História Colors - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Automutilação, Bts, Daltonismo, Jikook, Jimin, Jungkook, Yaoi
Exibições 138
Palavras 2.351
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Yellow


Fanfic / Fanfiction Colors - Capítulo 4 - Yellow

" A cor amarela significa luz, calor, descontração, otimismo e alegria. O amarelo simboliza o sol, o verão, a prosperidade e a felicidade. É uma cor inspiradora e que desperta a criatividade. Estimula as atividades mentais e o raciocínio. "

°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°

Jimin estava animado. Talvez fosse por causa da cor de sua camisa ou pela cor tema do dia, ou até pelas coisas que o ruivo estava levando para o hospital.

A cor do dia era amarelo.

Em meio aquele corredor branco infestado de pessoas sérias e de mau humor, lá estava Jimin como seus cabelos vermelhos como fogo, seu moletom amarelo como o sol e cinco balões da mesma cor.

Ele lembrava bem do que Jungkook disse que lembrava ao falar do amarelo, e não podia perder à chance de levar os balões naquele dia.

Dessa vez Jimin não havia trago vídeos. Apenas coisas que ele considerava interessante da cor amarela.

Ao chegar no quarto, viu pelo vidro Jungkook agachado num canto mexendo em algo. Jimin franziu o cenho curioso antes de abrir a porta e adentrar o local.

- Bom dia Jungkook! - Chamou Jimin e o garoto se assustou caindo de bunda no chão.

- Aish.. - Resmungou Jungkook e Jimin começou a rir. - Uou! Você trouxe balões!

Jungkook se levantou rapidamente indo até o ruivo e pegando dois balões.

- Adivinha que cor é hoje!?

Jeon colocou a mão no queixo parecendo pensar, até sorrir largo.

- Amarelo?

- Sim! - Falou Jimin enquanto amarrava o restante dos balões na cama de Jungkook. - Eu acho que a escolha da cor me animou. Estou muito elétrico hoje.

- Amarelo anima as pessoas.. - Falou Jungkook rindo enquanto brincava com os balões. - Quais vídeos vamos ver hoje?

- Nenhum! - Falou Jimin. - Eu trouxe outra coisa!

Jungkook fraziu o cenho curioso e tombou a cabeça para o lado. Jimin cuidadosamente abriu sua mochila tirando de lá uma touca amarela.

- Uma..touca? - Perguntou Jungkook confuso.

- Não Jungkook, é uma touca amarela! Tem diferença.

- Certo.. - Resmungou Jeon. - E o que vamos fazer com uma touca amarela?

Jimin foi até o garoto, e colocou a touca na cabeça do mesmo. Jungkook continuou fitando os olhos do ruivo sem entender onde o mesmo queira chegar, até ver o mesmo se afastar de si e sorrir de modo que seus olhos ficassem em fendas.

- Agora sim, você precisa usar pelo menos uma peça amarela para se animar! - Falou Jimin sorrindo.

- Duh, você é estranho.. - Resmungou Jungkook enquanto ajeitava a touca em sua cabeça. - Me lembre de tirar a touca para te entregar antes de ir embora.

- É um presente Jungkook. - Falou Jimin. - Vamos começar a aula de hoje.

- Certo professor, o que tem a me dizer sobre o amarelo?

- É óbvio que o amarelo anima a gente, porém ele também é ligado a lógica. E nós vamos trabalhar nisso hoje.

Jungkook assentiu com a cabeça enquanto observava Jimin mexendo em sua mochila a procura de algo.

Era óbvio que Jimin era uma pessoa um tanto maluca, e Jungkook teve a certeza disso naquele dia. O garoto parecia animado, mais animado que o normal. E Jungkook estava em dúvida se havia acontecido algo muito bom, ou se era apenas por causa da cor de sua blusa.

Jungkook suspirou e fez uma nota mental dos últimos acontecimentos.

"As cores podem realmente mudar uma pessoa, e sim, Park Jimin ficou doido apenas por que está usando amarelo."

Jungkook arregalou os olhos, ao ver o ruivo tirar de dentro de sua mochila nada mais nada menos que um tabuleiro de xadrez.

- Sinto muito em te informar, mas eu não sei jogar xadrez. - Falou Jungkook e Jimin deu de ombros.

- Sinto muito em te informar que para tudo tem uma primeira vez.

Jungkook bufou enquanto ajudava o Park a retirar as peças da embalagem. Eram muitas peças e Jeon não fazia idéia de como movimentar nem uma sequer.

- Vamos começar a explicação! - Falou Jimin e em seguida pegou uma peça mostrando para Jeon. - Esse é o peão, ele anda uma casa para frente porém só 'come' na diagonal.

- Come?

- Sim, quando ele derrota alguma peça. - Jimin deu de ombros.

- O termo "come".. - Jungkook fez aspas com a mão. - É feio.

- Poderíamos usar o termo matar, mais não é como se "matar" fosse mais bonitinho.

- Eu prefiro matar, do que "come".. - Falou Jungkook dando de ombros.

- Certo, que seja. - Jimin revirou os olhos. - Continuando, ele só mata na diagonal. Ah, ele também não pode dar passos para trás e na primeira jogada com um peão ele pode andar duas casas.

Jeon ficou um tempo estático analisando todas aquelas informações, antes de encarar Jimin e assentir com a cabeça dando sinal de que tinha entendido. O que era uma grande mentira.

Jimin pegou outra peça, e mostrou a a Jeon.

- Essa é a torre. - Falou o ruivo. - Ela só faz movimentos na horizontal e vertical. - Jungkook novamente assentiu com a cabeça e Jimin pegou outra peça. - Esse é o bispo, ele faz movimentos na diagonal.

- Jimin, acho que não vou conseguir lembrar tudo.. - Murmurou Jungkook observando o número de peças a sua frente.

- Claro que vai! São apenas algumas peças Jeon. - Falou Jimin antes de pegar outra peça e continuar sua explicação. - Esse é o cavalo, e faz movimentos em "L".

- "L"? - Perguntou Jungkook e Jimin assentiu com a cabeça pegando a peça e a levando até o tabuleiro fazendo o movimento que havia dito. - Ah, entendi.

- Essa é a rainha. - Falou Jimin pegando outra peça. - Ela faz todos os movimentos das outras peças, menos o movimento do cavalo.

- Por que? - Perguntou Jungkook tombando a cabeça para o lado. - Isso é meio injusto.

- Meu pai costuma dizer que a rainha não gosta do cavalo pois ele é o único que ela não consegue copiar.. - Falou Jimin rindo. - Ele também diz que a rainha faz todos os movimentos que quer, pois é uma louca apaixonada que não quer perder seu rei.

Jungkook riu. O pai de Jimin parecia ser uma pessoa legal. Bem, o pai dele também era, mas não era ele a causa de seus problemas. Na verdade, o pai de Jeon era o único que buscava uma solução.

E quando Jungkook diz "problemas", não é por ser daltônico, é algo pior. Muito pior.

O mais novo balançou a cabeça despistando aqueles pensamentos e voltando a prestar a atenção em Jimin que pegava a última peça do local. Jeon suspirou aliviado.

- Esse é o rei. Ele só pode andar uma casa em qualquer direção. Resumindo, o merda do jogo. - Falou Jimin dando de ombros e Jungkook riu. - Quem matar o rei do outro primeiro vence.

- Acho que entendi tudo.. - Murmurou Jungkook. - O que o vencedor ganha?

- Uma coisa que eu trouxe, porém, você só vai ver se ganhar. - Falou Jimin rindo e Jungkook fez bico.

E assim começou o jogo, com um Jimin super confiante e um Jungkook completamente assustado por conta do número de peças que ele não lembrava um terço se quer das regras.

°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°

Jimin arregalou os sem crer exatamente no que tinha acontecido, e sua confiança foi por água abaixo.

- Como você conseguiu ganhar de mim!? - Exclamou Jimin indignado.

- Eu não faço idéia. - Falou Jungkook com um sorriso e dando de ombros. - Eu quero meu prêmio!

Jimin fez bico indo até a mochila e tirando de lá um óculos de sol muito bonito aos olhos de Jungkook. Foi até o mais novo e colocou os óculos no mesmo.

- Está lindo Jungkook. - Falou Jimin enquanto encarava o menino que corou.

- Por que um óculos de sol?

- Por que amarelo é a cor do verão. - Jimin deu de ombros. - Se você for numa praia, você vai ver milhares de pessoas com isso.

- Ah, certo.. - Falou Jungkook ajeitando o óculos. - Obrigada.

- Sabia Jungkook, que o amarelo simboliza criatividade? - Perguntou Jimin e o garoto negou. - Agora vamos trabalhar nisso.

Jimin foi até a mochila novamente, tirando de lá dois cadernos de desenho, duas borrachas e dois lápis.

- Vamos testar sua criatividade Jungkook! - Falou Jimin entregando um de cada item a Jeon.

- Posso desenhar o que eu quiser?

- Sim! Quero um desenho bonito para pendurar na parede do meu quarto. - Disse Jimin animado.

- Faço um desenho super bonito se você me disser tudo que acha do amarelo. - Falou Jungkook e Jimin assentiu sorrindo.

- Bem, quando eu vejo o amarelo, eu penso na luz. Acho que é por isso que o amarelo anima as pessoas, ele é uma cor brilhante sabe? Acho que de todas as cores, o amarelo é uma das únicas que não tem um lado ruim ao meu ver..

- Baseado no preto e no branco, o amarelo é mais parecido com qual? - Perguntou Jungkook concentrado no desenho que estava fazendo.

- As cores tem várias tonalidades, mais com certeza o branco.

Continuaram a fazer os desenhos em silêncio. Jimin estava desenhando Bonnie o cachorro que sua família tinha. Era um cão de pelo dourado e grande da raça golden retriever.

Jimin havia ganhado o animal quando o mesmo ainda era um filhote, e o ruivo tinha apenas 10 anos de idade.

- O amarelo..Te lembra mais alguma coisa? - Perguntou Jungkook quebrando o silêncio.

- Hm.. - Jimin pareceu pensar. - Meu pai.

- Seu pai?

- Sim. A descrição da cor amarela, é exatamente igual eu descreveria meu pai. - Falou dando de ombros.

- Acho que a cor que descreveria meu pai seria o azul.

Novamente silêncio. Jimin começou a pensar no significado do azul, e não entendia muito bem o motivo pelo qual Jungkook escolheu justo aquela cor para definir seu pai.

O ruivo começou a perceber que mau conhecia o garoto. Claro, se conheciam à apenas quatro dias, mais Jimin já havia adquirido um carinho muito grande por Jungkook. Então resolveu que no dia seguinte, iria perguntar tudo que queria saber sobre o garoto.

°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°

- Eu terminei. - Falou Jungkook.

Jimin já havia terminado à no mínimo uns cinco minutos, e estava esperando o mais novo terminar para mostrar seu desenho.

O ruivo não era nenhum profissional, mas desenhava razoavelmente bem e não achou que seu desenho havia ficado tão ruim.

- Deixa eu vê! - Pediu Jimin fazendo bico e Jungkook riu entregando o caderno ao ruivo.

O sorriso de Jimin se transformou numa expressão surpresa e super vermelha por conta do desenho de Jungkook. O mais novo havia desenhado ele. E o que surpreendeu Jimin foi que ele havia o desenhado super bem. Qualquer um diria que seria uma desenho profissional.

Jungkook o havia desenhado com uma touca e um óculos de sol. Ou seja, tudo que o ruivo havia dado para ele naquele dia.

- Isso está..perfeito.. - Falou Jimin ainda chocado. - Por..que me desenhou?

- Você disse que queria um desenho bonito para pendurar na sua parede, e você é bonito então eu te desenhei. - Falou Jungkook dando de ombros.

Jimin ficou tão vermelho quanto já estava. Continuou fitando o desenho em suas mãos enquanto sentia seu coração acelerar as batidas e uma ardência crescer em seu peito. Porém de qualquer forma, era bom.

- Você desenha muito bem Jungkook.. - Falou o ruivo.

- Obrigada. - Respondeu o garoto sorrindo. - Eu gostei do seu desenho, eu posso ficar com ele?

- Claro, sinceramente ainda estou chocado por você ter me desenhado.. - Falou Jimin e Jungkook riu.

Os dois passaram um bom tempo conversando, até que tristemente a hora do ruivo ir embora acabou chegando e Jungkook - dessa vez - não conseguiu esconder sua expressão triste.

O ruivo deixou todos os balões que havia trazido com o mais novo. Eram balões de gás hélio, então iriam durar um bom tempo.

Jimin guardou todas as suas coisas, e colocou a mochila nas costas e direcionou um último olhar Jungkook antes de sair do quarto. O garoto tinha um bico no rosto e uma expressão triste. 

Jimin riu fraco, negando com a cabeça e indo até o mais novo e beijando a testa do mesmo antes de tirar a touca amarela do garoto e bagunçar os cabelos escuros dele.

- Você precisa sorrir Jungkook.. - Falou Jimin. - Sabe por que? - O garoto negou com a cabeça. - Por que hoje é dia do amarelo, e essa cor descreve a felicidade e animação. E eu me recuso a sair daqui sem um daqueles sorrisos lindos seus..

- Então se eu não sorrir você não vai embora? - Perguntou Jungkook dessa vez sorrindo.

- Ya! Você sorriu! - Falou Jimin rindo. - Eu preciso ir, mas como sempre amanhã eu volto!

Jungkook assentiu com a cabeça e observou Jimin saindo do um recinto com um pequeno sorriso no rosto. O garoto fez uma última nota mental naquele momento.

"Eu não sei se as cores me afetam tanto quanto afetam ele, mas se Park Jimin fosse uma cor ele realmente seria o amarelo pois tem a capacidade de por um sorriso no meu rosto."

°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°°••°°

Naquele dia, Jimin foi embora realizado. Aconteceu tudo como ele havia planejado, menos o fato de perder para Jeon no xadrez.

A cor do dia seguinte, seria uma cor que de pacífica não tem nada e de alegre muito menos. É uma cor sinistra, que te lembra coisas estranhas como magia. E por incrível que pareça, Park Jimin ainda conseguiria deixar essa cor divertida de algum modo ao ver Jungkook.

Por que como Jungkook havia pensado, Park Jimin é amarelo. Park Jimin é animação e alegria e não importa qual cor ele esteja falando, ele vai continuar tendo essas características.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...