História Cold Nights--OneShot |Kim Namjoon| - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Rap Monster
Tags Oneshot Bts Rap Monster
Visualizações 16
Palavras 831
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ei pequenos gafanhotos!
Estas notas iniciais são para desejar um pequeno e breve "Feliz Aniversário" a pessoa para qual fiz esta oneshot, a @Mochichie_ , o nenem mais amorzinho deste mundo, por favor, dêem amor a ela e as fanfics maravilhosas dela!
Bem, espero que gostem.
Me perdoem os erros ortográficos..
Boa leitura ♡

Capítulo 1 - -Único-


A casa nunca esteve tão silenciosa como esteve estes últimos quatro meses, os obscuros cantos desta casa se manifestam aos poucos e única luz que se pode ver neste momento era a dos raios lunares, e eu me mantinha coberto por grossas mantas.


Todos os dias penso o quão fui culpado por conta do seu acidente, não deveria ter implorado para que você fosse comigo a festa de graduação de Jungkook, eu sabia que Yoongi estava bêbado, mas não imaginava que o pior podia acontecer.Lembro de quando me informaram que você estava em coma e que não havia data prevista para sua alta, isto ardeu como fogo em mim.


Eu era o culpado de minha própria dor.


Eu fechei meus olhos os apertando com força,me sentia entristecido e inseguro neste momento, enquanto abraçava fortemente o travesseiro ao meu lado -que havia o doce cheiro de seu shampoo-senti lágrimas mornas escaparem de meus olhos e em meio a soluços eu apenas repeti a mesma frase.


Eu sinto sua falta.”


-Hey Nammie.. -Uma doce voz me chamava, anestesiando todo meu corpo.


Eu reconheci aquela doce voz que soava como o canto dos pássaros.


Era Gabriele.


Rapidamente me sentei na cama ignorando o fato de estar fungando meu nariz de forma repetitiva,  com a manga de minha comprida blusa preta enxuguei minhas lágrimas, aos meus olhos se encontrarem aos seus pude ver um doce e belo sorriso se formar em seus avermelhados lábios.


Ela usava um vestido florido que ia até perto de seus joelhos, seus curtos cabelos castanhos mantinham seus fios ondulados enquanto sua franja se repartia ao meio, seus grandes e negros olhos brilhavam ao me ver, sua pálida pele mantinha seu brilho, ela estava sentada a beira da cama com uma de suas mãos sobre a cama e sua outra estava pousada em sua perna coberta pelo tecido do vestido.


-Como..Você está aqui..Você não..-Minha voz estava em tom assustado e confuso.


Ela soltou um baixo riso enquanto colocava uma das mechas de seu cabelo atrás da orelha.


-Você deve estar assustado -Ela se aproximou de mim, senti o doce aroma de seu perfume- Eu estou bem -Sua mão pousou sobre a lateral de meu rosto e com seu polegar fez um leve carinho em movimentos de vai e vem.


-Você..está...bem? -Minha voz havia enfraquecido, as palavras estavam presas em minha garganta.


-Estou. -O sorriso não saia de seus lábios.


Repousei minha mão sobre a sua e senti a maciez de sua pele, a segurei enquanto enterlaçava nossos dedos.


Era tão engraçado o fato de que você foi feita para mim.


Eu sorria feito bobo toda vez que me abraçava ou pegava em minha mão, nosso corpos se encaixavam tão bem quanto um quebra-cabeça.


Fixei meus olhos aos seus, em minha mente tudo aquilo era uma alucinação, mas não queria dizer nada sobre isto e seu corpo desaparecer em minha frente como um fantasma.


-Eu sinto sua falta, anjo. -Digo em tom calmo, mesmo que dentro de mim eu segurasse as lágrimas.


Continuei a fixar meus olhos em você e percebi o quão rápido suas bochechas mudaram de cor após eu dizer a palavra “anjo”.


-Logo estaremos juntos Nammie, acredite em mim.


Seus avermelhados lábios pousaram em minha bochecha depositando um leve beijinho, fechei meus olhos com o contato, mas após abri-los sua imagem havia sumido.


Eu não me senti entristecido por não tê-la mais ali comigo,me sentia seguro com suas palavras que neste momento martelavam dentro de minha cabeça.


Logo estaremos juntos” -Fiquei cabisbaixo e sorri, deslizei minha mão sobre meus fios castanhos.


E por algum motivo, ainda senti o aroma doce de seu perfume que se assemelhava a uma loja de doces, manti o sorriso em meus lábios.


Até que o telefone me tirou de meus pensamentos, o olhei pousado sobre o criado-mudo, sobre a tela brilhava o seguinte nome: Hospital -Meu corpo gelou, minhas mãos tremiam.


Peguei o aparelho em minhas mãos e deslizei meu dedo na opção “aceitar” e então o aproximei  de minha orelha.


-Senhor Kim? -A voz do doutor estava animada.


-Sim sou eu, aconteceu algo para me ligar a este horário doutor? -Tentei manter o máximo de controle em minha voz.


-Eu tenho uma ótima notícia para você! -Soltei um suspiro de alívio.


-E qual é a notícia doutor?


-Pelo jeito algo aconteceu e Gabriele abriu seus olhos mais cedo, não sei explicar ao certo o que aconteceu, mas quando a enfermeira veio no quarto para ver como ela estava, seus olhos estavam abertos e fixos ao telhado.


Um grande sorriso se desenhou em meus lábios, pulei de minha cama  enquanto sentia lágrimas de felicidade escorrem em meu rosto, disse em voz trêmula:


-Diga que já estou indo vê-la!


Desliguei a chamada e corri até a porta inicial onde a fechei e  tranquei, logo em seguida adentrei meu carro e coloquei as mãos sobre o grande volante, o sorriso não saia de meus lábios.


“Logo estaremos juntos” -Ela estava certa, sempre estava certa.


“A calma se manteve em meu corpo,

Eu não estava mais só

A noite fria mostrou o seu melhor,

O sorriso subistituio as lágrimas.

Eu me sentia bem

Eu me sentia seguro.

Pois sabia que você estaria comigo.

E desta vez para sempre.”







Notas Finais


Espero que tenha gostado!
Bem, eu fiz o meu melhor :p
(Principalmente já que era para alguém especial..)
Até a próxima pequenos gafanhotos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...