História Cold - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Personagens Originais
Exibições 10
Palavras 968
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Escolar, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Lembrem-se de que tudo aqui é ficcional. Ou seja, NÃO É VERDADE!

Capítulo 13 - ~13


Fanfic / Fanfiction Cold - Capítulo 13 - ~13

- Então nós achamos que somos machos o suficiente, senhor JYP. 

Jiyoung então parece ficar assustado e larga do meu braço, o qual ele tinha pegado com violência. 

- O que você tem na cabeça pra tocar na Sky assim? - Jimin pergunta. 

- Sky, é? Pra você é SKYRESS e nada mais que isso! - ele se vira pra mim - Você é mesmo uma puta! Tenho certeza que já deu pra todo mundo nessa empresa! - ele fala louco de ciúme e levanta a mão para me dar um tapa. 

Pode me chamar de tudo. 

Mas de puta não. Ainda mais na frente dos meus amigos. 

Quando eu vejo a mão dele se aproximando, eu sou mais rápida e seguro seu pulso com a minha mão esquerda e lhe dou um tapa com a direita. Ele vira o rosto para o lado, eu aproveito sua distração e lhe chuto na barriga, logo ele cai e eu ouço um "ooh" vindo de trás de mim. 

- Skyress venha comigo, precisamos tratar de negócios. - PD fala. 

- Negócios? - Todos nós perguntamos em choque. Como ele pode pensar em negócios uma hora dessas? - Como o senhor pode pensar em negócios uma hora dessas? 

- Negócios são mais importantes que vagabundos. Me siga, eu mando os seguranças tirarem ele daí depois. 

E como dito eu segui ele. 

- Nós precisamos falar sobre o Mama, você sabe o que é? 

- Sim. 

- Você vai apresentar depois dos meninos e pra isso, nós precisamos lançar sua música rápido, mas eu mudei as coisas um pouquinho. 

- Como assim? 

- Seu debut vai ser uma coisa fofa, - Eu bufei - mas se acalme que é só essa música, eu fiz essas mudanças de último momento porque eu achei que ia ter um impacto maior no público. 

- Se for por isso, tudo bem. 

- Então, é melhor fazermos isso agora não? - Eu fico com cara de paisagem - Ora, não é assim que dizem, quanto mais rápido melhor? Vamos fazer conforme o ditado. Vou pedir para que o motorista lhe leve até onde você vai gravar e você ainda vai conhecer seu Manager. 

- Ok. 

- Ah, e só para avisar, como nós já estamos quase no final do ano, o Mama vai ser quatro dias depois da estréia do seu MV. 






Chegando no set, me mandaram ir para uma espécie de camarim que é onde estou agora conversando com o meu mais novo Manager, ele é gente boa. 

Minha roupa é um tanto... fofa demais. Não que eu não goste de coisas fofas, pelo contrário eu adoro, mas tem vezes que é demais e chega a dar raiva. 

É muito rosa, muitos acessórios cor de rosa.. aish.. 

Mas como a profissional que eu sou, com certeza vou me dar bem ao fingir para esse MV que também tinha um conceito fofo, até demais.. 

Sabe, eu queria demolir todo esse cenário rosa e botar preto com vermelho, botar uma roupa provocante, nossa.. Vou fazer isso um dia. 


QUEBRA DE TEMPO


Hoje, é hoje, é hooojiii! 

Finalmente, o tão esperado por nós artistas, Mama. Essa espécie de show vai ser transmitida para o Brasil! Máximo, né? 

Acabo de chegar no camarim onde vão me produzir e a correria não é pouca não. 

Enquanto as cabeleiras estão dando os últimos toques no meu cabelo, eu estou assistindo à apresentação dos meninos que com certeza irão ganhar esse Mama desse ano. Tenho total certeza eles estão merecendo, afinal, não há nenhuma chance de eu ganhar isso, até porque eu cheguei literalmente agora nesse ramo do K-pop. 

Minha apresentação vai se rum pouco surpreendente, eu acho, porque as pessoas que não me conheciam, agora me conhecem mas tem um imagem fofa de mim, coisa que é uma mentira em parcelas. Mas tanto as que não me conhecem quanto às que me conhecem vão se surpreender. 

Eu estou com um figurino parecido com o do MV, mas estou com uma roupa fabulosa por baixo, o PD disse que também ia ser uma ótima oportunidade de promover a minha nova música, aquela sobre inveja. A roupa que estou por baixo é um conjunto de calça colada e blusa com um blazer pretos e com detalhes maravilindos vermelhos, que iam fazer muito sucesso porque como eu sou Brasileira e tenho muito mais corpo comparado às coreanas, meus seios e meu bumbum ficaram bem maiores depois que eu vesti a roupa, fiz uns testes pra ver se ela não rasgava e por incrível que pareça não rasgou. 

Os meninos acabaram terminar de apresentar então, fui para trás daquele enorme telão e quando comecei a cantar, ouvi gritos e mais gritos, que inevitavelmente, me fizeram sorrir e a câmera dar um close em mim. 

Tudo estava indo perfeitamente bem, e quando vi que a música estava acabando, ainda bem, fui para o centro do palco onde tudo ia acontecer. 

- Remember, I'll always love you~. - A música acabou e as luzes se apagaram. É agora. 

A batida da nova música começou e logo as luzes foram ligadas de novo e a câmera mostrou primeiro eu tirando a roupa rosa e depois algumas reações hilárias de alguns idols, até mesmo do BTS (imagem do capítulo), o que me fizeram quase soltar uma gargalhada. 

Na minha high note que ficava no final da música, eu pensei que pudesse ficar legal se eu fissesse uma coisa simples. 

Enquanto ainda estava cantando, eu fui correndo devagar para frente da câmera que estava na frente do centro palco, e fiz a high note olhando para o céu e antes que as luzes pudessem se apagar novamente, fiz um sinal de "paz e amor" com os meus dedos e os levei à frente do meu olho direito enquanto as luzes se apagavam. 







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...