História Coisas da vida segunda temporada - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Jungkook, Lu Han, Mina, Momo, Nayeon, Rap Monster, Sana, Suga, Tzuyu, V
Tags Bts, Romance, Twice
Visualizações 9
Palavras 3.357
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ecchi, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Como tinha ficado muito grande resolvi dividir em duas partes, espero que gostem e foi isso.

Capítulo 9 - Festa, confusão e decepção part 2


* Mina * 

Não sei como todos nos acabamos no Karaokê, depois de algumas bebidas e dos meninos comentando sobre a época em que estudavam, Hoseok comentou que Namjoon tinha o apelido de Rap Monster e Dahyun perguntou o motivo e com uma resposta um tanto grossa Yoongi a respondeu e depois seguimos todos para o karaokê desta a habilidade de canto de cada um, apensar de grande o espaço que era a prova de som, ainda tinha se tornado pequeno com 14 pessoas dentro. 

Tinha dois microfones apenas então iriamos nos dividir em duplas, se bem que Namjoon, Hoseok e Yoongi viraram um trio, eles falavam que iriam mostrar a habilidade de rap deles. 

- Vamos cantar que musica? - Namjoon olhava para a maquina pensando em que musica escolher. 

- Podemos cantar aquela que fizemos uma vez - Yoongi ele estava lindo na fantasia dele de homem de ferro, se bem que boa parde da fantasia tinha ido embora. 

Depois de conversarem um pouco eles começaram a cantar e fiquei admirada como Namjoon e Hoseok eram bons, agora não tinha duvida que ele merecia o apelido que tinha ganhado de Rap Monster. 

- Vocês são muito bons. - Falei quando eles terminaram. 

- Somos mais que bons - Disse Yoongi em seu jeito convencido. 

- Sim foram bons, podemos ser melhor - Disse Jin, e se levantou puxando Jungkook, e foi a vez deles escolher uma musica. 

- Podem tentar, mas não serão melhor que a gente - Agora foi a vez de Namjoon se mostra convencido. 

Depois de mexer um pouco na maquina Jungkook escolheu uma musica de Taeyang - RINGA LINGA. 

Eles foram cantando e todos começamos a dançar ou tentar dançar no pequeno espaço e além de bom cantor Hoseok também era muito bom dançando assim como Jimin, Jin e Jungkook também cantavam muito bem. 

Os próximos foram Jimin e Taehyung a escolher uma musica. Eles escolheram uma de Super Junior -Sorry Sorry. 

Quando acabou a rodada dos meninos foi das garotas. 

- Momo você faz dupla comigo? - Nayeon perguntou. 

- Claro, mas ainda não conheço muitos grupos. 

- Tudo bem, vamos cantar uma de BlackPink boombayah. 

- Certo essa eu conheço. 

As meninas começaram a dança e a cantar, depois delas foi a a vez de Chaeyoung, Sana e Dahyun. 

- Eu escolho a musica - Falou Dahyun animada levantando-se. 

Dahyun escolheu uma de Hyuna Ice Cream. 

- Só preciso me livrar dessas assas - Falou Chaeyoung e fui tirando as assas, ela colocou no canto no chão. 

Depois da apresentação delas foi minha vez e da Jihyo, ela escolheu uma de Girls' Generation - The Boys. 

Depois de nossa apresentação, começamos a cantar de maneira qualquer musica que ia aparecendo, e do nada virou uma competição de quem dançava de maneira mais sensual a ideia era deixar os meninos '' animados '' 

- Ninguém vai ver minha irmã dançando - Yoongi protestou. 

- É só fechar os olhos por que eu vou dança. - Disse Sana firme. 

- Sana você é linda, mas também vou ficar desconfortável com você rebolando na minha frente você é como uma irma para mim. - Hoseok completou. 

- Não quero ver minha namorada deixando outros homens exitados - Disse Jimin abracando Chaeyoung. 

- É só uma brincadeira, você acha que minha ideia é ver você se animando enquanto ver minhas amigas dançando? 

- Quem não pode participar só sai daqui de dentro e quem é livre fica - Disse Dahyun. 

- Olha eu só danço para o Jimin, a ideia é provocar, mas eles não podem tocar, nem mostra qualqur reação  então fazendo um jogo de pares - Chaeyoung deu a ideia. 

- É boa eu gostei - Disse Sana. 

- A divisão ficar a seguinte então, Chaeyoung e Jimin, Momo e Taehyung, Mina e Yoongi, Jin e Jihyo, Nayeon e Hoseok, sinto muito Jungkook se não quiser brinca pode sair, mas eu não vou dança para você seria estranho. - Falou Sana. 

- Tudo bem, posso ir com a Dahyun isso é se estiver tudo bem para ela. 

- Sem problemas por mim. 

A musica foi escolhida e o primeiro casal seria Jimin e Chaeyoung, a musica foi escolhida Jimin ficou sentado e Chaeyoung começou dança de maneira provocante e sensual Jimin estava ficando vermelho tentando não mostra reação alguma e os outros garotos apenas ria e ficavam e ficavam fazendo comentários. 

- Jimin em pé aqui na frente quero conferir se esta tudo ok com você - Disse Tae quando a musica terminou, e Jimin pode não ter mostrado reação, mas ele tinha ficado alterado. 

- Perdeu - Disse Yoongi rindo. 

- Quem não perderia desse jeito. 

Chaeyoung deu um sorriso constrangido e foi mais para trás abrasando Jimin escondendo o rosto dela nas constas dele. 

- Amor melhor você manter distancia de mim por um tempinho. - Falou Jimin e Chaeyoung corou mais ainda se afastando dele e abraçando Momo. 

- Chaeyoung, eu sou a próxima - Momo disse se livrando dos braços da amiga. 

A musica foi escolhida e Tae pegou o lugar de Jimin se sentando, ele estava serio e Momo começou a dança e ele logo fez uma cara de safado e logo mostrou reação, e antes do final da musica já teve que trocar para o próximo casal. 

Seria eu e Yoongi, estava nervosa sim, mas também seria legal provocar o Yoongi um pouco e mostra para ele meu lado provocante, escolhi a musica e comecei a dança, fiquei feliz ao notar que Yoongi tentava não demostrar reação e fiquei mais feliz ainda quando ele mostrou, depois foi Jin e Jihyo os dois quase ganhavam mais no final Jin acabou reagindo então seguiu para Hoseok e Nayeon, apesar do rosto vermelho e não conseguir dançar de primeira Nayeon consegui se soltar e dança, Hoseok parecia hipnotizado a olhando e como todos os outros o resultado foi o mesmo, e se segui a mesma coisa para Jungkook e Dahyun a garota dançou de um jeito a provoca-lo mesmo, e ele tentou muito não mostrar reação nem uma parecia uma briga de egos, mais no final Dahyun, e com Namjoon e Sana o resultado não foi diferente. 

* POV terceira pessoa * 

Depois do jogo Jungkook disse que já ia embora, como tinha bebido muito falou que voltaria de táxi, Dahyun de algum forma acabou indo atrás dele, já estavam na rua quando ela consegui o alcançar. 

- Jungkook podemos conversa? 

Jungkook pensou em continuar andando e ignorar a garota mais mudou de ideia, e se virou em direção a ela, estava claro que Dahyun tinha passado da conta e tinha bebido muito. 

- Estar tarde amanhã tenho trabalho, não estou afim de conversa você também deveria ir para sua casa. 

- Não me diz o que fazer - Dahyun andou cambaleando e parou em frente a Jungkook. - Olha, sei que você me odeia, ou me ama, ainda não sei bem qual desses sentimentos estar lhe dominando agora, mas fica comigo não me larga eu preciso de você. 

- O problema estar em quando você não precisar mais de mim Dahyun, não vou me machucar para deixa-la feliz.

- Eu sou uma puta, as pessoas tem razão sou uma vadia mesmo - Falou Dahyun e deu mais um passo e acabou desmaiando nos braços de Jungkook. 

- Garota você é mesmo um problema. - Falou Jungkook pegando Dahyun no colo, pensou em levava para dentro, mas a boate não era um bom local para ela ficar e Chaeyoung também tinha bebido muito, depois de pensar um pouco Jungkook decidiu que por hora ele cuidaria de Dahyun, ele chamou um táxi iria leva-la para case dele. 

Jungkook ficou olhando Dahyun dormindo tranquilamente encostada em seu colo, ela era tão linda de rosto infantil e travesso, ele tinha uma vontade incontrolada de ficar com ela e cuidar dela, mas não conseguia mais ficar ao lado dela sem ser como seu namorado. 

Sana aproveito que estavam todos distraídos e puxou Namjoon ate o escritório dele, já o tinha o organizado, deixando arrumado de maneira bem romântica coloquei umas pétalas de rosas decorando o chão e tinha conseguido arrumar algo para deitarmos no chão. 

- Namjoon como meu presente de aniversario especial eu... eu quero ser sua - Disse firme e comecei a tirar meu vestido o deixando cair revelando minha lingerie sexy, Namjoon  umedeceu os lábios, dei um sorriso sedutor e caminhei ate ele. 

- Tem certeza disso? - Ele perguntou me olhando de cima a baixo. 

- Sim. - Falei passando minhas mãos ao redor do pescoço dele. - Quero ser sua. - Sussurrei no ouvido dele. 

Namjoon passou o braço dele em volta da minha cintura me puxando para ele sentir seu membro contra minha intimidade, comecei beija-lo e puxei de leve seu lábio inferior a mão de Namjoon foi para minha coxa a segurando apertado e a levantando suspirei, e comecei a beijar sua nuca e dei um chupão de leve depois Namjoon tirou meu sutiã e começou a traçar uma trilha de beijo por meu corpo dando uma parada em meu seio enquanto ficava estimulando um ia com a boca em outro, soltei um gemido baixo.

Me afastei um pouco dele para poder começar e tirar sua roupa, e foi minha vez de começa a beija-lo desde sua nuca ate sua barriga, fiquei ajoelhada e comecei a abrir sua calça a puxei para baixo, e depois me livrei de sua cueca segurei em seu membro sabia que garotas faziam aquele tipo de coisa quando queriam deixar um homem exitado não deveria ser tão difícil assim, levei o mesmo a minha boca, torcendo para estar fazendo aquilo de maneira correta, Namjoon segurou meu cabelo com um pouco de força me ajudando no ritmo, ou ouvi-lo gemer fiquei mais animada, depois parei e me levantei, invertendo de lugar com Namjoon agora ele estava de joelhos, e tirou minha calcinha, começou a me tocar estimulando-me, mordi meu lábio contendo o gemido que vinha a minha garganta. 

Yoongi procurava por Sana em todo lugar, ele tinha que ir embora mais antes queria falar com a irmã, afinal passaria em casa só para tomar um banho trocar de roupa e pegar suas coisas depois iria direto para o aeroporto. 

- Yoongi estar ficando tarde, temos que ir ou vamos nos atrasar - Falou Mina para Yoongi. 

- Tenho que falar com Sana, só vou em mais um lugar, se ela não estiver lá nos vamos embora e mando uma mensagem para ela. 

Yoongi já começava a ficar preocupada sobre a onde sua irmã estaria, ele segui para o escritório de Namjoon com Mina a lado dele, esse era o único lugar onde ele ainda não tinha ido. 

Quando chegaram Yoongi notou que aporta só estava um pouco encostada e não fechada, ele ouviu um gemido baixo, e pensou que o amigo estava ficando descuidado, Yoongi já ia virando quando escutou a voz de Sana chamando pelo nome de Namjoon. 

Yoongi abriu a porta com brutalidade, ele via mais preferia acreditar que estava em um pesadelo, lá estava sua irmã e seu melhor amigo ambos se roupa e Yoongi tentou não pensar em que Namjoon fazia de joelhos em frente de sua irmã. 

- Eu posso explicar - Disse Namjoon. 

- Não tem o que explicar, minha imã, serio minha irmã? 

Yoongi foi para cima de Namjoon acertando um soco nele, e Sana começou a chorar mandando o irmão larga parar, mas Yoongi apenas acertou mais uma serie de golpes em Namjoon ele sentia tanta raiva que não sabia como alivia-la nem mesmo ver o amigo já com sangue saindo pela boca fazia sua raiva diminuir, ou os gritos desesperado de Sana. 

- Sana coloca uma roupa agora, veste isso - Disse Mina pegando a camisa de Namjoon e entregando a Sana. 

Mina em curtos passos foi ate Yoongi, ela tinha que o impedir mais não sabia o que fazer. 

- Yoongi eu te amo - Mina gritou. 

Yoongi ouviu a voz de Mina ela parecia distante, e ele não consegui entender o que ela tinha dito, estava com tanta raiva que não conseguia ouvir nada, apenas sabia que Mina tinha gritado o nome dele o que o fez parar por um segundo, segundo esse que Mina aproveitou para o abraçar por trás. 

- Yoongi só para, desse jeito você vai o matar - Disse Mina abraçando Yoongi, que sentiu as lagrimas de Mina em suas costas. 

- Só sai de minha frente, e coloca uma roupa - Yoongi falou tentando ficar calmo. 

Namjoon passou a mão pelo rosto e pegou sua calça a vestindo. 

- Apenas suma da minha vista, não quero o ver nunca mais - Falou Yoongi furioso ele segurou na mão de Mina na tentativa de se acalmar. 

- Yoongi esta tudo bem, você precisa ficar calmo, vou lhe soltar, mas você tem que me prometer que vai ficar calmo e parado. Namjoon você não pode sair assim. 

Mina tentava pensar com clareza, ela pegou o celular e ligou para Nayeon, que depois de alguns toques atendeu, pediu para a amiga subir e a mandou trazer alguma. 

- Sana coloque sua fantasia novamente, e fique calma tudo vai ficar bem. 

Sana se mantinha encostada em um canto chorando, ela estava com medo do irmão e também com vergonha queria saber como Namjoon estava mais não tinha coragem de se mover, por hora achou melhor seguir o que Mina tinha falado Yoongi estava sentado de cabeça baixa. 

Sana troco de roupa e colocou sua fantasia quando já ia descendo passou por Nayeon que a olhou confusa. 

Nayeon arregalou os olhos ao entrar no escritório e viu Yoongi sentando balançando a perna e Namjoon todo cheio de sangue. 

- Nayeon cuide dele e o leve para nosso apartamento depois explico tudo, só seja discreta, agora tenho que ir, fale com o Hoseok para lhe ajudar em tudo.

Mina tentava ser racional não podia perder a cabeça, ela convenceu Yoongi a ir embora os dois tinham uma viagem a fazer, Mina falou com Momo que não poderia a levar embora e disse que depois explicaria tudo, e seguiu para seu apartamento, tomou um banho e trocou de roupa pegou sua mala e fui com Yoongi que permanecia calado ate o apartamento Yoongi tomou um banho e pegou suas coisas. 

- Yoongi foco, agora você tem que se pensar apenas em sua carreira - Disse Mina pegando na mão de Yoongi. 

- Fala isso por que não era a sua irma naquela situação.

- Sei, mas não pode jogar toda sua carreira fora, vai ser bem pior, foco. 

- Você é como minha voz da razão. 

Yoongi se sentia grato por ter Mina ao seu lado, ela sempre o acalmava, se ela não estivesse ao seu lado Yoongi tinha ate medo do que poderia ter feito. 

Nayeon cuidou dos ferimentos de Namjoon e limpando o sangue ele tinha cortado a boca, apensar da curiosidade ela preferiu não pergunta nada, depois foi atrás de Hoseok o chamou e quando Hoseok viu o amigo com a boca machucada e olho roxo ele não sabia o que falar. 

- Yoongi descobriu da pior maneira possível. 

Só bastou essas palavras de Namjoon para Hoseok entender o que estava acontecendo. 

Os três seguiram para o apartamento de Yoongi quando Sana viu Namjoon correu direto para os braços dele. 

- Você estar bem? - Ela passava a mão pelo rosto do amado. 

- Esses machucados não é nada perto de como estou me sentindo. 

- O Yoongi não tinha que ter feito isso, por que para meu irmão tudo se resolve na violência. 

- A reação dele foi bem aceitável, agora tenho que arrumar minhas coisas. 

Namjoon passou por Sana, ele não queria ficar perto dela, tinha muito no que pensar, ele organizou suas coisas com a ajuda de Hoseok iria ficar um tempo no apartamento das meninas ate encontrar outro lugar para morar.

Nayeon começava a entender tudo mesmo sem explicações ela tentou acalmar Sana que ainda chorava, enquanto tentava falar para Nayeon o que tinha acontecido. 

- Sana tudo vai ficar bem, o tempo vai cuidar de tudo - Disse Nayeon para a garota. 

Quando terminou de arrumar as coisas Namjoon foi para sala. 

- Depois pego o resto das minhas coisas, fica bem pequena. 

- Você ainda pode ficar aqui - Disse Sana entre soluços. 

- Melhor ficarmos afastados e pensamos um tempo. - Disse Namjoon dando um beijo na testa da garota. 

Nayeon seguiu com Namjoon ate o apartamento dela, a garota disse que ele poderia ficar no quarto de Mina. 

- Prometo que amanhã encontro um lugar para ficar. 

- Pode levar o tempo, o tempo que precisa, estamos acostumadas com a casa cheia. 

- As outras não achar ruim? 

- Logico que não, também mal paramos em casa só vai nos ver nas horas das refeição e olhe lá. 

- Obrigada por tudo. 

Nayeon foi para seu quarto queria tomar um longo banho e dormir a noite tinha sido muito longa. 

Jihyo sentia suas pernas doendo, tinha se divertido muito na festa de Sana. 

- Jin estou cansada você deveria me levar no colo para o quarto - Disse Jihyo com um sorriso manhoso. 

- É capaz de cair nos dois. 

- Estar me chamando de gorda? - A garota falou fazendo biquinho. 

- Não é isso é que estou muito cansado também. 

- Me leva Jin não consigo dar mais um passo. 

Jihyo passou os braços ao redor do pescoço de Jin ficando muito perto ele era tão atraente que Jihyo nem penso direito e o beijou, ela passou a mão pelo cabelo macio dele e tornou o beijo mais intenso. 

- Jihyo, melhor pararmos - Falou Jin se continuasse ele já não responderia pelos atos dele. 

- Jin estamos casados, não tem problemas agirmos como pessoas casadas. 

Jihyo falou em tom provocante voltando para perto de Jin e passou uma mão por sua noca o puxando e ficou bem perto dele com seus lábios quase tocando nos deles. 

- Vai dizer que você também não me quer? Sera que vou ter que dança novamente para você? 

Jihyo deu um sorriso safado se afastando de Jin. 

Ela começou a dança para ele de maneira provocante e fui tirando a roupa, Jin ficou olhando para ela por um momento, pensou em todos os motivos por qual deveria resistir, mas no fim quando viu a garota semi-nua ele não consiga mais pensar em um bom motivo para impedi-lo. 

Jin puxou Jihyo e começou a beija-la. 

- Tentei ser um bom rapaz, mas você me provocando dessa maneira não ajuda em nada.

Jihyo começou a se livrar das roupas de Jin, ele a pegou no colo Jihyo passou suas pernas pena cintura dele, Jin ia  a beijando enquanto caminhava, ele a encostou na parede e começou a beijar com mais intensidade, Jihyo passou suas unhas pela costa de Jin o fazendo gemer. 

Quando chegaram no quarto Jin apenas precisa se livrar da cueca e Jihyo já estava completamente sem roupa, ele a deitou e depois foi para cima dela a cobrindo de beijos, Jin a estimulava tocando em sua intimidade. 

- Isso é tortura Jin. - Disse Jihyo com a voz quase em um sussurro. 

- Quero ouvir você pedindo - Disse Jin a tocando de maneira mais exitante. 

- Jin quero você em. 

Jin deu um sorriso satisfeito e começou a penetrar em Jihyo que passou a mão pela costa dele de cima a baixo. 

Jihyo acordou no dia seguinte abraçada a Jin, ele parecia dormir tranquilo, a agarota deu um sorriso de lado, recordando da noite maravilhosa que tinha tido. 

Jin abriu os olhos e viu Jihyo ela estava deitada de lado o olhando. 

- O que ouve? Estou com o rosto todo amassado? 

- Não, quer dizer estar, mas não é isso. 

- Você estar arrependida? 

- Não, estou feliz, acho que podemos agir como casal mais vezes. 

- Não deveria ter dito isso. 

Jin disse beijando a garota, ele se sentia atraído por ela de maneira que não conseguia dizer. 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...