História Coisas do destino - Capítulo 5


Postado
Categorias Naruto
Tags Dor Amor, Sakura
Visualizações 22
Palavras 2.290
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - O grande dia inicio


Cap.5  Cap.5  O grande dia inicio

 

Eu estava bastante ansioso com este casamente os dias do lado de Sakura foram bastante complicados ela estava muito abatida de que Konan falou para ela na escola  eu tive que ameaçar ela para deixa Sakura em paz, pois se algo acontece com o bebê que ela esperava eu mataria ela, que ficou surpresa em saber da gravidez eu joguei na cara dela que eu atraia. Embora não fosse verdade agora eu estava assumido o filho de Sakura como meu e todos deveriam pensar que  filho que ela carregava era meu.

Durante o restante do mês as coisas na escola correram bem ninguém se atreveu chegar perto de sakura, pois o pai dela foi lá e ameaçou a direção e deixou bem claro para todos que se alguém fizesse ou falasse algo com sakura às coisas não ficaram bem para esta pessoa e sua família.

Vi os tios dela circulando ao redor da The Catholic University of  America - Columbus School of Law isto me dava  medo pois eu temia pela vida de algumas pessoas que ficavam de comentários sobre a gravidez de Sakura.

Pois o local e de tradição e uma educação católica, há eles presam a moral e os bons costumes, para mim todos são hipócritas, eu acho que isto tem dedo de Konan mais não vou deixar que nada aconteça com minha rosada, este dias na sua companhia tem sido bem agradáveis.

Eu a conheci melhor e vi que nada do que  Konan havia me falado era verdade Sakura era uma menina muito simples e cuidava da casa e de mim que muitas das vezes ficava estudado para a prova do Pentágono que eu queria fazer não queira entra por causa de meu pai e sim por meu mérito.

Finalmente o grande dia chegou e logo eu e Sakura estaríamos nós casando, durante estes dois meses eu rezei para Itachi acorda mais como a vida não o tirou de nós eu tinha esperança dele acorda e se casar com a mulher de sua vida.

Mais o destino não quis assim então eu irei me casar com ela e cuidar do filho dele como se fosse o meu. Cheguei ao loca aonde vai ser realizado nosso  casamento no Trump International Washington D.C. era um lugar muito bonito parecia um castelo e Sakura merecia um dia de princesa. O lugar foi todo reservado para o evento aonde os convidados ficariam até a hora da festa.

Nós fomos para os dois dias antes do casamento, para podemos fazermos nossa despedida de solteiro seria lá a família fez questão para que podermos aproveitar os benefícios do local havia muitos homens que eu nunca vi em toda minha vida amigos da família de Sakura conhecidos dos tios e do pai de  dela e amigos de meu pai.

Como eles são pessoas importante tanto ao meio político, militar e empresarial haverá  muita destas pessoas aqui no meu casamento. Meu pai e os tios e pai de sakura planejaram a minha despedida em um dos quartos do hotel com meus melhores amigos e alguns conhecidos mais chegados do senhor Hizashi e seus irmãos e os amigos de meu pai. E a dela em outro com as amigas dela.

Sei o quanto todas as garotas sonhar com este dia eu escolhi este lugar para agrada-la e para compensa o fato dela não estar se casando com o amor de sua vida e sim com o irmao dele, esta foi minha única exigência que o casamento fosse neste lugar.

Circulei rapidamente entre os convidados agradecendo a presença de cada um deles fazendo um social básico antes da cerimonia, percebi o olhar mortal de mamãe, devido ao meu atraso, ela se aproximou e me  segurando pelo braço e sussurrou.

Mikoto: Isso  são horas, você devia estar aqui há duas horas a trais.

Sasuke: Desculpa mamãe eu fui ver Itachi.

Mikoto: Sente falta dele meu filho?

Sasuke: Sim! Queria que ele estivesse aqui.

Mikoto: Eu sei meu filho vocês eram muito apegados, eu também sinto falte dele. 

Estava  tudo realmente lido acho que sakura vai gosta ela anda meio triste sei que estar pensando em Itachi mais me sinto mais aliviado por ele estar em coma e não ter morrido, mas como eu prometi a ele cuidar da família dele é oque eu vou fazer jamais tocarei na mulher dele, e assim que ele sair do coma eu me divórcio del para que eles possam  ser felizes junto, continuei a caminhar cumprimentando a todos com um imenso sorriso forçado em meu rosto  já ansioso para ver minha noiva entra pelo corredor do salão eu nunca pensei que ficaria tão ansioso para ver Sakura vestida de noiva.

 

Vi minha mãe se aproximar com um imenso sorriso nos lábios, ela me puxou para um canto ajeitando a flor na lapela enquanto beliscava meu traseiro.

 

Mikoto: O que você estava fazendo meu filho?  Deus eu achei que você tivesse fugido e deixa sua noiva sozinha carregando meu netinho.

Sasuke: Nunca mamãe jamais faria isto com ela

Mikoto: acho bom se não eu corto sua areia de lazer meu querido, agora que seu irmão esta em coma e não pode me dar netos, somente me resta  você Sasuke.

Arregalei os olhos enquanto ela lançava sorrisos para os convidados que caminhavam

diante de nós.

Sasuke: Eu fugir dona Mikoto? Pirou? E mais fácil a Sakura fugir de mim do que eu fugir dela.

Mikoto: Por que ela fugiria? Ela conseguiu o maior partido da cidade.

 Eu estava muito nervoso então comecei a morde meus lábio inferior sentindo meu corpo todo tremer.

Sasuke: Ela já esta chegando mãe?

Mikoto: Sim Sasuke, Mebuki acabou de me ligar avisando que estão a caminho.

Então eu caminhei na direção a onde se encontrava o altar. Quando me posicionei diante do altar senti uma leve tapinha nas costas, me virei deparando com meu pai que me olhava com um imenso sorriso.

Fugato: Pronto?

Sasuke: Sim pai que o show comece

Fugato: Filho ainda há tempo de desistir!

Sasuke: Não pai,  eu não irei deixa-la sozinha não e justo com ela eu tirei isto dela eu  coloque Itachi naquela cama de hospital eu tenho que cuidar da família dela.

Fugato: Eu estou muito orgulhoso de você meu filho.

Sasuke: Pai não há nada de orgulhoso em minha atitude eu fui responsável agora estou arcando com as consequências.

Fugaku: Você podia ter dito a verdade a eles.

Sasuke: Para que? Isto não ira trazer o Itachi de volta para nós e sakura ficaria sozinha ela precisa de alguém do seu lado agora e este alguém sou eu

Fugato: É as atitudes que lhe faz um homem de verdade e espero que encontre a paz e consiga viver feliz e bem com Sakura.

Sasuke: Eu farei de tudo para que ela seja feliz. Papai eu prometi a Itachi, a família dele estará segura.

 

Eu estava bastante ansioso com este casamente os dias do lado de Sakura foram bastante complicados ela estava muito abatida de que Konan falou para ela na escola  eu tive que ameaçar ela para deixa Sakura em paz, pois se algo acontece com o bebê que ela esperava eu mataria ela, que ficou surpresa em saber da gravidez eu joguei na cara dela que eu atraia. Embora não fosse verdade agora eu estava assumido o filho de Sakura como meu e todos deveriam pensar que  filho que ela carregava era meu.

Durante o restante do mês as coisas na escola correram bem ninguém se atreveu chegar perto de sakura, pois o pai dela foi lá e ameaçou a direção e deixou bem claro para todos que se alguém fizesse ou falasse algo com sakura às coisas não ficaram bem para esta pessoa e sua família.

Vi os tios dela circulando ao redor da The Catholic University of  America - Columbus School of Law isto me dava  medo pois eu temia pela vida de algumas pessoas que ficavam de comentários sobre a gravidez de Sakura.

Pois o local e de tradição e uma educação católica, há eles presam a moral e os bons costumes, para mim todos são hipócritas, eu acho que isto tem dedo de Konan mais não vou deixar que nada aconteça com minha rosada, este dias na sua companhia tem sido bem agradáveis.

Eu a conheci melhor e vi que nada do que  Konan havia me falado era verdade Sakura era uma menina muito simples e cuidava da casa e de mim que muitas das vezes ficava estudado para a prova do Pentágono que eu queria fazer não queira entra por causa de meu pai e sim por meu mérito.

Finalmente o grande dia chegou e logo eu e Sakura estaríamos nós casando, durante estes dois meses eu rezei para Itachi acorda mais como a vida não o tirou de nós eu tinha esperança dele acorda e se casar com a mulher de sua vida.

Mais o destino não quis assim então eu irei me casar com ela e cuidar do filho dele como se fosse o meu. Cheguei ao loca aonde vai ser realizado nosso  casamento no Trump International Washington D.C. era um lugar muito bonito parecia um castelo e Sakura merecia um dia de princesa. O lugar foi todo reservado para o evento aonde os convidados ficariam até a hora da festa.

Nós fomos para os dois dias antes do casamento, para podemos fazermos nossa despedida de solteiro seria lá a família fez questão para que podermos aproveitar os benefícios do local havia muitos homens que eu nunca vi em toda minha vida amigos da família de Sakura conhecidos dos tios e do pai de  dela e amigos de meu pai.

Como eles são pessoas importante tanto ao meio político, militar e empresarial haverá  muita destas pessoas aqui no meu casamento. Meu pai e os tios e pai de sakura planejaram a minha despedida em um dos quartos do hotel com meus melhores amigos e alguns conhecidos mais chegados do senhor Hizashi e seus irmãos e os amigos de meu pai. E a dela em outro com as amigas dela.

Sei o quanto todas as garotas sonhar com este dia eu escolhi este lugar para agrada-la e para compensa o fato dela não estar se casando com o amor de sua vida e sim com o irmao dele, esta foi minha única exigência que o casamento fosse neste lugar.

Circulei rapidamente entre os convidados agradecendo a presença de cada um deles fazendo um social básico antes da cerimonia, percebi o olhar mortal de mamãe, devido ao meu atraso, ela se aproximou e me  segurando pelo braço e sussurrou.

Mikoto: Isso  são horas, você devia estar aqui há duas horas a trais.

Sasuke: Desculpa mamãe eu fui ver Itachi.

Mikoto: Sente falta dele meu filho?

Sasuke: Sim! Queria que ele estivesse aqui.

Mikoto: Eu sei meu filho vocês eram muito apegados, eu também sinto falte dele. 

Estava  tudo realmente lido acho que sakura vai gosta ela anda meio triste sei que estar pensando em Itachi mais me sinto mais aliviado por ele estar em coma e não ter morrido, mas como eu prometi a ele cuidar da família dele é oque eu vou fazer jamais tocarei na mulher dele, e assim que ele sair do coma eu me divórcio del para que eles possam  ser felizes junto, continuei a caminhar cumprimentando a todos com um imenso sorriso forçado em meu rosto  já ansioso para ver minha noiva entra pelo corredor do salão eu nunca pensei que ficaria tão ansioso para ver Sakura vestida de noiva.

 

Vi minha mãe se aproximar com um imenso sorriso nos lábios, ela me puxou para um canto ajeitando a flor na lapela enquanto beliscava meu traseiro.

 

Mikoto: O que você estava fazendo meu filho?  Deus eu achei que você tivesse fugido e deixa sua noiva sozinha carregando meu netinho.

Sasuke: Nunca mamãe jamais faria isto com ela

Mikoto: acho bom se não eu corto sua areia de lazer meu querido, agora que seu irmão esta em coma e não pode me dar netos, somente me resta  você Sasuke.

Arregalei os olhos enquanto ela lançava sorrisos para os convidados que caminhavam

diante de nós.

Sasuke: Eu fugir dona Mikoto? Pirou? E mais fácil a Sakura fugir de mim do que eu fugir dela.

Mikoto: Por que ela fugiria? Ela conseguiu o maior partido da cidade.

 Eu estava muito nervoso então comecei a morde meus lábio inferior sentindo meu corpo todo tremer.

Sasuke: Ela já esta chegando mãe?

Mikoto: Sim Sasuke, Mebuki acabou de me ligar avisando que estão a caminho.

Então eu caminhei na direção a onde se encontrava o altar. Quando me posicionei diante do altar senti uma leve tapinha nas costas, me virei deparando com meu pai que me olhava com um imenso sorriso.

Fugato: Pronto?

Sasuke: Sim pai que o show comece

Fugato: Filho ainda há tempo de desistir!

Sasuke: Não pai,  eu não irei deixa-la sozinha não e justo com ela eu tirei isto dela eu  coloque Itachi naquela cama de hospital eu tenho que cuidar da família dela.

Fugato: Eu estou muito orgulhoso de você meu filho.

Sasuke: Pai não há nada de orgulhoso em minha atitude eu fui responsável agora estou arcando com as consequências.

Fugaku: Você podia ter dito a verdade a eles.

Sasuke: Para que? Isto não ira trazer o Itachi de volta para nós e sakura ficaria sozinha ela precisa de alguém do seu lado agora e este alguém sou eu

Fugato: É as atitudes que lhe faz um homem de verdade e espero que encontre a paz e consiga viver feliz e bem com Sakura.

Sasuke: Eu farei de tudo para que ela seja feliz. Papai eu prometi a Itachi, a família dele estará segura.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...