História Cologne - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Jikook, Namjin, Vhope, Yoonmin
Exibições 132
Palavras 770
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá pessoal 😆

Obrigado mais uma vez pelos favoritos e os maravilhosos comentários 😄

Boa leitura

Capítulo 5 - Capítulo 4


Fanfic / Fanfiction Cologne - Capítulo 5 - Capítulo 4

Passei a aula inteira de cabeça baixa, quando ela terminou, me arrastei para fora da sala. Do lado de fora da faculdade, estava o carro preto de Yoongi, ele me cumprimentou com um aperto de mãos. Ele entrou no carro e eu fiz o mesmo. O caminho foi silêncio, fomos para a casa dele, por algum motivo, sua omma estava lá. 

A mesma sorriu ao me ver, era bom vê-la, além do mais ela fazia ótimas refeições, típicas de Daegu. Ela era a única que conseguia fazer Yoongi comer e ainda provar a sobremesa. Nem parece que ele é o mesmo menino boca-suja cheio de atitude, ele se tornava uma criança novamente com ela presente. Ela sempre me tratou como um verdadeiro filho, fora ela quem me deu o apelido de "Chim Chim".

 Depois do jantar, a ajudei lavar a louça enquanto Yoongi sumiu. 

 – Yoongi está feliz por você ter vindo – ela sorriu.

Sorri gentil para ela, os olhos de Min Soo eram tão acolhedores. Me lembravam os de minha omma, queria está em Busan. Mas infelizmente para seguir a carreira de arquitetura tinha que ser aqui em Seul, pois tinha a melhor Universidade em toda a Ásia. Uma vez por mês, eu ligava para casa, para matar à saudade dos meus pais.

 Enquanto guardava os copos no armário flutuante, Yoongi apareceu e me abracou, olhei para ele e o mesmo tinha um sorriso maroto no rosto como uma criança que acabara de assustar alguém. Dei um tapa de leve em seu ombro, ele continuou sorrindo. Saímos da cozinha com a brincadeira de empurrar, ele realmente parecia com uma criança crescida. 

Completamente diferente de quando estamos em grupo, ele só era assim quando estava com Namjoon e Hoseok, por serem amigos de infância. Me pergunto como ninguém nunca se apaixonou por essas bochechas pálidos e esse sorriso doce, a pessoa seria realmente sortuda por está ao lado de Suga. Ouvi o som de chaves, a senhora Min estava prestes a sair, eu estava preso em meus devaneios que nem a vi se despedir de mim. Ela voltou para a casa, onde morava com seu marido e neto, filho do irmão de Yoongi. 

Ele foi até a porta onde deixou um beijo na testa de sua omma e logo que ela entrou no elevador Yoongi trancou a porta. Ficamos assistindo TV, vimos uns dois doramas e em seguida ficamos os dois jogando video-game, sempre que ele perdia, fazia um bico muito fofo e eu não resistia e abraçava ele. Pobre Min Yoongi, escolheu a pessoa errada pra jogar.

 – Falou com o Hoseok? – perguntei guardando os controles. 

 – Sim. Ele queria me bater por causa de um anel aí... – ele falou rindo. – Eu não sei o quê eu tenho haver, mas ok. 

 – Ele ia pedir o Taehyung em casamento. 

 – Que porra você está dizendo, Park Jiminie? – ele saltou do sofá. 

 – Aish, é a verdade – Yoongi pôs as mãos na cabeça. 

 – Jung Hoseok está realmente querendo levar o Kim à sério... aigoo. 

 Me juntei à ele no sofá. Yoongi ainda tentava engolir a ideia que o seu melhor amigo iria casar, e nem se comunicou com ele. Alguns minutos depois, recebi uma ligação, nem olhei para o visor. Apenas atendi.

Alô


Jiminie hyung 


Kookie? 


 É. Você pode me dá cobertura se a minha omma ligar? 


 Cobertura? De que menino?


 Eu vou dormir na casa da Bon-Mya... ELA ME CONVIDOU! 


E onde eu entro nisso?

 Eu saí e falei que ia dormir na sua casa. 


Você sabe que se der merda, e você voltar machucado, ela vai querer me comer vivo.


Aish, confia em mim

 

Desliguei antes de responder. Tantas pessoas nesse universo e ele vêm pedir isso logo por trouxa aqui? Eu merecia levar um soco no olho, por ainda falar com ele. Eu também não posso descontar nele, ele nem ao menos sabe os meus sentimentos. Olhei para o lado e Yoongi balançava a cabeça negativamente, provavelmente decepcionado com a minha burrice. 

Continuei jogado com ele naquele sofá de couro da cor vinho, estava quase cochilando quando Suga deita a cabeça em meu ombro, logo depois de me dá um beijo na bochecha. Me julguem, mas eu estava tendo um dia péssimo. Me afastei dele que o fez me encarar de um jeito confuso com as bochechas rosadas, me aproximei lentamente e o beijei. 

Seus lábios eram macios, e ele não se incomodou como um típico hetero, Yoongi me segurou pela nuca, me mantendo próximo. Eu não queria usar ele, mas estavamos tão próximos e ele estava tão lindo. 

 – Me d-desculpe – sussurrei. 

 – Cala a boca – ele colou nossos lábios novamente.

 Dessa vez, eu acho que me ferrei.


Notas Finais


Deixe sua opinião. Ou talvez chute o que irá acontecer no próximo, adoro sugestões ☺😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...