História Coffee Shop • Kim Taehyung {Hot} - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Personagens Originais, V
Tags Babygirl, Bts, Daddy, Death Fic, Hot, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Menção A Day6, Park Jimin
Visualizações 253
Palavras 536
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor



Capítulo 10 - X. Tragedy


Fanfic / Fanfiction Coffee Shop • Kim Taehyung {Hot} - Capítulo 10 - X. Tragedy

Mais um dia começa, mas hoje parece diferente, hoje parece que algo ruim vai acontecer, sempre que tenho sentimentos assim, coisas ruins acontecem.
 

Tae: Bom dia Princesa. - Diz me dando um abraço apertado. - Dormiu bem? 

Nayeon: Bom dia. - Digo desanimada. - Não estou muito bem hoje. 

Tae: Oque aconteceu?

Nayeon: Vai acontecer. Eu estou sentindo algo estranho, parece que algo ruim vai acontecer, eu nunca ignoro esses sentimentos. 

Tae: Fica calma, eu estou aqui com você, pra te ajudar no que for necessário, nada de errado vai acontecer enquanto eu estiver aqui, okay? Agora vem, vamos tomar café.

Nayeon: Obrigada TaeTae. - Dou-lhe um abraço apertado e um selar na bochecha. - Você é incrível.

Fomos para a cozinha tomar café, depois disso ficamos no sofá assistindo o noticiário da manhã, estava falando sobre a queda de um avião e por conhecidencia meu telefone toca. 



Nayeon: Alô? 

XXX: Bom dia, gostaria de falar com a Senhorita Song Nayeon.

Nayeon: Eu mesma. Aconteceu algo? 

XXX: Então, eu sou o Gerente da empresa que o seu pai trabalha. Infelizmente tivemos complicações durante a viagem que resultou em uma catástrofe aérea.

Nayeon: Meu deus...

XXX: Infelizmente o seu pai morreu. 

  

Começo a chorar escutando aquelas palavras, estava certa de que algo ruim iria acontecer, mas nunca imaginei que seria com o meu Appa, meu querido Appa. Isso deve ser muito azar mesmo. Como pode? Em menos de um ano perder o pai e a mãe.

Nayeon: Não há nada a ser feito? - Digo chorando.

XXX: Infelizmente não. Levamos todos os acidentados para o hospital mais próximo, mas infelizmente o seu pai não resistiu e morreu. 

Nayeon: Okay. Obrigada por informar. - Digo minhas últimas palavras e desligo o telefone. 


Tae me olhava com uma cara confusa, mas parecia já saber oque aconteceu.

Nayeon: Tae... O meu pai. - Digo chorando muito. 

Tae: Calma Nayeon, calma. Não precisa nem completar o resto da frase. 

Nayeon: E agora? Oque eu faço? A única pessoa que me restava na família morreu, meus tios estão no Brasil, eu não tenho irmãos e meus avós se foram a muito tempo. Eu estou sozinha Taehyung. - Digo soluçando. 

Tae: Você não está sozinha. Eu estou aqui por você, e prometo cuidar de você e te ajudar no que for preciso, eu posso começar a morar contigo, se você quiser é claro.  Mas eu não vou te abandonar, nunca. 

Nayeon: Obrigada Tae, de verdade, você tem feito muita coisa por mim, eu tenho passado por momentos difíceis e vc tem me ajudado em tudo, se não for muito incômodo, você poderia passar alguns dias comigo? Só pra garantir que eu não faça nenhuma besteira. 

Tae: Tudo oque você precisar, eu estarei aqui por você. - Diz me dando um selar demorado, que só acabou pela falta de ar. - Desculpa, eu não deveria me aproveitar de situações como essa pra fazer isso, por favor me desculpe.

Nayeon: N-Não Tae, tá tudo bem, não fica preocupado com isso agora.

  Depois dessa noticia que me veio logo pela manhã, eu não queria saber de mais nada, tudo oque eu queria era passar o resto do dia abraçada com o Taehyung. Aquele abraço me confortava, e parecia que tudo ia ficar bem.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...