História Cold princess - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, Red Velvet
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Irene, Joy, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Seulgi, Suho, Wendy, Xiumin, Yeri
Tags Exo, Hunrene, Red Velvet, Romance
Exibições 26
Palavras 969
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OOOOOOOOOOOOOOOOI GENTE, então acabei me atrasando de novo para postar capitulo. Quero me desculpar com vocês pela demora e tambem pelo capitulos estarem sendo menores nessas ultimas semanas
Espero que gostem deste capitulo e sem mais delongas vamos a leitura <3

Capítulo 19 - Obrigado por tudo


Fanfic / Fanfiction Cold princess - Capítulo 19 - Obrigado por tudo

Sehun suspirou enquanto observava a chuva cair do céu. Ele virou-se e encontrou Irene na cozinha, esquentando um pouco de café. Um leve sorriso apareceu em seu rosto inchado, mas, em seguida, ele desapareceu. Doía sorrir. Irene olhou para ele, vendo uma feição incomum em seu rosto. Ela queria dizer algo para confortá-lo, mas ela não sabia o quê. Ela queria dizer algo, mas ela nunca esteve no mesmo lugar que Sehun se encontrava.

Não se preocupe, eu sou um adulto agora – Disse Sehun

Mais cedo ou mais tarde, eu vou conseguir superar e seguir em frente – Disse ele, deixando escapar um meio sorriso

Adulto ou não, você nunca vai esquecer este. Nem eu – Disse ela

Bem, claro, obvio que você não vai. Você finalmente conseguiu o que queria ... eu perdi a pessoa mais importante na minha vida ... mais uma vez – Disse Sehun, soando um tanto duro.

Irene mantéu o rosto sem emoção, obviamente, o que ele disse não a ofendeu

Sim. Eu consegui o que eu queria. Mas isso não quer dizer que está tudo acabado – Ela olhou para Sehun – Eu nunca passei por isso. Porque ninguém jamais foi uma parte importante para mim. Ninguém nunca me tratou como você antes. Mas, apesar de sua avó ter morrido, não significa que ela tenha te deixado por inteiro. Agora, ela pode estar cuidando de você, mas você simplesmente não percebe isso. Ela ainda está em seu coração e é tudo o que importa, talvez um dia, você vai acabar encontrando com ela

Como eu disse, eu nunca passei pela mesma coisa. Então me processe se eu estiver errada – Ela disse com um encolher de ombros

Você não precisa acreditar em mim, afinal, eu nunca tive uma família de verdade de qualquer maneira, até agora – Ela completou

Sehun pressionou os lábios em uma linha reta, mas então suspirou

Não ... você está certa .... Eu estou sendo um bebê chorão sobre isso. Sim. Em algum lugar, minha avó está olhando por mim. E talvez, ela tenha me enviado alguém como ela – Ele disse, olhando para Irene.

A mesma pessoa que meus pais haviam me enviado – Ele soltou uma risada suave – Claro, minha Irene sempre tem razão

-------------------------------------<3-----------------------------------------------------<3---------------------------

Sehun suspirou quando ele ficou em frente ao túmulo de sua avó. Já tinha passado 1 semana desde que sua avó faleceu e tinha sido enterrada. Sehun ainda estava chateado coma morte súbita, mas ele não poderia ajudar, mas continuará a ser feliz, só porque ele está com a menina que sua família lhe tinha enviado, Irene. Sehun se abaixou e colocou um buquê de flores em seu túmulo. Sem mais lágrimas derramadas. Não há mais um coração quebrado em Sehun

Eu ainda tenho uma pessoa importante na minha vida, e isso é você, Irene – Pensou Sehun

Ele queria agradecer a toda a sua família, por colocar Irene em sua vida. Ele estava feliz que Irene estava ao seu lado, e ele não queria que ela saísse de lado nunca.

Irene caminhou pela casa de Sehun, quando ele a convidou para dentro depois que eles deixaram o cemitério. Sehun suspirou quando ele e Irene sentaram-se no sofá.

O fim do ano letivo é daqui 1 semana, você sabe – Ele disse e soltou uma risada – Lembra quando você me disse que quando o ano acabasse, você e eu não seriamos nada, mas so parceiros de escola, e quando este ano acabar, vamos ser separados ... você acha que eu acredito nisso? Eu sinto que você e eu tenhamos de repente nos tornado tão próximos. Você não acha?

Irene ficou em silêncio, não respondendo a ele

Você sabe ... eu penso em você como ... uma amiga próxima. Talvez, uma irmã? Aposto que pode substituir Kwan. Mas, então, novamente, eu só comecei a conhece-la este ano – Ele sentou-se direito e olhou para ela – Lembra quando você sempre me deu desenhos de presente? – Ele perguntou com um sorriso.

Eu não quero discutir sobre qualquer coisa do passado – Disse ela virando a cabeça em uma direção diferente

Desculpe – Ele suspirou

Irene não disse mais nada

Amanhã é nosso último projeto juntos – Disse ele

Podemos trabalhar nele como uma equipe desta vez? Eu não quero fazer tudo sozinha de novo – Irene perguntou

Nós iremos trabalhar juntos para os últimos projetos – Disse Sehun – Eu quero

Bem – Ela suspirou e balançou a cabeça

Os dois ficaram em silêncio por um tempo.

Você acha que você vai ser capaz de enfrentar seus pais de novo? – Ele perguntou

Por que a pergunta? – Ela respondeu

Porque ... você vai se formar no próximo ano, então terá que vê-los – Disse Sehun

Quando chegar a hora, eu vou pensar em alguma coisa

 ---------------<3------------------<3-----------------<3--------------------<3--------------------<3----------------

Horas se passaram, e Sehun estava em seu quarto. Ele olhou para Irene que já estava dormindo em sua cama. Ele tinha falado para Irene ficar na casa dele por essa noite. Ele iria dormir no chão, e ela ficaria com a cama. Irene discordou, mas Sehun continuou a insistir muito. Ele suspirou quando se inclinou na parede, de repente, lembrou-se dos tempos em que sua avó iria entrar em seu quarto com uma bandeja de comida

Pare ... não pense no passado – Ele fechou os olhos

Ele se deitou no chão e olhou para Irene. Ela tinha passado o dia todo com ele, e ele estava feliz que ela estivesse ali. Ela era a única pessoa que lhe traria a felicidade em um momento trágico como aquele que estava vivendo. Sehun suspirou e ele olhou para o teto. Agora, tudo que ele pode dizer a sua própria avó é “ Obrigado”, porque ela mandou alguém que estaria ao seu lado o tempo todo. Mas agora ele ainda se pergunta se ele gosta dela mais que como um amigo, ou não. Essa pergunta é a que mais assombra seus pensamentos 


Notas Finais


O que acharam?
Estão curiosos para saber o que aconteceu no passado do casalzinho que não se assume logo?
Beijos e ate proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...