História Colega de quarto - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Bts
Visualizações 73
Palavras 914
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


KKKK VOCÊS ACHARAM QUE EU NÃO IA VOLTAR , BOLINHOS ?!

Capítulo 5 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Colega de quarto - Capítulo 5 - Capítulo 5

 Acordo sentindo meu corpo quente. Olho para o lado e ainda estava escuro. Namjoon não se encontra aqui , então me pus preocupada. Vesti um moletom qualquer , coloquei minha mão na maçaneta da porta e ela foi empurrada no momento em que eu ia abri-la.

Me assustei ao ver meu colega de quarto ,e ele sorriu como uma criança. Por alguns segundos eu não senti meu coração bater. Percebendo meu estado "estático" , Namjoon me empurrou devagar até a cama e deu-me uma garrafa de água. Sua expressão estava engraçada. Uma mistura de susto , com curiosidade e preocupação. Em outra situação eu riria , mas esse não é o melhor momento.

- Me desculpa por isso , achei que já estava dormindo. O que faz acordada ? – me encarou confuso. Respirei fundo antes de o responder..

- Acordei de repente e vi que você ainda não tinha chegado. Eu ia tem procurar , onde estava ?

- Ah.. eu esperei o bosque se acalmar pra fotografar os vagalumes. Depois eu te mostro – sorriu – São quase 5 da manhã , é melhor você voltar à dormir , mais tarde andaremos muito. – deixou um selar em minha mão e foi em direção ao guarda roupa para se trocar.

Automaticamente me virei e voltei à dormir dentro de alguns segundos.

O despertador praticamente gritou em cima do criado mudo. Estiquei meu braço para o desligar , porém antes que meus dedos o alcança-se , o objeto se calou. Virei para o lado oposto , encarando o ser totalmente sorridente. Namjoon é completamente estranho , confesso. As vezes sorri muito e outras está sério demais. Isso me assusta. Talvez.. Transtorno de bipolaridade ? Eu acho que sim..

- Bom dia ! Tomei a liberdade de lhe trazer o café da manhã. Escolhi sua roupa e já programei o nosso dia. – continuou sorrindo , do mesmo jeito em que continuei confusa.

Em meio ao silêncio , foi escutado batidas na porta. Namjoon foi até ela , ao abri-la , seu sorriso maravilhosamente radiante desapareceu.

- (S/n) está ? – ouvi a voz de Jungkook e me escondi de baixo das cobertas.

- (S/n) está dormindo , não vou acorda-la. Também não volte mais tarde , pois não estaremos. Vá em paz e tenha um bom dia.

A porta bateu. Rapidamente vi Namjoon bufar e se jogar na cama com as mãos no rosto. Resolvi não falar nada e passei reto para me higienizar.

                                     [...]

- Aish Nam ! Foi tudo legal , muito divertido , eu amei , mas eu já estou cansada de andar ! – reclamei o fazendo rir.

- Tudo bem , eu não vou abusar dos seus delicados pés – soltou uma risadinha. – Sente-se aí e espere um momento.

Fiz o que o mais velho disse , me sentando na calçada. Encarei meu tênis encardido , sentindo um ventinho passar por mim. Um carro tanto luxuoso parou em minha frente , Nam me ajudou à levantar e abriu a porta para que eu entrasse. O moço que estava ali , saiu , jogando as chaves para Namjoon , que recebeu o meu olhar confuso.

- Assim chegaremos mais rápido , princesa. Antes que pergunte , nós iremos para.. Minha casa. Quero que conheça meus pais.

Concordei sorrindo , mas na verdade eu queria infartar pelo simples fato de não estar preparada pra isso.

Namjoon estacionou o carro em frente à uma casa enorme. Desci juntamente à ele que pegou a mochila que não largou a tarde inteira e entrelaçou nossas mãos , me passando confiança.

- Mãe ? Pai ? – quase gritou ao entrarmos na bela casa.

Uma senhora , que julguei ser a empregada , surgiu na sala sorrindo abertamente ao o ver.

- Querido ! – ela começou , o abraçando forte. – Como você está bonito ! Quanto tempo , desde a última vez ?

- Quase 4 meses – fez uma careta engraçada e depois sorriu.

- Não faça mais isso , seu mal criado ! Venha nos visitar mais vezes. – a senhora tapeou de leve o braço de Namjoon e me encarou um tanto maliciosa.. – E essa mocinha , huh ? Foi você quem conquistou o coração do meu menino ?

-SiNão – indagamos juntos. Ao perceber o que Nam havia falado , o olhei assustada.

- Como assim ?!

- An.. Não foi isso que eu quis dizer , é que dificilmente eu faço eu faço amizades. – sorriu fofo coçando levemente a nuca.

- Isso é verdade , mas mudando de assunto.. Seus pais não estão , foram jantar fora e irão demorar. Vocês estão com fome ?

                 »»∆««

Eu encarava o teto quase pegando no sono. Faltava pouco , menos de 3 milímetros , que se tornaram maiores quando escutei vozes no andar de baixo. Era uma senhora.. Uma senhora muito melosa pelo o que dá pra ouvir. Uma voz masculina também foi escutada , mas em um tom mais baixo. Passaram-se 5 , 10 , 15. 20 minutos e ela continuava à falar da mesma maneira.

Um pequeno silêncio se fez. Vi a porta ser aberta calmamente e Nam sorriu ao ver que eu estava acordada. É agora..

Me levantei em um pulo e conferi meu cabelo. Namjoon riu , pegando em minha mão , levando-me assim até a sala. Seus pais se levantaram , sorrindo abertamente pela a minha presença. Yura , a empregada e babá de Namjoon , também não foi diferente e eu repeti os atos até chegar ao fim da escada.

- Olá (S/n). É um prazer conhecê-la. Eu sou a mãe de Namjoon.


Notas Finais


Sorry pelos erros.
Bye , bye sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...