História Colégio Ooo para Super Dotados - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Cake, Finn, Fionna, Hudson Abadder, Jake, Lady Íris, Litch, Marceline, Marshall Lee, Princesa Caroço, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Rei Gelado
Tags Adventure Time, Amor, Aventura, Bubbline, Drama, Finn, Homossexualismo, Hora De Aventura, Jake, Jujuba, Magia, Marceline, Ooo, Princess Bubblegum, Reino Doce, Romance
Exibições 73
Palavras 792
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo-Ai, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Eu te amo


Fanfic / Fanfiction Colégio Ooo para Super Dotados - Capítulo 12 - Eu te amo

- Finn, o que você fez cara? - Jake estava com medo.

- Jake, vamos acabar com ela.

Marceline estava presa ao chão. Os outros alunos estavam combatendo Lich, que destruía o reino sem piedade. 

- F-FLAAAAAAAME. - Marceline gritou o  nome da garota de fogo, que veio em sua direção. 

- MARCY. MEU DEUS. 

- Pega. - A vampira entregou a arma de congelamento para Flame. - Acaba com ele...Por mim.

- Certo.

Flame voou em direção a Lich e disparou a arma contra ele. A força foi tanta, que o demônio paralisou por completo. 

- Finn, para com isso já. - Jake estava tentando convencer Finn.

- Não cara, essa vampira tomou meu lugar desde o começo em tudo. 

Finn colocou o pé nas costas de Marceline e arrancou a espada de suas costas. Virou a vampira de frente e deu um soco em seu rosto. Enfiou o pé com força onde a espada tinha entrado, fazendo Marcy gritar de dor. O garoto apontou a espada mais uma vez para Marceline.

- É Finn...finalmente você ganhou. - Ela abriu um sorriso sarcástico.

Nesse momento...Todos os alunos se viraram para ele. Lich estava preso pelo poder da arma e todos puderam perceber o que estava acontecendo.

- Ei pessoal...É hora de salvar a vampira. - Simon gritou e todos foram para cima de Finn.

Nessa hora pude perceber...Marceline sempre fez muito por todos, era a vez deles retribuirem. O garoto rapidamente foi imobilizado por todos.

Cheguei perto de Marceline e peguei ela no colo...seu peito sangrava muito. 

- Ei rosada...- Ela estava com dificuldades para falar. - Seria uma boa hora pra usar aquela arma de cura. - Abriu um meio sorriso.

- Espere. - Deitei ela no chão novamente e tirei a arma do bolso. Apontei para ela e atirei. Logo vi seu corpo se regenerar e seus poderes de demônio voltar. Ela levantou. - Você está bem? 

- Estou....graças a você. - Marcy se aproximou de mim e me abraçou. Chorei em seu ombro.

- Achei que iria te perder. - Algumas lágrimas teimosas insistiam em cair.

- Eu estou aqui. Vem, vamos limpar essa bagunça. 

Lich foi preso em outra dimensão, onde está totalmente sem poderes e não se lembra de nada. Os alunos estavam orgulhosos de sua primeira batalha contra o mal. Finn está preso, não sabemos ao certo o que aconteceu para ele enlouquecer daquele jeito.

Nos reunimos no gramado depois de tudo. Fionna, Lady Íris, Princesa Caroço, Simon, Flame e ela...minha vampira estava lá com a gente.

Ela sentou do meu lado e pegou na minha mão.

- E-Eu preciso falar contigo. - Ela estava nervosa. Suava e tremia inteira.

- Tá bom rainha vampira. Pode falar.

- M-Mas não a-aqui. Vem...- Nos levantamos e ela passou os braços entre minha cintura, abracei ela pelo pescoço e fomos para um lugar reservado. 

- Pode falar Marcy...

- Eu...eu não sei nem por onde começar. - Ela andava de um lado pro outro. - Eu disse que quando aquilo tudo acabasse eu tinha que dizer o quanto eu te amo. M-Mas eu não consigo colocar isso em palavras. Eu acho que desde o primeiro dia que você esbarrou em mim eu me apaixonei...e eu fui uma burra de não falar....

Enquanto Marceline falava....eu apenas a olhava, eu não acreditava que aquela vampira que quase morreu a algumas horas atrás, estava com medo de dizer que também me amava esse tempo todo. 

- E eu não sei o que tu vai pensar disso tudo mas...- Minha única reação foi beijá-la. Quando ela percebeu o que estava acontecendo, retribuiu. Era calmo, era como se estivéssemos flutuando o tempo todo. 

- Eu também te amo, vampira. - Falei entre beijos. 

-FINALMENTE ESSE BEIJO ACONTECEU. - Fionna e o resto da escola toda nos olhava. Marceline riu e tirou a gente de lá. Fomos parar no laboratório. 

- Eu sei que é seu lugar favorito nessa escola. E te trouxe aqui...pra perguntar se quer me aguentar pra sempre na tua vida, se quer flutuar pra sempre comigo. - Marceline sorria de uma forma tão linda.

- Eu seria louca de não aceitar. - Ela me puxou pela cintura e nos beijamos de novo.

Fechei o notebook e voltei para o quarto. Marceline já estava deitada...ou melhor dizendo, flutuando sobre a cama.

- Amooooooor. - Sussurrei.

Sem resposta.

- AMOOOOOOOR. - Gritei. O susto fez ela cair na cama.

- QUE FOI, QUE FOI ACORDEI. - Ela me olhou. - Você ainda vai me matar de susto, rosada. - Sorriu.

- Eu também quero flutuar, rainha vampira.

Deitamos na cama e me deitei sobre ela. Seu carinho era tão bom. Não demorou muito para eu não sentir mais a cama abaixo de nós.

- Terminei de escrever nossa história. - Abri um sorriso. 

- Depois eu quero ler, Princesa Jujuba. Eu te amo. - Nos beijamos e dormimos. Flutuando.....


Notas Finais


Cabo :(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...