tinha outra coisa para comentar a não ser isso. Ele acenou e continuei - Se resolveram pelo menos? Ela parece ter ficado bem brava.

- É, só faltava soltar fogo pela boca - Riu caminhando até a cama e se sentando ao meu lado enquanto encarava o nada como eu - Não nos resolvemos… - Um silêncio permaneceu ali mas não demorou muito para ele prosseguir - E nem vamos

Seu olhar pousava sobre mim e o meu nele, nos encaramos por longos minutos até eu sentir que algo quente havia tocado minha não e ao conferir percebi ser a sua - Pode ser estranho Hyung.. você pode acabar me odiando e indo embora daqui mas… eu não posso esconder isso de você-  Suspirou - Eu realmente gostei daquele beijo.

Desfibrilador? Alguém tem um desfibrilador aí por favor? Eu acho que estou tendo uma parada cardíaca.

- E-Eu também gostei Jeon, seus lábios tem um gosto doce.. viciante eu diria - Park Jimin por acaso você tem problema mental? Está falando coisas abusadas como essa para um homem que namora? Bom, tecnicamente eu deduzo que a este momento eles já tenham terminado o relacionamento… não?

- Os seus pareciam morangos.. - Encarou sua mão que estava sobre a minha, ele estava envergonhado assim como eu mas nenhum de nós parecia ter se arrependido do ato feito há algum tempo atrás.

Sua face entristeceu e então vi uma lágrima fujona escapar de seus olhos, ele estava se aguentando, assim como eu Jungkook amou alguém e esse alguém o deixou. Sempre será triste um fim de relacionamento. Apenas sussurrei um “ficará tudo bem” e afaguei sua cabeleira que ainda era negra, aproximei sua cabeça cada vez mais e acabei por pousá-la em meu colo, Jeon deitou-se na cama corretamente e apenas ficamos ali, era eu ele e o silêncio, silêncio este que finalmente veio em um momento certo. Ouvia seus resmungos baixinhos e isso lembrou-me do dia em que Jeon me salvou daquela chuva, não se passou tanto tempo assim porém é como se já tivéssemos avançado anos após esse incidente. Minha mente era nublada nesta parte da história e apenas alguns flashes vinham para mim, Jennie era meu tudo, minha vida e eu a perdi para sempre, quando percebi eu estava a chorar também, afinal chega uma hora em que não aguentamos toda a tristeza causada pelos segredos que apenas nós sabemos e desatamos a chorar, desabafar, inevitável fazer alguma dessas coisas.

- Eu também amei alguém Jeon… ela não sai da minha cabeça - Confessei - Desde o dia em que me resgatou daquele lugar.. ela parece atormentar-me mais ainda quando estou só mas, com você comigo não - Olhei para baixo e vi seus olhos me encarando, estavam vermelhos pelas lágrimas derramadas por Mindy, estranhei quando ele se aproximou e voltou a sentar, seus braços rodearam meu pescoço e então demos um abraço apertado.

- Prometa.. que mesmo você saindo de minha casa algum dia para viver sua vida normalmente.. prometa que não irá me esquecer - Jeon Disse ainda com voz chorosa porém ele voltava para a sua “firmeza”, Jungkook iria aguentar e isso algum dia irá passar, acredito nele.

- Eu prometo dongsaeng - Retribuí seu abraço mas por fim acabamos por nos separar.

- Hyung.. me desculpe por isso - O olhei curioso e assim que iria fazer minha pergunta “desculpar pelo quê?” ele voltou a aproximação mas dessa vez seus lábios tocaram os meus com uma certa delicadeza, me assustei um tanto com seu ato mas acabei por deixá-lo conduzir, sua boca tinha mesmo um gosto doce e se acaso eu continuasse a recebê-lo, acabaria me viciando neles, isso seria bom ou ruim?

Jeon deitou-me na cama e novamente nos encaramos. Esse garoto por acaso ama me olhar? Deu um mero sorriso e se deitou sobre meu peitoral e voltei a afagar suas madeixas, ele estava realmente carente.

- Se eu receber essa atenção todo dia irei me acostumar, ouviu?

- Aaah.. é impossível negar um beijo para você dongsaeng - Ri, afinal era mesmo impossível com aqueles lábios me chamando para serem tomados.

- Obrigado Hyung.. obrigado por ainda estar aqui, eu quem tinha que te ajudar mas você é quem me ajuda, obrigado mesmo.

- Não há de que Jungkook.. - Encarei o teto sobre nós, era tão desinteressante olhá-lo com algo melhor ali para chamar-me a atenção - que seria Jeon - mas ainda sim era melhor encará-lo do que acabar me apaixonando por aquele rostinho, ele iria me deixar igual Jennie? Indaguei para mim mesmo, afinal, seria certo ficar com meu próprio dongsaeng?


Notas Finais


Comentem comenteeeem ! 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...