História Colors - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chandler Riggs, Norman Reedus, The Walking Dead
Personagens Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Maggie Greene, Rick Grimes
Tags Carl, Fear, Grimes, Negan, Rick, The Walking Dead, Zombies, Zumbis
Exibições 157
Palavras 1.556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Científica, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem do capítulo! ^^
Não se esqueçam de comentar!

Capítulo 16 - Eu odeio você


 

 

Maggie POV

 

- Precisamos de Quiet. – digo, um pouco apreensiva de admitir.

Já se faziam duas semanas desde a tortura de Quiet e do ataque relâmpago dos Sussurradores. Depois de um tempo, soubemos que na verdade, eles vieram por vingança e não a mando de Quiet. Isso deixou Rick furioso e confuso.

Resolvemos fazer uma reunião para decidirmos o que faríamos com Hilltop. Estava tudo se tornando um caos, e isso por que os vândalos ainda não sabiam que Alexandria existia, senão eles já teriam atacado lá também.

Alexandria é a nossa fonte de poder. Todas as plantações e cultivos vêm de lá, sem essa fonte, todo o povo de Hilltop estaria perdido, incluindo nós todos do conselho.

Estavam presentes: Rick, Daryl, Rosita, Sasha, Michonne, Jesus e Dwight.

- Não podemos fazer isso. – Daryl falou.

- Está com medo dela. – digo.

- Na verdade, todos nós estamos. – Jesus disse. – Vocês torturaram a mulher e deram ela pro cara que matou a filha dela. Eu não vou me surpreender se acordássemos com Hilltop e Alexandria em chamas amanhã mesmo.

- Vamos garantir que isso não aconteça. – Rick comenta. – Temos que resolver o que faremos com Hilltop, estamos sendo alvo de ataque todo santo dia, isso está me cansando.

- Isso está cansando a todos nós, Rick. – Michonne resolve falar. – Só gostaria de falar que não fui informada sobre a tortura de Quiet. Isso é ilegal, e deveríamos ter feito uma reunião quanto a isso.

- Michonne, não começa... – Rick vai dizendo.

- Não ouse me mandar calar a boca, Rick! Nenhum homem na face da terra teria coragem. – todos se calaram. – O que vocês fizeram foi errado, foi desumano, e eu não vou olhar pra cara de nenhum de vocês se vocês resolverem matar ela.

- Ela nos mataria se pudesse! Ela nos mataria e mataria nossos filhos! – Rick fica irritado.

- E ela tem todo o direito, Rick! Ela também teve suas falhas, nós não somos os coitadinhos. Não vou participar disso, me desculpem. - ela–diz somente, se calando pelo resto da reunião.

- Em certa parte, eu concordo com Michonne. – digo. – Não deveríamos ter torturado ela como fizemos. Aquilo foi horrível, você saiu do controle.

- Não me venha dizer o que tenho que fazer! – ele retruca.

- Somos um grupo! – bato na mesa. – Decidimos juntos!

Todos ficam calados novamente até eu perguntar:

- E então? Algum plano?

- Temos que sair de Hilltop, transportar as pessoas para Alexandria. – Sasha fala.

- Isso iria levar dias. Nem todos caberiam em Alexandria, haveria desigualdade social e brigar internas. Está fora de cogitação.

- Então temos que cortar o mal pela raiz. – diz Daryl.

- O que você sugere, Daryl? – Rick pergunta.

- Uma missão. Para matar os Sussurradores.

Há uma pequena confusão.

- Se acalmem todos! – Rick manda. – Como assim matar os Sussurradores? Todos eles?

- Sim. Mandaremos os melhor de nós, eu me arrisco a ir com quem quer que seja para matar todos eles.

- Até as crianças? – Sasha pergunta.

- Não há crianças lá. – Dwight diz. – Eu mesmo conferi da última vez. O bando é formando somente por adultos, talvez a única criança que tivesse fosse Lydia e ela está com Carl agora.

- Problema resolvido. – Daryl comenta indiferente. – Eu quero Rick, Rosita, Dwight e Quiet.

Jesus estava bebendo água e praticamente cuspiu ela toda no chão.

- Quiet?!! – ele diz indignado. – Ela vai matar vocês quando tiver chance, você viu o que ela faz com um canivete.

Sim, os talentos de Quiets eram inumanos e isso era notável, é praticamente sensacional que tivéssemos ela no grupo, porém há suas incertezas.

- É fato que ela vai matar todos nós quando tiver chance. Mas eu repito, precisamos dela se quisermos vencer.

- Eu não ligo pro que ela fizer. – Daryl fala. – Estarei apontando uma arma bem na cabeça dela todo ridículo segundo se for preciso. Mas se quisermos acabar com essa palhaçada, precisamos dela, e precisamos agora.

Ficamos pensativos. Até que finalmente Rick aceita a proposta de Daryl e me pede que eu fique no comando de Hilltop até que ele volte.

Dwight ficou de trazer Quiet e o resto do grupo começou a pegar o armamento e os suprimentos para a viagem. Ficar em Hilltop vai ser fácil, difícil vai ser convencer Quiet a trabalhar com o grupo.

 

 

................................................................................................................

 

 

 

Daryl POV.

 

Eu fiz uma grande merda. Fiz uma grande merda e enfiei ela bem no fundo da minha garganta.

Minha fidelidade a Rick chegou a níveis extremos e isso me prejudicou, me prejudicou com Quiet. Eu atirei na perna dela e ficou por isso mesmo. Quando ela me viu, eu olhei nos olhos dela e vi a alegria de ter me visto, logo em seguida do choque de realidade e da dor do tiro na perna.

Agora estávamos quites. Ela quase me matou, e eu quase matei ela também.

Rosita está me enchendo o saco e eu não estou suportando mais um segundo.

- Você realmente acha que ela vai cooperar? – ela pergunta.

- É isso que eu espero, Rosita.

- Querido, não fica assim...

- Não me chame de querido! – digo com raiva. – Nunca!

Saio andando e a deixo pra trás.

Dwitgh traz Quiet amarrada nos pulsos e ela solta um sorriso sarcástico ao me ver. Tento parecer indiferente mas acho que estou falhando nessa parte.

Rick chega perto dela e fala:

- Você promete cooperar com a gente?

Tudo o que ele recebe é um cuspe na cara. Ele treme de raiva e se segura para não dar um soco em Quiet. Em seguida, ele se limpa e diz mais irritado:

- Se você nos ajudar, vai ter a sua liberdade. Vai poder sair pra onde quiser, não vai ser mais torturada, vai poder ver quem você quiser e conversar com quem você quiser.

- Desde que essa pessoa queira conversar com você. – Dwigth provoca.

- Quer eu queime o resto da sua cara, Dwight seu porco? – ela pergunta.

Dwigth não gosta do comentário e a joga pra Rick que a pega com força.

- Vai cooperar ou não?

- Com uma condição. – ela fala.

- Não trabalhamos com condições. – Rick fala.

- Então vai ter que chamar outra pessoa no meu lugar. – ela diz sorrindo ironicamente, levando Rick a loucura.

- Apresenta a sua proposta.

- Eu quero a liberdade de Negan.

- Por que ajudar ele? – pergunto.

- Por que ele fez muito por mim.

- Ele matou a sua filha! – Rosita provoca.

Quiet quer partir pra cima dela mas Rick a segura a tempo.

- Ok, damos liberdade a Negan. Vai cooperar?

Ela demora a responder, mas então decide que vai cooperar com o plano.

Rick devolve as roupas dela e ela as troca. Sua calça militar, a parte de cima de um biquíni preto e acessórios para armamento sempre fizeram parte do corpo de Quiet e é quase estranho ver ela vestida normalmente.

Então quando ela troca de roupa e Dwight lhe devolve seu rifle, um sorriso praticamente brota daquele rosto e eu fico envergonhado. Rosita sente ciúmes e vontade de se vestir igual a Quiet, mas ela não tem um corpo tão bonito quanto.

Quando ela pega a rifle e aquele sorriso aparece no seu rosto, eu simplesmente lembro de meses atrás em que estávamos juntos numa cabana fria. Ela estava com o meu casaco e só agora eu percebi. O casaco com as asas de anjo estampadas nas costas.

Rosita quase teve um surto mas eu não tinha tempo e nem a obrigação de explicar.

Todos estavam espalhados e Quiet limpava a rifle, então resolvi me aproximar. Ela não ligou com a minha aproximação e agiu como se não me conhecesse.

- Ei. – tentei chamar a sua atenção. Ela me olhou friamente. – Me desculpa pelo o tiro.

- Sem problemas.

- É sério, estou vindo te pedir desculpa pelo o que fiz, de verdade. Não quero que tenhamos ressentimentos.

- Ok. Eu aceito as suas desculpas. Mas isso não muda o fato de que eu quero enfiar o meu rifle no seu rabo. – ela fala e volta a limpar a arma.

- Só queria que as coisas se ajeitassem entre a gente.

- Mas não a nada de errado, Dixon. – ela fala. – Negan foi preso, eu quase fui morta pelo povo dessa maldita cidade, passei dias com fome e quando vi os Sussurradores tentei vir o mais rápido possível pra avisar a vocês, não deu tempo, eu salvei a vida de Rick e em agradecimento levei um tiro na perna. Está tudo bem, Dixon. Está tudo bem.

- Por que quer soltar Negan?

- Não é da sua conta. Nunca foi.

- Eu pedi desculpas, isso não é o suficiente?

- Peça desculpas a um copo que você acabou de quebrar, você não irá consertá-lo. O que você fez é imperdoável, reze para que eu bata a cabeça a esqueça, caso contrário eu ainda quero te cortar inteiro.

- Você está sendo insensata.

- E você me traiu.

- A gente nem estava namorando.

- Claro. Você não é homem o suficiente para assumir um relacionamento sério. – ela fala e eu não tive como responder. – Espero que Rosita não leve um tiro na perna também, haha. Vou lembrar de avisar a ela. Passe bem, Dixon. Eu odeio você.

 

- Também odeio você, Quiet.


Notas Finais


O que acham que vai acontecer?
O que vocês esperam pra essa parceria de Quiet com o grupo de Rick?
Tudo isso nos próximos capítulos... hahahaha
Deixem comentários! <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...