História Colégio Legends - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Aline Penhallow, Clary Fairchild (Clary Fray), Hodge Starkweather, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jem Carstairs, Jordan Kyle, Luke Graymark, Madame Dorothea, Magnus Bane, Maia Roberts, Sebastian Verlac, Simon Lewis
Tags Clace, Escola, Internato, Malec, Sexo, Sizzy
Exibições 166
Palavras 653
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Pelo visto consegui enganar a todos! Bom esse Cap vai ser mais tranquilo. Enjoy the hunt

Capítulo 24 - Capítulo 24 - Fray? Mas não era Fairchild?


Pov Clary

Depois do sonho que tive essa noite, tô com vergonha de pensar em olhar na cara do Jace, se bem que, ele nunca vai saber desse sonho. É, eu não preciso ter vergonha, ele nunca vai imaginar que sonhei com ele. Tenho que ir pra minha aula, porque hoje é a primeira aula do tal professor novo com a gente, a Izzy tá louquinha pra conhecê-lo. Ainda mais depois que ela descobriu um interesse especial do tal Magnus pelo irmão dela. As vezes, penso que a Izzy se sente muito irmã mais velha do Alec, com toda questão de ele ser bem reprimido, e não querer se assumir, ela acaba construindo uma barreira envolta dele para protegê-lo e de repente, agora com o Mr.Bane ela tenha visto mais um par de mãos para ajudá-la nisso.

Pov Jace

EU NÃO PREGUEI O OLHO A NOITE INTEIRINHA!
Eu tô um caco, parece que passaram com uma retroescavadeira por cima de mim. Foi muito estranho, porque cheguei no meu quarto ontem a noite, o Alec dormiu, eu tomei um banho e comecei a cochilar, quando estava pegando no sono pra valer algo não me deixou dormir. Eu não estava  agitado, nervoso, ansioso, nem nada, eu estava/estou podre de cansado e não consegui dormir. Eu fiquei encarando o teto, sem nenhum propósito, apenas por não conseguir dormir.

Dizem em algumas culturas, que quando tu não consegue dormir de jeito algum, é porque está acordado em um sonho importante de outra pessoa. Mesmo que isso fosse verdade, quem sonharia comigo? Sério ao ponto de não me deixar dormir a noite inteira.

- Alec, tu teve algum sonho importante essa noite? - disse enquanto botavamos o uniforme do colégio.

- Olha, até sonhei essa noite, mas nada de importante, e não, tu não estava no sono. Por quê? Não consegui dormir a noite? Talvez seja só o efeito daquela ruiva agu. - então tapo a boca dele.

- Vamos pra aula antes que eu tente te matar, vamos.

Pov Izzy

Estamos na sala, esperando o professor novo entrar. A Clary tá do meu lado, mas tenho quase certeza de que ela está em outros planetas, porque ela tá muito avoada. Mas foi o professor entrar que ela voltou pra Terra, porque o cara lindo da porra. Meu Deus, ele é lindo demais, tem uma pinta de asiático, mas ele é bem moreno, mais pardo, na realidade, mas tem uns olhos, parecem de gato.

- Olá turma do primeiro ano, meu nome é Magnus Bane, e eu sou o novo professor de literatura. Gostaria que vocês se apresentassem pra mim pode ser? Você, bela menina dos cabelos negros e o batom vermelho, quem é você?

- Sou Isabelle Lightwood - disse sorrindo e passando às mãos em meus cabelos

- Lightwood? Tu é irmã do Alexander do segundo ano? Aquele li.. aquele menino dos olhos bem azuis?

- Uhum, o Alec. Somos parecidos né?

- Muito, a beleza é de família ao que parece. E tu ruivinha, como é teu nome? Por sinal, tu parece muito com uma amiga minha de muito tempo. - disse ele apontando pra Clary

- Clarissa Fray, mas me chama de Clary, por favor.

- Tu conhece ou é parente de Jocelyn Fairchild? - disse ele sentado na mesa, inclinando-se em nossa direção.

- Eu sou filha dela, ela modificou o sobrenome dela por causa dos quadros, e tal, sabe do que estou falando.- explicou Clary.

- Que ótimo! Diga pra ela me ligar qualquer dia. Continuando...

Então a aula continuou e foi muito mais do que eu esperava, e olha que eu esperava muito. Ele é incrível, o assunto entre o primeiro ano inteiro era ele, na sala de estar foi incrível, só coisas ótimas sendo ditas sobre ele. O Alec ficou meio incomodado quando a Clary falou mais intimamente sobre ele, ninguém notou mas eu sou irmã né, noto essas coisas.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...