História Cold Love - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Origem dos Guardiões, A Pequena Sereia, Enrolados, Frozen - Uma Aventura Congelante, Valente
Personagens Anna, Ariel, Elsa, Flynn Rider, Jack Frost, Kristoff, Mérida, Príncipe Eric, Rapunzel
Exibições 50
Palavras 1.451
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Ficção, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


hello goroutada
SERIO EU NAO SEI COLOCAR NOME P CAPITULO ACHO Q VOU PARAR COM ISSO AHUDAHU

~~momento explicaçoes~~
Entao, eu sei que faz um tempinho que eu n posto, mas é por causa das provas, juro, e eu tipo to muito mal no colegio, eles cobram de mais (desculpa ae mas eu estudo no colegio militar huaduhuas briscadeira eu n fico me mitidando por isso). Eu ate comecei a escrever mas nao consegui terminar antes, ai sabe oq aconteceu? meu celular apagou tudo. Mas enfim, meu PC chegou ontem e ja comecei a escrever DE NOVO. Me desejem sorte na prova que tenho que fazer segunda p nao reprovar, obrigada, bjao e boa leitura.

Capítulo 12 - Contando umas verdade


Fanfic / Fanfiction Cold Love - Capítulo 12 - Contando umas verdade

 

****LEIAM AS NOTAS FINAIS*****

Pov Jack

 

~~ uns dias depois (sábado)~~

 

Hoje já faz praticamente uma semana que as aulas começaram, e esses dias estão sendo um tanto.... difíceis, pois minha relação com Elsa não esta nada boa. Depois daquela conversa no outro dia pensei que ela iria fazer mil perguntas, mas não, ela não disse uma palavra sobre o assunto e nesse tempo ela nem me olhou na cara, acho que ela esta muito confusa, e a gente também não colabora ne, mas sinceramente, eu contaria tudo para eles não vejo motivo para esconder tanto assim, afinal uma hora a gente vai ter contar, já falei com Ariel mas ela não deixa eu contar, e ate chegou a me ameaçar mas tudo bem. Ainda estava deitado na minha cama, pensando em tudo isso, ate que ouvi pequenos gritos vindos de Elsa, corri ate ela, estava fria, suando e ofegante. Tentei acorda-la mas não tive sucesso, fiquei balançando ela e a chamando ate que ela levanta assustada e levando a mão ao pescoço.

-Elsa, você esta bem? – perguntei preocupado, ela me olha um pouco confusa e me abraça

-Estou, foi so um pesadelo – falou se acalmando

-O que aconteceu? – me sentei ao lado dela e ela me olhou um pouco confusa

-Ahnn... eu estava numa sala escura, havia so uma luz em cima de mim, mas não dava para ver nada, então eu ouvi risadas de um homem e foi ficando cada vez mais alta, quando ficou muito perto eu fechei os olhos e quando abri um homem estava na minha frente, não tipo na minha frente a alguns metros, mas bem na minha cara, por um tempo ele so me olhou, e eu não conseguia me mexer, Jack os olhos dele eram amarelos, nunca fiquei com tanto medo na vida, então ele agarrou meu pescoço e me ergueu, estava me sufocando e disse ‘’já te achei nos pesadelos querida Elsa, não vai ser difícil te achar na realidade’’ então eu acordei – ela disse ainda assustada, e eu estava mais ainda, sabia quem era o sujeito , e se ele a achasse não iria ser nada legal. –  Voce sabe quem é – ela afirmou, provavelmente minha cara me entregara

-N-Não sei não, impressão sua – tentei disfarçar

-Entao por que esta tao nervoso? Jack, quem é esse homem? – Elsa perguntou seria, caraca o olhar dela dava muito medo

-Hã, é melhor eu já ir

-Não!! Jack, eu estou cansada de ficar que nem uma idiota sem saber de nada, vocês acham que é fácil tentar entender ? Acha que é fácil ouvir que você não ‘pertence a este mundo’ sem achar que esta louca? Voces acham que eu vou aceitar isso? Não! Eu cansei de ser feita de troxa, eu quero que vocês me falem a verdade, o que esta acontecendo? E não diga que não pode falar se não eu juro que te mato- ela falou com raiva e eu fiquei com mais medo dela do que do Breu

-Acho que não tenho escolha ne?

-Não, agora você vai ter que me contar tudo

-Ok, vamos fazer assim, te conto so uma parte e depois tento convencer Ariel a te falar o resto pode ser? Porque serio, ela também me mata se eu te contar

-Tudo bem, so quero saber a verdade

-Okay... seguinte, você Elsa Arendell nasceu no reino magico de Arendell junto com sua irma Anna, e tiveram metade da infância boa, ate que Breu, o homem que você viu em seu sonho apareceu e levou você para ca, um mundo onde a magia não existe, onde tudo é mais...complicado. Depois de uns anos te procurando, seus pais finamente a acharam, mas não podiam abandonar o trono então Anna fugiu para te caçar. Quanto aos outros, os pais os mandaram para ca por causa que uma guerra se aproximava, outros vilões queriam acabar com o bem e foram a guerra, e como os pais queriam proteger os filhos mandaram para ca, so que ninguém sabia que vocês perderiam a memoria de suas antigas vidas, e estar juntos foi so uma coincidência, basicamente é isso – eu disse e ela ficou com a cara mais confusa ainda tipo ‘’ ta zoando ne ‘’

-Entaooo.... vocês seria quem?

-Punzie, Anna, Kristoff, Flynn, e Merida, e você ne – respondi

-Isso so pode ser uma piada – ela colocou a mao na cabeça

-Elsa, você tem poderes certo? – ela assentiu- Essa é a única prova que tenho para te mostrar, a magia esta em você, você sabe que existe, so não acredita por que essa não é a realidade desse mundo, onde você nasceu é muito diferente, todos são como você, quer dizer, todos são diferentes, mas tem a mesma coisa

-E o que seria?

-Magia – sorri

-Pera...- ela falou- então Anna, Merida, Kris e Meri, também tem poderes?

-Não sei se aqi tem, mas Punzie tem o poder da cura, o cabelo dela é enorme, mas tipo, enorme mesmo, tem uns vários metros, alias ela é sua prima

-O que?

-É, tipo irma da sua mae – respondi como se fosse obvio (é obvio)

-Não, eu sei o que é uma prima idiota, to falando do cabelo – ela riu e eu também

-Isso parece tao normal para mim, enfim, não vou falar os poderes dos outros por que não é da sua conta- ela deu um soco no meu braço

-Vai se fuder Frost – sorriu, então coloquei as mãos no seu rosto, tinha tanta saudade dela

-Queria tanto que você se lembrasse – tinha me referido a nos, mas acho que ela não entendeu

-Voce poderia me contar ne? Tipo, minha vida antes...disso, como eu era, o que eu fazia, como é la, e como vamos salvar você da morte porque com certeza Ariel vai te matar – rimos um pouco

-OK, eu falo como era mais ou menos sua vida, mas por favor, não conte nada a ninguém ta? Queremos contar do jeito certo – falei me levantando e indo em direção ao banheiro

-Pode deixar – ela sorriu, ah Elsa se você se lembrasse de tudo

POV ANNA

 

GRAÇAS A DEUS MEU SANTO PAI AMADO HOJE É SABADO, não aguento mais, e isso que foi so uma semana, não vou sobreviver ate o final desse ano. Tinha acordado com alguma coisa apitando, serio, uma coisa que eu ODEIO é acordar cedo num sábado.

-Desliga essa caralha – tentei gritar mas não consegui, e nada de desligarem aquilo- Se eu tiver que levantar pra desligar eu juro que jogo pela janela - (olha que sou loca mesmo) nada de desligarem – AH CARALHO DESLIGA ISSO- achei o maldito despertador e joguei pela janela

-O QUE CE FEZ ? – Ariel gritou quando viu eu jogar o despertador pela janela

-AH EU FALEI QUE IA JOGAR – gritei também

-COMO QUE A GENTE VAI ACORDAR AGORA ANNA?? – Ariel tentava parecer brava mas a gente tava rindo por dentro

-CAGUEI, PELO MENOS AGORA NOS VAMOS TER QUE ACORDAR – paramos por um momento e começamos a rir muito, depois de rirmos muito Ariel foi na janela ver se o coitado sobreviveu, la em baixo Kristoff estava olhando para cima com uma mao na cabeça, não aguentei comecei a rir na hora

-HAHAHAH MEU DEUS DESCULPA KRISTOFF -  falei gritando e rindo ao mesmo tempo, Ariel tava morta rindo no chão

-Haha engraçadinha , isso vai dar um belo galo na minha cabeça – Kristoff falou la de baixo

-Viu, agora temos como acordar

-Nossa Anna essa foi péssima – Ariel falou

-SERIO KRISTOFF, DESCULPA AE – gritei para ele e o mesmo mostrou o dedo do meio para nos

-Ele vai ficar bem - tacamos o foda se para Kristoff

-Vou tomar banho ok? Dai vamos juntas tomar café – falei e fui para o banheiro. Fiz minhas higienes e depois de esperar Ari, descemos para tomar café da manha, encontramos Merida Punzie e Flynn na ‘nossa’ mesa

-FINALMENTE – Merida falou animada com dois bilhetes na mao – Nos vamos para uma festa a fantasia - ela sorriu de orelha a orelha

-Mas ja? - Ariel falou - Mal começou as aulas

-Uma festa é uma festa amor, nao importa onde - Merida falou  e eu concordei

-Entao, quando vamos comprar nossas roupas? - Punzie perguntou

-Depende de quando é a festa - olhei pra Meri esperando ela ler o convite

-Vai ser sabado que vem aqui na escola mesmo, é um aniversario de 15 anos - ela disse

-Otimo, podemos ir hoje ou amanha que tal? - sugeri

-Beleza, so precisamos falar com Elsa

 

POV ARIEL

Essa festa, pode ser a chance perfeita para contar tudo, adoro um drama, e poderia ser a fuga perfeita, preciso falar com Jack, temos um plano para bolar.
 

*****LEIAM AS NOTAS FINAIS POR FAVOR****

 

 


Notas Finais


Aehh brigadao por ler, sorry se ficou pequeno
*Ein vcs podiam me fazer um favorzinho ne, digam ae os poderes que cada um pode ter (Anna, Merida, Kristoff e Flynn) to meio sem criatividade p isso *
vlw
Mt obrigada por ler, amo vcs
ate o proximo, acho q sai amanha bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...