História Colégio Interno - Capítulo 26


Escrita por: ~

Exibições 49
Palavras 479
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 26 - Anjo


Fanfic / Fanfiction Colégio Interno - Capítulo 26 - Anjo

Chegamos..

Paramos em frente a praça. 

William: Você mora a onde aqui?

Eu: Em frente ao apartamento de Lorenzo. 

Katrine: Onde você mais gosta de ir aqui Will.

William: No bar.

Eu toquei no braço dele dizendo: Eu fui esses dias lá. Está a mesma coisas.

William: Você bebe?

Eu: Alcoólatra em pessoa.

William deu um sorriso. 
Eu tirei a mão dele.

Katrine: Vamos lá. 

William: Vamos.

Nós entramos no bar.
Caminhamos até Jake.

Eu: Oi Jake. 

Jake: Oi Ka.

Eu: Uma cerveja pra mim.

William e Katrine foi falar com Jake.

Eu tirei os meus sapatos.

Ele colocou 3 cervejas no balcão. 

Eu peguei a minha.

Eu: Vamos pra pista de dança. 

Katrine: Eu não gostei muito daqui.

Eu: No começo você fica meio estranha. Mais é assim.

Katrine: E esses Caras com essas meninas.

Eu: Como diz um cara chamado William.  Eles não vão te machucar. Ninguém vai fazer nada se você quiser. 

Katrine deu um sorriso pra Will.
Eles vão se beijar. Eu virei o rosto pra não ver.

Eu:Vamos.

Eu fui para pista de dança comecei a pular junto com outros pessoal

Percebi que eles estava vindo.

Eu dei um sorriso falso.

Eles chegaram.

Percebi que ela estava descalço. 
Eles estavam dançando juntos. 

Pensei: Parece que eu estou vendo o meu flash back.

Katrine bebeu a cerveja toda.

Will: Katrine vai com calma.

Pensei: Eles estão tão apaixonados. E pensar que poderia ser...

Eu: Não estou me sentindo bem. Vou pra casa.

Eu sair correndo pegando os sapatos. Parei de fora do bar.

Escorei na parede.
Comecei a chorar.

Pensei: Droga, Droga, Droga... Que ódio.. Por que a minha vida não é fácil? Por que eu não sou normal?  Por que estou chorando?

Vi que alguém estava saindo eu passei a mão no rosto pra tirar as lagrimas. 

Will: O que foi?

Eu comecei a chorar de novo.

Eu: Desculpa mais eu não aguento ver isso.

Eu passei a mão novamente.

William: Desculpe você. Eu sabia que isso ia ser inconveniente mais não sabia que ia ser tanto.

Eu: Eu queria ser legal pra sua noiva. Mais isso me trás lembranças boas. Que devem ser guardadas ne uma caixinha.

Will: Não precisa ser o tempo todo boa.

Eu: Ela é tão legal.

Eu dei um abraço.  Estava chorando muito, igual uma criança.

Eu: Tem um velho ditado que nunca é tarde pra nada. Eu  só quero dizer que desculpe por te mandar embora, faria diferente mais não da.  Não me julgue.

Will: Nunca julgaria você.  Está desculpada anjo. Lembre-se que você é o meu anjo e eu sou seu chefe.

Eu dei um beijo na bochecha dele.

Eu: Chefe

Eu dei um sorriso.

William: Quer que eu te levo.

Eu: Não.  Pode ficar com a sua amada Katrine.

William: Ok.

Eu: Thau chefe. 

Eu fui pra casa e deitei na cama tentando esquecer desse pesadelo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...